You are on page 1of 5

Psicologia do Investidor

• Ramo de estudo entre a Psicologia e a


Economia que foi criado por Daniel
Kahneman e Amos Tversky (Behavior
Finance)
• Quais as características naturais dos
seres humanos que os levam a tomar
decisões financeiras não racionais.

Principais Comportamentos que Prejudicam


o Desempenho como Investidores
• Overconfidence
– Estudo do Terrance Odean e Brad Barber, mostrou que quando mais
negocia mais perde, geralmente mulheres operam menos e perdem
menos
– Leva as pessoas a acreditar que podem prever o futuro com uma
precisão irrealista
• Julgamento Viesado
– Preconceitos criados a partir de experiências passadas, ou seja
probabilidades incorretas calculadas a partir de amostras tendenciosas
• Não quero ouvir falar de empresas de tecnologia, pois são muito
arriscadas.
• Para agravar os dois casos anteriores temos uma
memória viesada, os fatos geralmente não ocorreram da
forma como nos lembramos.
– Geralmente nos lembramos melhor de fatos ligados fortes sentimentos.
– Recordamos melhor o primeiro e/ou do último evento de uma série.
– Tendemos a lembrar mais dos fatos que comprovam o nosso ponto de
vista.

1
• Efeito Grupo ou espírito de manada
A maioria das pessoas tende a aceitar as idéias do
grupo, muitas vezes como forma de facilitar a
aceitação/inclusão no grupo, exemplos:
• Moda
• Drogas e no passado fumo
• Preferência política, já foi moda ser comunista
• Utilização de cabos eleitorais
Preferências por ações e/ou setores em voga.

“There is nothing so disturbing to one’s well-


being and judgement as to see a friend get
rich” – Charles Kindleberger

• Aversão a Perda
De todos os comportamentos que prejudicam o
desempenho como investidores provavelmente é o pior.
Os modelos econômicos assumem que as pessoas
procuram maximizar seu patrimônio, mas a maioria
pensa em ganhos ou perdas em operações específicas.
• Teimosia
As pessoas normalmente não admitem que estão
erradas, pelo dano psicológico que isso lhes causa.
– Tendem a não se desfazer dos investimentos que deram
prejuízo
• Tem medo de perder o que já ganharam.
– Logo vendem rápido os investimento que estão dando lucro
– Foi o resultado obtido pelo trabalho do Odean e Barber já citado

2
Lições que Tiramos do Behavior Finance

1. Evite a manada, nunca compre uma ação


apenas porque todos estão comprando.
– Corolário – Evite as dicas e ações da moda
– Captação de fundos de renda variável e número de
contas em corretoras cresce com a alta da bolsa. O
reverso também é verdade.
• Isto não quer dizer que não devamos
aproveitar as tendências de curto ou longo
prazo, mas que devamos evitar em
movimentos exagerados e/ou os que não
façam sentido econômico.

Piada após Bolha da Internet (2001)


“If you bought $ 1000 worth of Nortel stock one
year ago, it would now be worth $ 49.
If you bought $ 1000 worth of Budweiser ( the
beer not the stock) one year ago, drank all the
beer, and traded in the cans for the nickel
deposit, you would have $ 79.
My advice to you ... start drink heavily.”

By the fall of 2002, the $ 1000 put in Nortel stock


was worth only $3.

3
2. Evite Operar Demais (Overtrade)
• Invista tempo necessário para fazer um
investimento consciente.
• Cada vez que você opera seu retorno é sempre
duvidoso, mas seu custo é certo.
• Custo do trading não é apenas o da corretagem
e emolumentos, mas também: o spread entre a
compra e a venda, perda da renda fixa, além
dos efeito do IOF e do IR maior para aplicações
curtas.
• Perdas mesmo que de pequena monta podem
abalar a sua autoconfiança e com isso levá-lo a
deixar de fazer o que seria realmente
proveitoso.

3) Como Lidar com a Aversão a Perda

• TOPS COLA - Take off Profits Slowly


Cut Losses at Once
– Corolários:
• The trend is a friend
• Deixe seus lucros crescerem com o tempo
• Você pode fazer preço médio, para cima, nunca para baixo
• Seja um investidor não um torcedor de uma ação, etc.
– Evite comentar sobre suas posições, isto evitará o
constrangimento de assumir perante amigos os seus
erros
– E principalmente dizer frases como esta:
“Eu nunca perco em bolsa, pois quando cai eu não vendo”

4
CONCLUSÃO
• Estudar Behavior Finance não te ensina como
ganhar, mas te ensina como não se tornar a
causa da sua própria derrota.