You are on page 1of 16

12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL

ROTEIRO DE ESTUDOS

ROTEIRO DE ESTUDOS

Bem-vindo à unidade da disciplina de Responsabilidade Social e Ambiental!

Nesta unidade, vamos estudar:

Responsabilidade Social;
Responsabilidade Social Corporativa;
Governança e Visões da Responsabilidade Social;
Estratégias vinculadas à Responsabilidade Social;
Responsabilidade Compartilhada.

ROTEIRO DE ESTUDOS II
Assista ao vídeo LIBRAS RSA17DAUDIO Responsabilidade Social e Ambiental Unidade 3.

Clique aqui para exibir em tela inteira.


Vídeo 1

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 1/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

ORGANIZANDO O SEU TEMPO...

ORGANIZANDO O SEU TEMPO...

Clique na imagem para ampliar.

DISPARADOR

DISPARADOR

Após assistir ao vídeo indicado, é possível perceber que somos responsáveis por
nossas obras, de forma individual ou coletiva, para ou pela organização, de
maneira formal ou informal.
Clique no ícone para acessar. Diversas são as práticas de Responsabilidade Social que pessoas e organizações
podem desenvolver ou abraçar. Vamos saber mais sobre como podemos
contribuir para um Mundo melhor?

1 INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 2/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

1 Introdução

INTRODUÇÃO

Nesta unidade, vamos estudar como a Responsabilidade Social vem sendo


inserida pelos diferentes atores. Vamos compreender o conceito de
Responsabilidade Social e Responsabilidade Social Corporativa, Governança,
Estratégias vinculadas à Responsabilidade Social e Responsabilidade
Figura 1
Compartilhada.

Vamos saber mais sobre as práticas de Responsabilidade Social que estão sendo
adotadas por pessoas ou pelas organizações?

2 RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 3/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

2 Responsabilidade Social

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Podemos generalizar que quando uma ou mais pessoas adotam atitudes,


comportamentos ou ações de maneira espontânea, que resultem em conforto ou
Clique no ícone para acessar.
bem-estar para outras pessoas, ali teremos um ato de responsabilidade social.

2 Responsabilidade Social II

Historicamente, a responsabilidade social é apresentada à literatura pelo empresário Andrew Carnigie que, no final do
século 19, publicou o livro "O evangelho da riqueza", o qual abordava a caridade e custódia às práticas de
responsabilidade social através das ações dos mais bem-aventurados, que ajudassem os que são menos prósperos, ou
seja, amparar aos desprovidos e aos necessitados eram as ações dos socialmente responsáveis.

(PERSEGUINI, 2015)

2 Responsabilidade Social III


Entenda mais sobre Ética e A Responsabilidade Social anda lado a lado com a ética. A ética participa
Responsabilidade Social. ativamente em todos os segmentos da nossa vida, é encontrada nas relações com
amigos, conjugais com certeza no mundo dos negócios. Falar em ética é o
mesmo que se referir a valores, moral e comportamentos.
Clique no ícone para acessar.
(PERSEGUINI, 2015)
Fonte: Carvalho (2011)

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 4/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

O significado etimológico de ética vem do grego ethos, significando caráter,


modo de ser, ética está ligada às diferentes formas de julgar as ideias de acordo
com seus valores.

(ALENCASTRO, 2015)

2 Responsabilidade Social IV

Nossa busca por ser reconhecidos como instituição de referência e inovação em


soluções educacionais promove a formação integral, com compromisso social.
Para tanto, nossos valores vinculam a busca pela excelência de forma ética,
valorizando as pessoas com competência, compromisso e honestidade.

(CNEC, 2017)

A CNEC Cidadania, atividade que movimenta todos os Stakeholders em torno


do tema Formação Integral do Cidadão = Ética, Valores e Princípios é um
exemplo de como podemos fazer a diferença.

(CNEC, 2017)

2 Responsabilidade Social V

A Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948 é composta de 30 artigos Entenda mais sobre DUDH
que versam sobre 3 níveis de direitos: civis, políticos e sociais, refletindo assim a
universalidade dos valores proclamados na Revolução Francesa: liberdade,
igualdade e fraternidade. Clique no ícone para acessar.

