You are on page 1of 5

FST-010.

01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
REFINARIA DO NORDESTE – ABREU E LIMA - RNEST
Atividade: – TERRAPLENAGEM DO ACESSO DOS CANTEIROS DE OBRA PROVISÓRIO/DEFINITIVO – CAFOR I APR Nº 003/2010
Rev. B
Data: 12/03/2010
Etapas do serviço: Terraplanagem; Construção de acessos; Pavimentação; Arruamento Folha: 1
Máquinas / Equipamentos: Caminhão Caçamba, Patrol, Rolo liso, Escavadeira, Caminhão Pipa, D-5 Esteira, Trator Agrícola 4 X4 com
Grade, Caminhão Comboio, Pá Carregadeira

EVENTOS INDESEJÁVEIS CAUSA BÁSICA EFEITOS AVALIAÇÃO AÇÕES PREVENTIVAS E/OU


(perigos em situações normais ou em (Fato gerador dos eventos indesejáveis (Efeitos / impactos possíveis sobre pessoas, RESP. AÇÕES
P S R MITIGADORAS
emergência) identificados) meio ambiente e equipamentos, etc.)

• Doenças no Sistema respiratório, irritação • Umidificação do solo, uso de Encarregado,


• Poeira/Respiráveis • Movimentação de Terrenos secos 1 2 3
nos olhos caminhão pipa, uso correto de Epi´s Supervisor e TST

• Umidificação do Solo,
• Falha Mecânica, • Danos Materiais,
• Uso de Caminhão Pipa,
• Abastecimento do equipamento inadequado, • Danos ao Meio Ambiente Supervisor/Equipe de
• Vazamento de Óleo 2 2 4 • Abastecimento de máquinas somente
• Rompimento de mangueiras hidráulicas de • Lesões Pessoais Produção/SMS.
através de caminhão comboio, e
combustível, • Princípio de Incêndio
• Uso correto dos Epi´s
• Orientar em DDSMSRS quanto a
• Lesões Pessoais. postura ideal para o trabalho seguro;
•. Levantamento Manual de Peso e • Manuseio de Peças com Ferramentas e Supervisor/Equipe de
• Cansaço Físico. 1 2 3 • Usar Cunhas e materiais para o
Armazenamento de materiais diversos. Equipamentos utilizados de maneira errada Produção/SMS
• Danos Materiais. acondicionamento de materiais
• Uso de EPI's adequados.
• Realizar manutenção preventiva dos
equipamentos;
• Monitoramento de Índice de
fumaça preta,
• Divulgar diariamente os riscos para
• Falta de planejamento das atividades,
os operadores de máquinas e
• Má distribuição da Carga,
• Danos Materiais, equipamentos, Encarregado/Supervis
• Falha Humana
• Tombamento de Equipamentos • Danos Ambientais 1 3 4 • Presença Obrigatória do encarregado or/Equipe de
•Terreno Instável
• Lesões pessoais nas frentes de trabalho, Produção/SMS
• Falha Operacional
• Manter na área somente o pessoal
• Falha do Equipamento
envolvido na atividade,
• Fazer o reconhecimento do local
antes de iniciar as atividades,
• É obrigatório que todas as máquinas
possuam sinal sonoro em marcha ré.

Doc. Origem: PST-010 1 de 5 Data: 27/10/09 - Rev.: B


FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
REFINARIA DO NORDESTE – ABREU E LIMA - RNEST
Atividade: – TERRAPLENAGEM DO ACESSO DOS CANTEIROS DE OBRA PROVISÓRIO/DEFINITIVO – CAFOR I APR Nº 003/2010
Rev. B
Data: 12/03/2010
Etapas do serviço: Terraplanagem; Construção de acessos; Pavimentação; Arruamento Folha: 2
Máquinas / Equipamentos: Caminhão Caçamba, Patrol, Rolo liso, Escavadeira, Caminhão Pipa, D-5 Esteira, Trator Agrícola 4 X4 com
Grade, Caminhão Comboio, Pá Carregadeira

