You are on page 1of 11

UNIVERSIDADE​ ​FEDERAL​ ​DO​ ​MARANHÃO

ALUNO:​​ ​ANTÔNIO​ ​CARLOS​ ​FREITAS​ ​DA​ ​SILVA

ADMINISTRAÇÃO​ ​FINANCEIRA​ ​E​ ​ORÇAMENTÁRIA​ ​II


ATIVIDADE​ ​PARA​ ​OBTENÇÃO​ ​DA​ ​3°​ ​NOTA

São​ ​Luís,​ ​MA


06​ ​de​ ​Dezembro​ ​de​ ​2017
1-​ ​CARACTERÍSTICAS​ ​DA​ ​EMPRESA

1.1​ ​-​ ​Nome​ ​e​ ​descrição

A empresa tem como nome “Cachorro-quente da Ilha”, sendo uma lanchonete


especializada em Cachorros-quentes. A empresa possui como produto único o
lanche, um cachorro-quente preparado no local acompanhado de um copo de
refrigerante.

1.2​ ​-​ ​CNAE

De acordo com o IBGE, a Classificação Nacional de Atividades Econômicas da empresa


pode ser classificada como 5611-2/03, referente à LANCHONETES, CASAS DE CHÁ, DE
SUCOS​ ​E​ ​SIMILARES.

1.2.1​ ​-​ ​Hierarquia

Seção: I ALOJAMENTO​ ​E​ ​ALIMENTAÇÃO

Divisão: 56 ALIMENTAÇÃO

Grupo: 561 RESTAURANTES​ ​E​ ​OUTROS​ ​SERVIÇOS​ ​DE​ ​ALIMENTAÇÃO​ ​E​ ​BEBIDAS

Classe: 5611-2 RESTAURANTES​ ​E​ ​OUTROS​ ​ESTABELECIMENTOS​ ​DE​ ​SERVIÇOS​ ​DE


ALIMENTAÇÃO​ ​E​ ​BEBIDAS

Subclass 5611-2/03 LANCHONETES,​ ​CASAS​ ​DE​ ​CHÁ,​ ​DE​ ​SUCOS​ ​E​ ​SIMILARES
e:

Fonte:​ ​IBGE

1.3​ ​-​ ​Forma​ ​de​ ​Constituição

A empresa se enquadra nas características do Estatuto da Micro e Pequena


Empresa,​ ​sendo​ ​considerada​ ​uma​ ​Empresa​ ​de​ ​Pequeno​ ​Porte.

1.4​ ​-​ ​Localização

Com base em pesquisas em sites de aluguel de imóveis, foi encontrado um imóvel


localizado na Ponta do Farol que possui ótimas características para o
estabelecimento​ ​de​ ​uma​ ​lanchonete.​ ​Segue​ ​abaixo​ ​o​ ​mapa​ ​do​ ​local:
Fonte:​ ​Google​ ​Maps

2​ ​-​ ​INVESTIMENTOS

2.1​ ​-​ ​Abertura​ ​e​ ​legalização

Para​ ​abertura​ ​e​ ​legalização​ ​da​ ​empresa​ ​serão​ ​necessários​ ​o​ ​registro​ ​do​ ​CNPJ​ ​e​ ​os
alvarás​ ​para​ ​o​ ​ponto​ ​comercial,​ ​como​ ​valor​ ​foi​ ​estipulado​ ​R$​ ​1000,00​.

2.2​ ​-​ ​Máquinas​ ​e​ ​equipamentos

Fontes:​ ​Lojas​ ​online​ ​Consul,​ ​Brastemp​ ​e​ ​Mercado​ ​Livre.


2.3​ ​-​ ​Móveis​ ​e​ ​utensílios

Fontes:​ ​Google​ ​Shopping​ ​e​ ​Mercado​ ​Livre.

2.4​ ​-​ ​Instalações

Fonte:​ ​Zapimóveis.

2.5​ ​-​ ​Investimos​ ​iniciais​ ​totais

INVESTIMENTOS VALOR

​ ​ ​ ​ ​ ​Abertura​ ​e​ ​legalização R$​ ​ ​ ​1.000,00


​ ​ ​ ​ ​ ​Máquinas​ ​e​ ​equipamentos ​ ​R$​ ​ ​ ​5.850,00
​ ​ ​ ​ ​ ​Móveis​ ​e​ ​utensílios ​ ​ ​R$​ ​ ​ ​5.300,00
​ ​ ​ ​ ​ ​Instalações ​ ​R$​ ​ ​ ​6.000,00
​ ​ ​ ​ ​ ​Capital​ ​de​ ​Giro R$​ ​10.000,00

​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​ ​TOTAL: R$​ ​28.150,00


3​ ​-​ ​PROCESSOS

3.1​ ​-​ ​Fluxos​ ​administrativos

● Planejamento
● Compra​ ​de​ ​estoque
● Pagamento​ ​de​ ​funcionários
● Resolução​ ​de​ ​problemas​ ​na​ ​lanchonete

3.2​ ​-​ ​Fluxos​ ​operacionais

● Armazenamento​ ​e​ ​manutenção​ ​de​ ​alimentos


● Atendimento​ ​ao​ ​cliente
● Preparo​ ​de​ ​Alimentos
● Entrega​ ​de​ ​pedidos
● Recebimento​ ​de​ ​pagamento
● Limpeza​ ​de​ ​louças
● Limpeza​ ​do​ ​Local

4​ ​-​ ​INSUMOS

Fonte:​ ​Site​ ​Canto​ ​do​ ​Chef​ ​(Grupo​ ​Mateus)​ ​e​ ​pesquisas​ ​locais.
Fontes:​ ​Lojas​ ​online​ ​Consul,​ ​Brastemp​ ​e​ ​Mercado​ ​Livre.

