You are on page 1of 10

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

EMPRESARIAL – AFOE I

PROFESSOR: MS. JOSÉ CARLOS TOMÉ DE FREITAS

5. ESTRUTURA FINANCEIRA DA EMPRESA

5.1 Risco econômico e financeiro.

Risco econômico:
Denomina-se como risco econômico, a incerteza ou a variabilidade
relativa dos resultados da empresa nos seus setores de atividade. Esse risco
está intimamente associado ao tipo de operação da empresa, bem como a
natureza do produto, se é uma empresa de transformação.
O volume de vendas e o lucro da empresa durante um período e outro,
estão sujeitos às alterações do ambiente externo, cuja origem está localizada
na economia em que a empresa está inserida.

Risco financeiro:
Outro fator importante da estrutura financeira da empresa é o risco
financeiro. Assim como acontece com o risco econômico, também no risco
financeiro, pode os resultados finais de um período para outro, apresentar um
grau de variabilidade ou incerteza.
O risco financeiro, ou a variabilidade dos retornos é determinado pelo
uso relativo de capital de terceiros, ou seja, pelo uso de recursos que exigem
uma remuneração fixa do capital da empresa.
Portanto, dado um grau qualquer de variabilidade dos resultados
operacionais da empresa, quanto mais necessária for a utilização de recursos
de terceiros, maior será o risco financeiro assumido pela empresa.

5.2 Princípios de alavancagem.

Alavancagem:

É o uso de ativos ou recursos com um custo fixo, a fim de aumentar os


retornos dos proprietários da empresa. As variações na alavancagem resultam
em mudanças no nível de retorno e do risco associado.
Geralmente elevações na alavancagem resultam em aumento de risco e
retorno e as reduções na alavancagem resultam em menor risco e retorno

Prof.Tomé 1
Três tipos básicos de alavancagem podem ser definidos no que diz
respeito à demonstração do resultado da empresa:

1- Alavancagem Operacional
É determinada pela relação entre as receitas de vendas e o lucro antes
dos juros e imposto de renda.

2- Alavancagem Financeira
É a relação entre o lucro antes dos juros e imposto de renda e o lucro por
ação

3- Alavancagem Total
É determinada pela relação entre a receita de venda e o lucro por ação

5.3 Análise da alavancagem operacional.

Pode ser definida como uso potencial de custos operacionais fixos para
aumentar os efeitos das mudanças nas vendas sobre os lucros antes dos juros e
imposto de renda – LAJIR

Variáveis para análise da alavancagem operacional:

P = Preço de venda por unidade.


Q = Quantidade de venda por unidade.
F = Custo operacional fixo por período.
V = Custo operacional variável por unidade.

Alavancagem operacional:
Receita de vendas P x Q
Menos (-) Custos operacionais fixos -F
Menos (-) Custos operacionais variáveis -V x Q
Igual (=) Lucro antes dos juros e imposto de renda LAJIR

Formula para calcular o Lucro Antes dos Juros e Imposto de Renda:

LAJIR = ( P x Q ) - F - ( V x Q )

Ou seja: LAJIR = Q x ( P - V ) - F

Prof.Tomé 2
5.4 Análise do ponto de equilíbrio.

O ponto de equilíbrio operacional é analisado para determinar o nível de


operações necessárias para cobrir todos os custos operacionais, e para avaliar a
lucratividade associada a vários níveis de venda.
No equilíbrio, os lucros antes dos juros e imposto de renda (LAJIR) são
iguais a zero.

Fórmula para calcular o ponto equilíbrio:


F
PE =
P-V

Nota: Quando o LAJIR for igual a Zero, a quantidade (Q) é definida como
nível de vendas onde todos os custos operacionais fixos e variáveis são
cobertos = Ponto de equilíbrio.

Exemplo.

Calcular o LAJIR e o Ponto de Equilíbrio para os valores descritos abaixo:

Preço de Venda = $ 10 a unidade


Custo Operacional Variável = $ 5 a unidade
Custo Operacional Fixo = $ 2.500
Vendas em unidade = 1.000 um.

5.5 Grau de alavancagem operacional.

É a medida numérica da alavancagem operacional da empresa. O grau de


alavancagem operacional depende do nível-base de vendas, usado como ponto
de referência. Quanto mais perto estiver o nível-base de vendas do ponto de
equilíbrio operacional, maior será a alavancagem operacional.