.- Obrigatório a liberação conjunta das


frentes de trabalho entre SMS e
Topografia, através do Check-List para
liberação de frente de trabalho em
anexo, de forma a atender condições
• Acidentes e doenças por condições de • Ausência de condições mínimas de trabalho Encarregado/
• Lesões pessoais 2 2 2 como:
trabalho nas frentes de serviço Produção / SMSRS
- Acesso
- Fornecimento de água potável
- Possibilidade de socorro em
emergências
- Proteção contra intempéries e outros.
• Uso de EPIs, área de vivência
Encarregado,
barraca tipo praia com cadeiras e
• Intempéries • Sol, Tempo chuvoso • Danos a Saúde dos colaboradores 1 2 3 Supervisor/Equipe de
mesa, fornecimento de água potável e
Produção/SMS
fresca e banheiro químico.
• Uso obrigatório dos EPI´s básicos e
Encarregado/Supervis
em especial o protetor auditivo para
• Ruído • Máquinas e Equipamentos em operação • Lesões Pessoais 1 2 3 or/Equipe de
todos os trabalhadores envolvidos na
Produção/SMS
atividade.
• Orientar em DDSMSRS quanta
postura ideal para trabalho seguro.
• Usar EPI's adequados.
• Lesões Pessoais, • Usar cunhas e materiais para
• Postura e esforço inadequado/Ergonomia • Levantamento manual de peso 1 1 2
• Lombalgia acondicionamento de materiais.
• Sempre que for utilizar levantamento
de carga manualmente, usar força
coletiva de trabalho.
• Atender às solicitações de abandono
de área do Técnico de segurança do
• Exposição a Descarga Atmosférica • Raio • Choque elétrico e Queimaduras 1 3 4
trabalho
• Retirar todo o pessoal da área.

Doc. Origem: PST-010 2 de 5 Data: 27/10/09 - Rev.: B


FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
REFINARIA DO NORDESTE – ABREU E LIMA - RNEST
Atividade: – TERRAPLENAGEM DO ACESSO DOS CANTEIROS DE OBRA PROVISÓRIO/DEFINITIVO – CAFOR I APR Nº 003/2010
Rev. B
Data: 12/03/2010
Etapas do serviço: Terraplanagem; Construção de acessos; Pavimentação; Arruamento Folha: 3
Máquinas / Equipamentos: Caminhão Caçamba, Patrol, Rolo liso, Escavadeira, Caminhão Pipa, D-5 Esteira, Trator Agrícola 4 X4 com
Grade, Caminhão Comboio, Pá Carregadeira

• DDSMSRS antes do início das


atividades.
• Lesões pessoais,
• Uso obrigatório dos EPI's.
• Desmoronamento e Soterramento • Sobrecarga sobre taludes • Danos materiais 1 3 4
• Sinalizar e isolar o local.
• Danos ao Meio Ambiente
• Manter observadores para afastar
pessoas da área de trabalho.
• DDSMSRS.
• Atenção ao caminhar pela vegetação.
• Acidentes por Animais Peçonhentos • Presença de animais peçonhentos na obra. • Lesões graves 1 2 3
• Uso de EPI's;
• Utilizar perneira quando necessário.
.
• Vazamento de combustível, • Danos Materiais • Manter equipamento de combate a
• Incêndio/Explosão 1 3 4
• Mangueiras em mau estado de conservação • Lesões pessoais incêndio.
• Uso de EPIs.
• Sinalizar o local com placas
• Lesões pessoais,
indicativas,
• Sinalização Inadequada do local • Acidentes/ Atropelamentos • Danos materiais 1 2 3
• Homens trabalhando e
• Danos ao Meio Ambiente
• Movimentação de máquinas
• Acidentes de Transito, acidentes com • Fator pessoal de insegurança, • Lesões pessoais, 1 3 4 •DDSMS; •Motoristas e condutores
Máquinas, Equipamentos e veículos de • Condições da pista, • Danos materiais obedecer sinalização das
transporte pessoal (Colisões, tombamento e • Excesso de velocidade, • Danos ao Meio Ambiente vias;•Verificar comportamento do
atropelamento) • Falha mecânica, motorista; •Revisão preventiva e
• Inclinação e condição do terreno, periódica nos veículos e máquinas;
• Falta de sinalização, •Todos os veículos devem transitar
• Falta de planejamento das atividades. com os faróis acesos mesmo durante
o dia, com velocidade máxima 20
Km/h, adequados a sinalização da
pista; •Alarme sonoro de ré para
máquinas e veículos; •Utilizar
sinalização preventiva de trânsito nas
vias que estiverem sendo melhoradas;
•Afastar ao máximo as pessoas das
máquinas que executam os serviços

