You are on page 1of 5

AlfaCon Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ÍNDICE
ECA������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������ 2
Direito à Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer����������������������������������������������������������������������������������������������������2
Do Direito à Profissionalização e à Proteção no Trabalho�������������������������������������������������������������������������������������������2
Vedações�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
Trabalho Educativo�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
1
AlfaCon Concursos Públicos

ECA
Direito à Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer
A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua
pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando-se-lhes:
˃˃ igualdade de condições para o acesso e a permanência na escola;
˃˃ direito de ser respeitado por seus educadores;
˃˃ direito de contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares superiores;
˃˃ direito de organização e participação em entidades estudantis;
˃˃ acesso à escola pública e gratuita próxima de sua residência.
É dever do Estado assegurar à criança e ao adolescente:
˃˃ ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para os que a ele não tiveram acesso na
idade própria;
˃˃ progressiva extensão da obrigatoriedade e gratuidade ao ensino médio;
˃˃ atendimento educacional especializado aos portadores de deficiência, preferencialmente na
rede regular de ensino (no caso de atendimento médico, este será especializado);
˃˃ atendimento em creche e pré-escola às crianças de zero a cinco anos de idade;
˃˃ acesso aos níveis mais elevados do ensino, da pesquisa e da criação artística, segundo a capaci-
dade de cada um;
˃˃ oferta de ensino noturno regular, adequado às condições do adolescente trabalhador;
˃˃ atendimento no ensino fundamental, por meio de programas suplementares de material didáti-
co-escolar, transporte, alimentação e assistência à saúde.
O acesso ao ensino obrigatório e gratuito é direito público subjetivo e o seu não oferecimento pelo
poder público importa em responsabilidade da autoridade competente.
Apesar de o ensino obrigatório e gratuito ser um dever do Estado, os pais ou responsável têm a
obrigação de matricular seus filhos ou pupilos na rede regular de ensino.
Os dirigentes de estabelecimentos de ensino fundamental comunicarão ao Conselho Tutelar os casos
de:
»» maus-tratos envolvendo seus alunos;
»» reiteração de faltas injustificadas e de evasão escolar, esgotados os recursos escolares;
»» elevados níveis de repetência.
O poder público estimulará pesquisas, experiências e novas propostas relativas a calendário,
seriação, currículo, metodologia, didática e avaliação, com vistas à inserção de crianças e adoles-
centes excluídos do ensino fundamental obrigatório.
No processo educacional respeitar-se-ão os valores culturais, artísticos e históricos próprios do contexto
social da criança e do adolescente, garantindo-se a estes a liberdade da criação e o acesso às fontes de
cultura.
Os Municípios, com apoio dos Estados e da União, estimularão e facilitarão a destinação de recursos e
espaços para programações culturais, esportivas e de lazer voltadas para a infância e a juventude.

Do Direito à Profissionalização e à Proteção no Trabalho


Dita o artigo 60:
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
2
AlfaCon Concursos Públicos