Fórmula para determinar o GAO a um nível de vendas:


Q x (P – V)
GAO =
Q x (P – V) - F

Prof.Tomé 3
5.5 Análise da alavancagem financeira.

É a relação entre o lucro antes dos juros e imposto de renda e o lucro de


suas ações (Lucro por ação – LPA).
A alavancagem financeira resulta da presença de encargos financeiros
fixos no fluxo de lucros da empresa.

Alavancagem financeira:
Lucro antes dos juros e imposto de renda LAJIR
Menos (-) Juros financeiros - JUROS
( =) Lucro antes do imposto de renda = LAIR
Menos (-) Imposto de renda - I.R.
(=) Lucro líquido depois do imposto de renda = LUCRO LIQUIDO
Menos (-) Dividendo de ações preferenciais - DP
(=) Lucro disponível para acionistas = LAC

5.6 Grau de alavancagem financeira – GAF.

É a medida numérica da alavancagem financeira da empresa.

Fórmula para determinar o GAF em um determinado nível de LAJIR:

GAF = LAJIR
LAJIR – J – ( DP x 1 )
1-T

Onde: J = Juros
DP = Dividendos de Ações Preferenciais
T = Taxa (alíquota) de imposto

Exemplo:

A empresa EMOT, espera lucros antes dos juros e imposto de renda de


$ 10.000 no ano corrente. Ela tem um título de dívida de $ 20.000 com uma
taxa de juros anuais de 10% e 600 ações preferenciais em circulação, com $ 4
de dividendo anual por ação. Estima-se que a empresa esteja na faixa de 40%
de imposto de renda.

Prof.Tomé 4
5.7 Análise da alavancagem total.

Pode ser definida como o uso potencial de custos fixos, tanto


operacionais como financeiros, para aumentar o efeito de variações nas vendas
sobre o lucro por ação (LPA)

Formato geral das alavancagens: operacional, financeira e total.

Receita de vendas
(-) Custos operacionais variáveis Alavancagem
(-) Custos operacionais fixos operacional
(=) Lucro antes dos juros e I. R. (LAJIR)
Alavancagem
(-) Juros total
(=) Lucro antes dos impostos Alavancagem
(-) Impostos financeira
(-) Lucro líquido depois dos impostos

Fórmula para determinar o GAT a um nível de vendas:

Qx(P–V)
GAT =
Q x ( P – V ) – F – J – ( DP x 1 )
1-T

Exercício prático:

Quantidade vendida no período 20.000 unidade.


Preço de venda $ 5,00 por unidade.
Custos variáveis por unidade $ 2,00.
Custos operacionais fixos $ 10.000,00.
Juros anuais $ 20.000,00.
Dividendos de ações preferenciais $ 12.000,00
Alíquota do imposto de renda 40%

Calcular o GAO, GAF e GAT.

Prof.Tomé 5
5.8 Lucro por ação.

O lucro por ação é calculado pelo lucro líquido depois do imposto de


renda, menos os dividendos de ações preferenciais, dividido pelo numero de
ações ordinárias da empresa.

Exemplo:

Lucro líquido depois do imposto de renda $ 18.000,00


Menos as ações preferenciais disponíveis $ 12.000,00
(=) Lucro disponível ara ações ordinárias $ 6.000,00

Número de ações ordinárias emitidas = 5.000 ações.

LUCRO POR AÇÃO = $ 6.000 = $ 1,20


$ 5.000

Exercício prático.

A empresa Leinad Inc, fabricante de cabos para computadores, espera


vender 60.000 unidades do seu produto básico, a $ 6,00 a unidade no próximo
ano. Os custos operacionais fixos anuais da empresa são de $ 96.000,00 e os
custos operacionais variáveis são de $ 2,80 a unidade. A empresa paga juros
de financiamento no valor de $ 31.0000,00 por ano e dividendo de ações
preferenciais de $ 15.000,00. A empresa está na faixa de 40% na alíquota do
imposto de renda e tem 10.000 ações ordinárias em circulação.
Diante dessas informações, responda os itens abaixo:
a) Calcule o ponto de equilíbrio.
b) Calcule o GAO, GAF e GAT.
c)Calcule o LPA.
d) Para um aumento nas vendas de 50%, calcule a variação do GAO, do GAF,
do GAT e do LPA.

Prof.Tomé 6
Prof.Tomé 7
Prof.Tomé 8
Prof.Tomé 9
Prof.Tomé 10