You are on page 1of 4

Universidade

 de  Trás-­‐os-­‐Montes  e  Alto  Douro  


Licenciatura  em  Educação  Física  e  Desporto  Escolar  
 

 
Plano de Aula
Escola: Universidade de Trás-os-Montes e
Professor: Miguel Moutinho Data: 02/04/2014
Alto Douro
Ano: 1º Turma: A Aula Nº: 2
Início da aula: 15:00h Fim da aula: 15:20h Tempo Horário: 20’ Unidade Didática: Atletismo
Aula da Unidade Didática: 6 Nº de Alunos: 16 Espaço: 1/3 Nave dos Desportos
Função  Didática:  1ª  Transmissão/Assimilação  
Material Didático:
Postes, elástico, colchão de queda, cones, sinalizadores, plinto, reuter, tabela de basquetebol, 2 barreiras,
fita adesiva.  
 

Objectivo Específico: Domínio do salto em altura com Conteúdos: Corrida de balanço, chamada/impulsão,
técnica “Fosbury-Flop” transposição, recepção/queda.

Ação Contexto Critérios de Êxito


- Apoios rápidos e dinâmicos;
1º Objetivo - Inclinar ligeiramente o corpo para o centro do círculo
Corrida de balanço - Individual
Operacional - Realizar a impulsão com o pé mais afastado do colchão;
+ impulsão vertical - Em circuito
(Aquecimento) - Joelho da perna livre sobe flectido;
- Realizar um movimento ativo dos braços, para cima;
- Individual, depois de corrida de - Realizar a impulsão com o pé mais afastado do colchão;
Ligação corrida de
balanço (4-6 passos); o lado do - Joelho da perna livre sobe fletido;
2º Objetivo balanço/impulsão e
colchão é escolhido de acordo - Realizar um movimento ativo dos braços, para cima;
Operacional transposição do
com o MI mais favorável para - No momento da impulsão, mantém os ombros atrasados em relação à
elástico
realização da chamada/impulsão. anca

3º Objetivo -Individual, à frente do colchão, - Manter o corpo em total extensão


Queda de costas
Operacional posicionam-se de costas. - Queda livre (peso morto)

Queda de costas - Realizar a impulsão com dois apoios


4º Objetivo - Individual: de cima da cabeça
com elevação da - Realizar impulsão vertical
Operacional do plinto/reuter para o colchão
bacia - Realizar o contacto no colchão, sobre a zona dorsal superior
- Correr em curva (forma de “J”);
- Depois de corrida de balanço
- Realizar a impulsão com o pé mais afastado do colchão;
(6-8 passos); o lado do colchão é
Salto completo: - Elevar o joelho da perna livre;
5º Objetivo escolhido de acordo com o MI
Fosbury – Flop - Utilizar o membro superior interior como condutor do movimento;
Operacional mais favorável para realização da
- Arquear costas, baixando pernas e cabeça;
chamada/impulsão.
- Cair no colchão de costas (zona dorsal superior).
Universidade  de  Trás-­‐os-­‐Montes  e  Alto  Douro  
Licenciatura  em  Educação  Física  e  Desporto  Escolar  
TT  TP Sequência das Estratégias de Controlo (de ensino) Esquema
Tarefas
Alunos de pé, em frente ao professor e de costas para as  
Instrução bancadas; este introduz os conteúdos da aula, refere os
15:00’ 2’ objetivos, cuidados e regras de segurança.