Art. 60. É proibido qualquer trabalho a menores de quatorze anos de idade, salvo na condição de
aprendiz.
Esse artigo era compatível com o texto constitucional. No entanto, com a Emenda Constitucion-
al 20/98, ele passou a dispor em contrário do texto constitucional previsto no art. 5°, XXXIII:
Art. 5º XXXIII – Proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito e de
qualquer trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de quatorze
anos;
Com isso, perde sentido também o artigo 64, a saber:
Art. 64. Ao adolescente até quatorze anos de idade é assegurada bolsa de aprendizagem.
Aprendizagem é a formação técnico-profissional ministrada segundo as diretrizes e bases da
legislação de educação em vigor.
A formação técnico-profissional obedecerá aos seguintes princípios:
»» Garantia de acesso e frequência obrigatória ao ensino regular.
»» Atividade compatível com o desenvolvimento do adolescente.
»» Especial para o exercício das atividades.
»» Ao adolescente portador de deficiência é assegurado trabalho protegido.
»» Ao adolescente aprendiz, maior de quatorze anos, são assegurados os direitos trabalhistas e
previdenciários.
Vedações
Ao adolescente empregado, aprendiz, em regime familiar de trabalho, aluno de escola técnica, assistido
em entidade governamental ou não governamental, é vedado trabalho:
˃˃ noturno, realizado entre as vinte e duas horas de um dia e as cinco horas do dia seguinte;
˃˃ perigoso, insalubre ou penoso;
˃˃ realizado em locais prejudiciais à sua formação e ao seu desenvolvimento físico, psíquico, moral
e social;
˃˃ realizado em horários e locais que não permitam a frequência à escola.
Trabalho Educativo
Trabalho educativo é a atividade laboral em que as exigências pedagógicas relativas ao desen-
volvimento pessoal e social do educando prevalecem sobre o aspecto produtivo.
O programa social que tenha por base o trabalho educativo, sob responsabilidade de entidade
governamental ou não governamental sem fins lucrativos, deverá assegurar ao adolescente que dele
participe condições de capacitação para o exercício de atividade regular remunerada.
A remuneração que o adolescente recebe pelo trabalho efetuado ou a participação na venda dos
produtos de seu trabalho não desfigura o caráter educativo.
O adolescente tem direito à profissionalização e à proteção no trabalho, observados os seguintes
aspectos, entre outros:
»» respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento;
»» capacitação profissional adequada ao mercado de trabalho.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
3
AlfaCon Concursos Públicos

EXERCÍCIOS
Julgue o item subsecutivo, acerca do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
01. É responsabilidade dos pais ou responsáveis matricular seus filhos na rede regular de ensino,
devendo os dirigentes de estabelecimentos de ensino comunicar ao conselho tutelar os casos
de reiteração de faltas injustificadas.
Certo ( ) Errado ( )
Mãe de criança com 10 meses de idade ingressa com ação judicial em face do Município, para que
este pague a mensalidade de seu filho em creche particular próxima de sua residência, uma vez que
a unidade de ensino da rede municipal fica distante de sua casa, exigindo trans…porte para que a
criança possa se deslocar.
02. Como Procurador do Município, assinale a opção que indica a linha de defesa a ser adotada
pela municipalidade.
a) A criança não possui o direito à educação infantil na rede pública, mas apenas a partir do
ensino fundamental.
b) O direito ao atendimento em creche e pré-escola na rede pública surge apenas a partir de um
ano de idade.
c) O Município fornecerá programa suplementar de transporte para a creche municipal.
d) O Município jamais possuirá o dever de custear a mensalidade de um aluno em rede parti-
cular.
e) A educação infantil deve ser prestada pelo Estado e não pelo Município.
03. Sobre o trabalho da criança e do adolescente, é correto afirmar:
a) É proibido o trabalho de adolescentes em atividades lúdicas.
b) É proibido para os menores de 16, salvo na condição de aprendizes.
c) É proibido o trabalho noturno de menores de 16 anos, salvo na condição de aprendizes.
d) É proibido o trabalho de adolescentes em hospitais, salvo na condição de aprendizes de en-
fermagem.
e) É proibido o trabalho de crianças em peças teatrais e atividades cinematográficas.
04. A formação técnico-profissional do adolescente NÃO deverá obedecer a
a) horário especial, estabelecido em lei.
b) horário especial, de acordo com a atividade.
c) peculiaridades do seu desenvolvimento pessoal.
d) adequação ao mercado de trabalho.
e) prevalência das atividades educativas sobre as produtivas.
Maria, empregada doméstica, precisa retornar ao trabalho, após gozar de licença-maternidade,
mas não tem com quem deixar o filho João, de sete meses de idade.
05. A partir do caso apresentado, segundo o ECA, assinale a afirmativa correta.
a) João tem direito à creche e à pré-escola.
b) João tem direito ao atendimento em creche e pré-escola somente a partir de um ano de idade.
c) João tem direito ao atendimento em entidade de acolhimento institucional.
d) João tem direito de permanecer com a mãe no local de trabalho.
e) João tem direito ao atendimento em acolhimento familiar.
Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
4
AlfaCon Concursos Públicos

GABARITO
01 - CERTO
02 - C
03 - B
04 - A
05 - A

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
5