You are on page 1of 28

I ANTOLOGIA DA ESCOLA DE ESCRITORES

.---.AL
OUTROS
ANTOLOGIA LITERÁRIA

Editora Mandruvá
1999
O Reflexo da Desigualdade

A desigualdade não significa apenas diferença econômica, essa faceta social atinge
patamares muito maiores do que imaginamos.
Por exemplo,quando o pobre,o negro, a mulher, o deficiente, os nordestinos e outras
vítimas do preconceito ficam escondidos nas estatísticas que mapeiam a sociedade,
perdemos a riqueza dos detalhes que fazem da história da civilização.
Os indivíduos envolvidos além de perderem qualidade de vida, ocultam sua verdadeira
identidade, um dom arruinado pela falta de patrocínio.
A partir de então, ocorre um aborto induzido, desprezamos o verdadeiro médico que
pode salvar vidas porque não vai preocupar-se com o final do expediente, o advogado
que vai ajustar a justiça, o policial que vai ser honesto porque o dinheiro não compra
dignidade, o político que vai ser ético, porque ética, é uma questão de atitude e não um
mero discurso.
Os sintomas mostram uma sociedade cheia de gente fora do lugar, médicos que
deveriam ser açougueiros, advogados criminosos, policiais bandidos, políticos
corruptos, filósofos cientistas, psicólogos depressivos, ricos infelizes e outras
perversões.
O pior é que isso acontece simultaneamente com o crescimento das universidades.
Por isso a reciclagem está cada vez mais lucrativa...
I ANTOLOGIA DA ESCOLA DE ESCRITORES
.---.AL
OUTROS
ANTOLOGIA LITERÁRIA

Editora Mandruvá
1999
O Reflexo da Desigualdade

A desigualdade não significa apenas diferença econômica, essa faceta social atinge
patamares muito maiores do que imaginamos.
Por exemplo,quando o pobre,o negro, a mulher, o deficiente, os nordestinos e outras
vítimas do preconceito ficam escondidos nas estatísticas que mapeiam a sociedade,
perdemos a riqueza dos detalhes que fazem da história da civilização.
Os indivíduos envolvidos além de perderem qualidade de vida, ocultam sua verdadeira
identidade, um dom arruinado pela falta de patrocínio.
A partir de então, ocorre um aborto induzido, desprezamos o verdadeiro médico que
pode salvar vidas porque não vai preocupar-se com o final do expediente, o advogado
que vai ajustar a justiça, o policial que vai ser honesto porque o dinheiro não compra
dignidade, o político que vai ser ético, porque ética, é uma questão de atitude e não um
mero discurso.
Os sintomas mostram uma sociedade cheia de gente fora do lugar, médicos que
deveriam ser açougueiros, advogados criminosos, policiais bandidos, políticos
corruptos, filósofos cientistas, psicólogos depressivos, ricos infelizes e outras
perversões.
O pior é que isso acontece simultaneamente com o crescimento das universidades.
Por isso a reciclagem está cada vez mais lucrativa...