5​ ​-​ ​QUADRO​ ​DE​ ​PESSOAL

5.1​ ​-​ ​Administrativo

Devido​ ​ao​ ​porte​ ​e​ ​à​ ​necessidade​ ​da​ ​empresa,​ ​ela​ ​só​ ​terá​ ​o​ ​gerente​ ​no​ ​quadro
pessoal​ ​administrativo.

5.2​ ​-​ ​Operacional

A​ ​empresa​ ​possuirá​ ​os​ ​seguintes​ ​funcionários​ ​no​ ​Operacional:

● Cozinheiro,​ ​que​ ​será​ ​responsável​ ​pelo​ ​preparo​ ​dos​ ​lanches;


● Auxiliar de cozinha, que será responsável pelo auxilio ao cozinheiro no
preparo​ ​dos​ ​lanches​ ​e​ ​pela​ ​limpeza​ ​do​ ​local;
● Atendente,​ ​responsáveis​ ​pelo​ ​atendimento​ ​ao​ ​público.

*​Encargos​ ​=​ ​(Vv​ ​+​ ​Vf)​ ​x​ ​1,12,​ ​fórmula​ ​mencionada​ ​em​ ​aula

A​ ​empresa​ ​não​ ​distribui​ ​remuneração​ ​variável​ ​a​ ​seus​ ​funcionários,​ ​utilizando


somente​ ​a​ ​remuneração​ ​fixa​ ​como​ ​pagamento.

6​ ​-​ ​CUSTOS​ ​FIXOS

Os custos fixos mensais podem ter pequenas variações de acordo com o cenário.
Porém, para este estudo não serão consideradas essas diferenças. Devido a
variação quase mínima em relação à produção, foram considerados como custos
fixos​ ​as​ ​contas​ ​de​ ​água​ ​e​ ​de​ ​luz.

7​ ​-​ ​CUSTEIO​ ​E​ ​PRECIFICAÇÃO

7.1​ ​-​ ​Custo​ ​Variável​ ​Unitário

A​ ​tabela​ ​a​ ​seguir​ ​demonstra​ ​quanto​ ​de​ ​matéria​ ​prima​ ​é​ ​necessário​ ​para​ ​produção
de​ ​um​ ​cachorro-quente​ ​acompanhado​ ​de​ ​um​ ​copo​ ​de​ ​refrigerante:
O​ ​custo​ ​variável​ ​unitário​ ​encontrado​ ​foi​ ​de​ ​R$​ ​3,64.

7.2​ ​Markup​ ​e​ ​Preço​ ​de​ ​Venda

A taxa de ​spread ​definida foi de 175%, sendo assim, o ​markup ​(taxa * CVu)
encontrado foi de 6,37. Ao se adicionar o custo variável unitário ao ​markup
obtém-se​ ​o​ ​preço​ ​de​ ​venda​ ​do​ ​lanche,​ ​que​ ​no​ ​caso​ ​foi​ ​de​ ​R$​ ​10,01.

8​ ​-​ ​ORÇAMENTOS

8.1​ ​-​ ​Custos

8.2​ ​-​ ​Receitas


8.3​ ​-​ ​Depreciação

8.4​ ​-​ ​Impostos

Os cálculos dos impostos foram feitos de acordo com a tabela do Simples Nacional
para o comércio, que define que a alíquota do imposto varia de acordo com o
faturamento anual. Para o primeiro ano, o faturamento foi de R$ 150.189,42 sendo
4% a alíquota de imposto para esse valor, nos anos seguintes o faturamento
aumentou e ultrapassou o limite de R$ 180.000,00 anuais, obtendo a taxa seguinte
de​ ​5,7%.

Fonte:​ ​http://www.normaslegais.com.br

8.5​ ​-​ ​Fluxo​ ​de​ ​caixa

O fluxo de caixa apresenta as entradas e saídas através dos valores dos totais de
investimentos, das receitas, dos custos, da depreciação e dos impostos calculados
anteriormente. O lucro/prejuízo acumulado considera o resultado anterior como
saldo inicial do ano e o lucro/prejuízo do período apresenta o resultado obtido
somente​ ​no​ ​ano​ ​em​ ​questão,​ ​ignorando​ ​o​ ​saldo​ ​inicial​ ​de​ ​caixa​ ​no​ ​cálculo.
9​ ​-​ ​PAYBACK,​ ​VPL​ ​E​ ​TIR

9.1​​ ​Payback

Como​ ​metodologia​ ​para​ ​encontrar​ ​o​ ​payback​ ​foi​ ​dividido​ ​o​ ​investimento​ ​inicial​ ​pelo
fluxo​ ​médio​ ​do​ ​período​ ​de​ ​5​ ​anos.​ ​Podemos​ ​ver​ ​abaixo​ ​o​ ​resultado​ ​em​ ​anos:

9.1​ ​VPL​ ​e​ ​TIR

Como taxa de desconto foi adotado o valor de 20%, os valores de TIR e VPL foram
encontrados através da utilização dos fluxos vistos no orçamento. Os cálculos foram
feitos​ ​através​ ​da​ ​utilização​ ​das​ ​funções​ ​de​ ​cálculo​ ​de​ ​TIR​ ​e​ ​VPL​ ​no​ ​Excel.
Podemos ver que a TIR ficou bem acima da taxa de desconto e o VPL obteve um
valor positivo, podemos afirmar que a empresa está gerando valor e devemos,
portanto,​ ​aceitar​ ​o​ ​negócio​ ​como​ ​viável​ ​financeiramente.