Doc. Origem: PST-010 3 de 5 Data: 27/10/09 - Rev.: B


FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
REFINARIA DO NORDESTE – ABREU E LIMA - RNEST
Atividade: – TERRAPLENAGEM DO ACESSO DOS CANTEIROS DE OBRA PROVISÓRIO/DEFINITIVO – CAFOR I APR Nº 003/2010
Rev. B
Data: 12/03/2010
Etapas do serviço: Terraplanagem; Construção de acessos; Pavimentação; Arruamento Folha: 4
Máquinas / Equipamentos: Caminhão Caçamba, Patrol, Rolo liso, Escavadeira, Caminhão Pipa, D-5 Esteira, Trator Agrícola 4 X4 com
Grade, Caminhão Comboio, Pá Carregadeira

de terraplenagem; •Trabalhadores ao
trânsito de veículos devem usar
coletes de segurança refletivos;•Os
trabalhadores presentes na área de
operação de máquinas devem manter
distância segura durante os trabalhos
procurando estabelecer contato visual
com o operador antes de se
aproximar.; •O operador deve avisar as
pessoas que estiverem ao nível do
chão se a sua visibilidade estiver
obstruída em qualquer direção.

AO OBSERVAR OUTRO RISCO NÃO PREVISTO NESTA APR, PARALISAR O TRABALHO IMEDIATAMENTE E COMUNICAR AO SUPERVISOR OU AO SMSRS
OBSERVAÇÕES:
1) Seguir as determinações da APR;
Doc. Origem: PST-010 4 de 5 Data: 27/10/09 - Rev.: B
FST-010.01
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
REFINARIA DO NORDESTE – ABREU E LIMA - RNEST
Atividade: – TERRAPLENAGEM DO ACESSO DOS CANTEIROS DE OBRA PROVISÓRIO/DEFINITIVO – CAFOR I APR Nº 003/2010
Rev. B
Data: 12/03/2010
Etapas do serviço: Terraplanagem; Construção de acessos; Pavimentação; Arruamento Folha: 5
Máquinas / Equipamentos: Caminhão Caçamba, Patrol, Rolo liso, Escavadeira, Caminhão Pipa, D-5 Esteira, Trator Agrícola 4 X4 com
Grade, Caminhão Comboio, Pá Carregadeira

2) Fazer a divulgação da APR para todos envolvidos na atividade;


3) Realização do DDSMSRS antes do inicio dos trabalhos;
4) Em caso de Emergência acionar o PEL (Plano de Emergência Local / ANV - 119)
5) Em caso de acidente acionar o PEL e PEMPS ( Plano de Emergência Medica e Primeiros Socorros/ANV - 105)
6) Seguir as normas regulamentadoras (Port 3.214/78) NR 06 – EPI “USO ORIGATÓRIO DE EPIS BASICO”, NR 10 – Instalações elétricas, NR 11 – Movimentação e armazenagem de
materiais, NR 12 – Máquinas e equipamentos, NR 17 – Ergonomia, NR 18 – Indústria da construção civil.
Em caso de acidente contactar via rádio com o SMSRS e avisar a Fiscalização.
Responsáveis pela elaboração da APR
Produção ALUSA SMSRS ALUSA
Nome Visto Nome Visto Nome Visto
João Gervásio Junior Rolemberg
(supervisor de Produção) (Téc. De Segurança Líder)
José Fabiano João Batista de Paula
(Eng. de Produção) (Supervisor de SMS)
Giulliano Luisy
(Técnico em Meio Ambiente)

GRADUAÇÃO DO RISCO:
PROBABILIDADE: SEVERIDADE
(COMBINAÇÃO DA PROBABILIDADE E SEVERIDADE)
TABELA PARA AVALIAÇÃO DO RISCO BAIXA 1 BAIXA 1 TRIVIAL 2 SUBSTANCIAL 5
MÉDIA 2 MÉDIA 2 TOLERÁVEL 3
INTOLERÁVEL 6
ALTA 3 ALTA 3 MODERADO 4

Doc. Origem: PST-010 5 de 5 Data: 27/10/09 - Rev.: B