Organização O professor organiza os alunos numa fila única. Um aluno    


15:02’ 30’’ demonstra o circuito e o professor explica as principais
componentes críticas, concomitantemente
1- Os alunos iniciam o circuito com passada larga, fazendo  
apoios rápidos e dinâmicos, respeitando o espaçamento
entre as marcas no solo; 2- De seguida aceleram a corrida
fazem a curva e simulam lançamento na passada,
tentando chegar o mais alto possível (tentam tocar na
1º Objetivo tabela ou rede do cesto de basquetebol); 3 – Correm em
Operacional ziguezague, contornando os cones; 4- Fazem chamada a
(Aquecimento) um pé utilizando o apoio elevado (plinto), dando meia
pirueta e na receção ao solo sentam-se no plinto; 5-
15:02’:
30’’
2’30’’ Saltam as barreiras com impulsão a um pé, elevando o
joelho da perna livre, primeiro com um e depois com o
outro;
O professor desloca-se por fora do circuito por forma a
controlar a tarefa e sempre que se justifique intervém com
feedbacks individuais ou ao grupo, com especial atenção
para:
- Apoios rápidos e dinâmicos.
- Ligeira inclinação do tronco (durante a corrida em curva);
- Subida do joelho da perna livre (90º);
Duas colunas, à frente e de cada lado do colchão, os  
Organização/instrução alunos dispõem-se de acordo com o MI mais favorável
15:05’ 1’ para realizar a chamada/impulsão. O professor demonstra
o exercício lentamente enquanto explica as componentes
críticas.
Os alunos devem saltar em “tesoura” sobre o elástico  
depois da corrida de balanço (4-6 passos).
No final do exercício voltam para o fim da respetiva fila.  
2º Objetivo O professor coloca-se por forma a controlar a tarefa e         P
15:06’ 3’      
Operacional sempre que se justifique intervém com feedbacks, com      
especial atenção para a corrida de balanço e impulsão.
Estratégia: colocar fitas no chão indicativas dos apoios e          
   
pé de impulsão.  
O professor pede aos alunos que formem duplas, sendo  
Organização/instrução que o primeiro fica de costas para o colchão e o segundo
15:09’ 30’’ de frente para este observa o movimento. O professor
explica a forma como devem cair e pede aos dois
primeiros que exemplifiquem.
O aluno que fica de costas para o colchão deixa-se cair  
com o corpo completamente esticado e o colega observa o  
movimento; após 2 tentativas, trocam de papéis.  
15:09’ O professor distribui os alunos por ambos os lados do
30’’
1’30’’  
3ºObjetivo colchão, aproveitando o seu tamanho e maximizando o  
Operacional tempo de atividade.
Coloca-se ao lado da fasquia, perto da zona da queda, por
Universidade  de  Trás-­‐os-­‐Montes  e  Alto  Douro  
Licenciatura  em  Educação  Física  e  Desporto  Escolar  
 
forma a controlar a tarefa e sempre que se justifique
intervém com feedbacks individuais.

O professor pede aos alunos que formem 2 colunas  


próximas do colchão. Uns realizam o exercício a partir do
Organização/instrução reuter e os outros a partir do plinto. No final do salto
15:11’ 2’
trocam de fila. O professor menciona as componentes
críticas do movimento e pede aos dois primeiros alunos
que exemplifiquem.
Os alunos realizam, à vez, impulsão a dois pés do plinto e 1º  
reuter para cima do colchão elevando a bacia para arquear  
o corpo. Depois de realizar o exercício deslocam-se para o  
final da fila contrária.  
Variante: Mantém-se a organização do exercício anterior,  
4ºObjetivo mas agora os alunos realizam a impulsão em cima do 2º  
10:13’ 30’’
Operacional colchão, devendo procurar tocar no colchão primeiramente  
com os ombros. Depois de realizar o exercício voltam para
o final da fila contrária.
O professor coloca-se ao lado da fasquia, perto da zona da
queda, por forma a controlar a tarefa e sempre que se
justifique intervém com feedbacks individuais.
O professor distribui os alunos em duas colunas, à frente e  
de cada lado do colchão, de acordo com o MI mais
10:13’: Organização/instrução favorável para realizar a chamada/impulsão. O professor
2’30’’
30’’ relembra as componentes críticas do salto e pede a um
aluno - de preferência um que revele à vontade com a
modalidade - que exemplifique.
Os alunos efetuam o salto em altura completo com a  
técnica Fosbury-Flop, utilizando todas as fases abordadas
na aula. (distância para o
O professor coloca-se ao lado da fasquia, perto da zona da
5ºObjetivo queda, por forma a controlar a tarefa e sempre que se
15:16’ 1’
Operacional justifique intervém com feedbacks individuais, com
especial atenção:
- inclinação do tronco para o interior da curva;
- subida do joelho da perna livre (90º);
- Queda (zona dorsal);
 
O professor recorda aos alunos os conteúdos abordados
15:17’ 3’ Conclusão da aula fazendo um pequeno comentário acerca da concretização
dos objetivos

  ,.  

Legenda:  

℗ - Professor - Alunos --->- Deslocamento

● – sinalizadores - cones
- Poste
Universidade  de  Trás-­‐os-­‐Montes  e  Alto  Douro  
Licenciatura  em  Educação  Física  e  Desporto  Escolar  
 

- elástico - colchao de queda


- Plinto

X – marcas com fita


- barreiras
-­‐  fita  adesiva