You are on page 1of 1

Metodologias Ativas

O conceito central de Metodologia Ativa sugere aprender ensinando. Pressupõe


uma participação ativa no assunto sobre o qual os estudantes e o professor estão
trabalhando. Essa proposta, conhecida como metodologia ativa, tem sido uma
alternativa aplicada em todas as instâncias educacionais do nosso país, inclusive
nas universidades. A proposição cercaniada por tal abordagem pretende tornar
o ensino/aprendizagem mais efetivo.
A atual influência das tecnologias digitais no ensino a distância, bem como na
modalidade presencial, estimulou as instituições educacionais a utilizarem novas
metodologias em seus processos, superando assim o modelo tradicional. Essa
perspectiva coloca os estudantes e o professor, lado a lado, em situação de
parceria para o desenvolvimento e assimilação eficaz dos conteúdos.
Não importa se dentro da sala de aula presencial, ou num ambiente online, com
a utilização das metodologias ativas os alunos interagem numa comunicação em
rede, trocando conhecimentos e experiências, sempre com a intervenção
pontual dos professores, estes são os facilitadores das discussões e
aprendizados sobre o tema em debate. Não há limites para adotar metodologias
ativas, a riqueza das fontes, contribuem ainda mais com a criatividade dos
professores. Peças teatrais, poesias, cantorias, vídeos, literatura, cujos
conteúdos, podem ser roteirizados pelos estudantes.
Além desta abordagem que desponta na literatura sobre a temática educacional
que cercam as gerações, duas outras possibilidades teóricas ganham adeptos
e motivam o desenvolvimento de pesquisas, são eles: o conectivismo e o
ensino híbrido. O conectivismo é, para alguns autores, uma nova teoria
educacional e para outros, uma nova geração de EaD, essa dualidade ocorre,
provavelmente, porque esta proposição não expressa em sua literatura o termo
EaD. Seus autores estão preocupados em demonstrar em que medida o
desenvolvimento das tecnologias digitais, contribuem para o estabelecimento de
novas maneiras de interação social e, por isso, de aprendizagem. Seu postulado
aponta para um novo sentido da aprendizagem, esta seria a capacidade de
construir conhecimento em rede. Isto é, aprender no mundo contemporâneo
insere-se na perspectiva de construir conhecimentos em conexão com outras
pessoas.
Já o ensino híbrido fornece um equilíbrio entre a aprendizagem individual e a
aprendizagem em grupo. Através da combinação de atividades online e
presencial, é possível utilizar e adequar metodologias ativas, concebidas como
inovadoras nas tecnologias digitais da informação e da comunicação no currículo
escolar.
Baseado em:
BITENCOURT, S. Através do Ecrã: EaD para formar professores de História no
Paraná (UEPG 2008-2014). 2016. 164 f. Tese (Doutorado em Educação) –
Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2016.