(PERSEGUINI, 2015) Fonte: ONU (1948)

3 RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 5/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

3 Responsabilidade Social Corporativa

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

O conceito de responsabilidade social corporativa surge a partir do


entendimento de que a organização possui diferentes responsabilidades com os
diferentes públicos com que interage.

Uma empresa possui responsabilidade com:

Acionistas ➯ retorno do que foi investido; Figura 2


Fornecedores e parceiros ➯ confiança nas trocas;
Colaboradores ➯ envolvimento no trabalho;
Sociedade em que está inserida ➯ que influencia as ações da empresa;
Meio ambiente ➯ fornece os recursos necessários para o funcionamento
das organizações.

3 Responsabilidade Social Corporativa II


Quem são os diferentes públicos com os quais uma
organização interage?

Esses públicos são chamados de stakeholders ou partes


Modelo de Stakeholders
interessadas. As partes interessadas são influenciadas
Clique na imagem para ampliar.
pelas atividades da organização, mas ao mesmo tempo
Fonte: Steiner e Steiner (2006)
também são capazes de influenciar tais atividades.

Veja, na figura ao lado, alguns dos stakeholders que se


relacionam com uma organização.

3 Responsabilidade Social Corporativa III


O conceito de responsabilidade das organizações vem evoluindo com o passar Figura 3
http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 6/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

dos anos. Até a metade da década de 1960, acreditava-se que a única


responsabilidade de uma organização era a responsabilidade econômica.

Durante as décadas de 1960 e 1970, entendia-se que a responsabilidade das


organizações era pública, enquanto que entre as décadas de 1970 e 1990, o foco
estava apenas na responsabilidade interna e externa.

A partir da década de 1990, a responsabilidade de uma organização passa a ser


compreendida como responsabilidade socioambiental. Neste contexto, surge o
conceito de responsabilidade social corporativa.

3 Responsabilidade Social Corporativa IV

A Responsabilidade Social Corporativa é conceituada pelo Instituto Ethos (2009) como a forma de gestão que se
define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona e pelo
estabelecimento de metas empresariais compatíveis com o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando
recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das
desigualdades sociais.

3 Responsabilidade Social Corporativa V

A Responsabilidade Social Corporativa pode ser interna


ou externa:

Interna: Preocupando-se com capital humano e Entenda melhor o Papel dos Stakeholders –
intelectual; saúde e segurança no trabalho; cidadania Responsabilidade Social Corporativa.
corporativa; redução de impactos, etc.

Externa: Preocupando-se com parcerias Clique no ícone para acessar.


comerciais; colaboração com fornecedores e
clientes; cooperação com atividades de ONGs;
respeito às autoridades públicas, etc.

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 7/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

3 Responsabilidade Social Corporativa VI

Uma organização pode ser mais responsável socialmente


a partir do alinhamento estratégico.

Deve-se buscar inserir a responsabilidade social no


planejamento estratégico das organizações através de
iniciativas relacionadas à prática de voluntariado, à
gestão ambiental, ao marketing responsável e ao respeito Clique na imagem para ampliar.
com os empregados, fornecedores e clientes, indicando Fonte: Porter e Kramer (2006, p.9).
uma tendência à cidadania corporativa. Adaptado pelo autor.

Veja, na figura ao lado, como Porter e Kramer (2006)


indicam que deve ser praticada a responsabilidade social.
Note que os autores utilizam a sigla RSAE para
Responsabilidade Socioambiental Empresarial.

4 GOVERNANÇA E EXERCÍCIO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL

GOVERNANÇA E EXERCÍCIO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL

4 Governança e Exercício da Responsabilidade Social

GOVERNANÇA E EXERCÍCIO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL

De maneira bastante genérica, a governança corporativa pode ser descrita como Conheça o Instituto Brasileiro de
os mecanismos ou princípios que governam o processo decisório dentro de uma Governança Corporativa
empresa. Governança corporativa é um conjunto de regras que visam minimizar

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 8/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

os problemas de agência. O objeto central dos sistemas de governança


corporativa não é o de intervir na autonomia das organizações mas, ao contrário, Clique no ícone para acessar.
pretende equilibrar a competitividade e produtividade da empresa com uma
gestão responsável e de forma transparente.

