You are on page 1of 62

ENFERMAGEM – 2º ANO

PATHOS

AVC

PATOLOGIA

Aula T-P – 15/10/2018

L Sá
ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL
(AVC)

n TROMBOSE; ATAQUE
CEREBRAL

Inclui uma variedade de doenças que


influenciam o fluxo sanguíneo e resultam em
deficit neurológico.
AVC

Pós: ISQUÉMIA
ou
HEMORRAGIA CEREBRAL

EFEITOS MÍNIMOS OU MORTAIS


AVC

n 3ª causa mais frequente de morte.


n 1ª causa de incapacidade.

1/3 dos doentes morre no 1º mês;


25% ficam c/ incapacidades permanentes
FACTORES DE RISCO P/ AVC

n NÃO MODIFICÁVEIS:
- Sexo (+ homem)
- Idade (+ 65 A)
- Raça (+ negros p/ HTA)
- Hereditariedade
FACTORES DE RISCO P/ AVC
n MODIFICÁVEIS:
- Estilo de vida (álcool, tabaco,
obesidade,gorduras,drogas)
- DM
- HTA (principal factor de risco)
- Enxaquecas
- Hipercoaguabilidade
- Policitémia e Anemia Falciforme
- Enfarte do Miocárdio (15% vão ter AVC)
Fluxo sanguíneo cerebral
n 1000 ml/mn (20% do funcionamento cardíaco)

Se o fluxo sanguíneo for interrompido o


metabolismo neurológico altera-se em 30
seg, pára em 2 mn e ocorre morte celular 5
mn depois.

NEURÓNIOS NÃO SE REGENERAM


TIPOS DE AVC

n AVC TROMBÓTICO

n AVC EMBÓLICO

n AVC HEMORRÁGICO
AVC TROMBÓTICO
AVC TROMBÓTICO
Causa mais frequente de enfarte cerebral.
2/3 associados a HTA e DM

Hipóxia crónica, desidratação, arterite, policitémia vera,


alterações da coagulação, contraceptivos orais.

Precedido de AIT (Acidente Isquémico


Transitório) em 50% dos casos.
AVC TROMBÓTICO - CLÍNICA
Depende da rapidez de inicio, extensão da lesão,
presença de circulação colateral

n 1. Ataque simples
n 2. Ataque intermitente que progride em horas/dias
n 3. AVC parcial c/ deficit neurológico permanente
n 4. Séries de AIT c/ deficit neurológico permanente

Pico às 72 horas, melhoria 2 sem depois-< edema


cerebral
AVC EMBÓLICO
EMBOLIA CEREBRAL
2ª causa mais frequente de AVC

n Êmbolo cardíaco
- fibrilhação ventricular, enfarte do miocárdio,
endocardite infecciosa, febre reumática cardíaca,
prótese valvular, defeitos do septo cardíaco.

n Ar, gordura, líquido amniótico, tumores.


AVC EMBÓLICO

Inicio súbito, qualquer idade

CEFALEIA ACENTUADA

Recorrente (tratar a causa)


(RESUMO) A V C ISQUÉMICO
AVC HEMORRÁGICO

1. HEMORRAGIA INTRACEREBRAL

2. HEMORRAGIA SUB-ARACNÓIDE
AVC P/ HEMORRAGIA
INTRACEREBRAL

HTA

Traumatismo, tumores, trombolíticos, aneurismas


AVC P/ HEMORRAGIA
INTRACEREBRAL
Inicio súbito durante período de
actividade

(cefaleia intensa com vómitos)

Prognóstico mau - 70% morrem durante ataque


AVC C/ HEMORRAGIA SUB-
ARACNÓIDE
Maciça se entre 30-50 ml sangue (1 mm a 3 cm)

ANEURISMAS (85 % círculo de Willis),


malformações arterio-venosas, trauma, HTA, fármacos (raro).

n Inicio súbito - cefaleias, vómitos, paralisia,


coma,morte
Prognóstico reservado – 30% recorrem dentro
de 1 semana
AVC - CLÍNICA
Muito Variável.
Devido à anatomia complexa do encefálo
e à sua vasculatura.
DESENVOLVIMENTO TEMPORAL
DE UM AVC

n AIT

n Deficit Neurológico Isquémico


Reversível

n AVC em Evolução

n AVC Completo ou Estável


AIT
Episódios breves de manifestações neurológicas
que recuperam completamente em 24 horas.

n 1/3 não volta a ter AIT


n 1/3 vai ter novo AIT

n 1/3 vai ter AVC

Microêmbolos de placas ateroscleróticas c/ origem em


artérias extra-craneanas e que provocam isquémia
cerebral temporária.
AIT
n Tonturas
n Vertigens
n Diplopia
n Ptose palpebral
n Disartria
n Disfagia
n Fraqueza muscular uni ou bilateral

n Antiagregantes plaquetares - AAS, Dipiridamol


ANOSOGNOSIA

O doente não percebe que algo está


errado.

LEVAR LOGO À URGÊNCIA…


DEFICIT NEUROLÓGICO
ISQUÉMICO REVERSÍVEL

Deficit neurológico > 24 horas mas que


não deixa sinais ou sintomas nos dias
ou semanas após.
AVC EM EVOLUÇÃO

n Desenvolvimento em horas ou dias

n Trombo intra-arterial em evolução –


isquémia > enfarte cerebral

n Deixa sempre efeitos neurológicos


residuais
AVC ESTÁVEL (COMPLETO)

Deficit neurológico não alterado durante


2-3 dias

Sequelas neurológicas permanentes


AVC - CLÍNICA
Os deficits motores são os efeitos mais
evidentes do AVC.

n Alterações : - mobilidade
- função respiratória
- deglutição e fala
- alteração do tónus muscular
- alteração dos reflexos
TAC CEREBRAL

Imediatamente após o diagnóstico para

EXCLUIR OU AFIRMAR HEMORRAGIA


AVC - PREVENÇÃO
n Dieta saudável
n Controle de peso
n Exercícios regulares
n Eliminar tabaco
n Álcool moderado
n Consultas regulares (DM,HTA, Obesidade,
Dislipidémia, disfunção cardíaca)

n Antiagregantes Plaquetares - AAS, Dipiridamol,


Ticlopidina, Clopidrogel
AVC - ALTA
n Explicar situação à família.

n Ajuda na medicação, nutrição,


mobilidade, exercícios, higiene.

n Incluir em programa de reabilitação.