(IBGC, 2009)

4 Governança e Exercício da Responsabilidade Social II

Governança corporativa é o sistema pelo qual as empresas e demais organizações


são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos entre
sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e controle e
Entenda melhor Governança demais partes interessadas.
corporativa
Uma preocupação vinculada à Governança Corporativa é a criação de um
conjunto eficiente de mecanismos, tanto de incentivos quanto de monitoramento,
Clique no ícone para acessar. a fim de assegurar que o comportamento dos administradores esteja sempre
alinhado com o melhor interesse da empresa.

(IBGC, 2017)

4 Governança e Exercício da Responsabilidade Social III

Conheça um pouco a norma da ABNT NBR ISO 26000


A NBR ISO 26.000 2010 aborda que Governança
organizacional é um sistema pelo qual uma entidade ou Diretrizes sobre Responsabilidade Social. Além de
informações sobre a norma, o site traz um vídeo
grupo de pessoas e instalações com um conjunto de
responsabilidades, autoridades e relações e com informativo muito interessante.
objetivos identificáveis toma decisões e as implementa
na busca de seus objetivos.
Clique no ícone para acessar.

4 Governança e Exercício da Responsabilidade Social IV


Conheça a NBR ISO 26000, A NBR ISO 26000 traz dentro de sua proposta 7 princípios direcionadores
http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 9/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

maior qualidade na produção organizacionais, como:


com responsabilidade social.
Responsabilidade;
Transparência;
Clique no ícone para acessar. Comportamento Ético;
Consideração pelas partes interessadas;
Legalidade;
Normas Internacionais; e
Direitos Humanos.

4 Governança e Exercício da Responsabilidade Social V

“Os empreendedores sociais têm encontrado na chamada


fase de startup investidores e aceleradores, no transcurso
de vida dos negócios socioambientais tem sido difícil A indicação ao prêmio é baseada nos aspectos de
obter a rentabilidade financeira maximizando resultados geração de emprego, responsabilidade social e
sociais.” É fundamental a criatividade e inovação, pois o investimentos que contribuem para o desenvolvimento
mercado atual não se sustenta, abrindo passagem para as da economia regional.
possibilidades do empreendedorismo social. Nesta as
visões do empreender se sustenta na ação e atuação da
responsabilidade social. Clique no ícone para acessar.

Philippi (2017)

5 ESTRATÉGIAS VINCULADAS À RESPONSABILIDADE SOCIAL

ESTRATÉGIAS VINCULADAS À RESPONSABILIDADE SOCIAL

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 10/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

5 Estratégias vinculadas à Responsabilidade Social

ESTRATÉGIAS VINCULADAS À RESPONSABILIDADE SOCIAL

Muitos empreendimentos sociais são oriundos de organizações da sociedade civil que amadureceram seu desempenho
e, diante do desafio de assegurar a sustentabilidade e a independência financeira, criaram formas de geração de
receita a partir dos serviços que prestam e da produção de bens comercializáveis.

No entanto, precisamos identificar o verdadeiro ser humano e reconhecer os seus desejos multifacetados. Para isso,
precisamos de um novo tipo de empresa, que não tenha como objetivo apenas o lucro – uma empresa que seja
totalmente dedicada à resolução de problemas sociais e ambientais.

Yunus (2008)

5 Estratégias vinculadas à Responsabilidade Social II

O empreendedorismo social tornou-se um conceito


Empreendedorismo social gera lucro e desenvolvimento.
popular entre os empreendedores e o público em geral.
Principalmente porque além de ter todas as situações e
abordagens de um negócio, este vincula a estar se
Clique no ícone para acessar.
propondo a resolver problemas sociais, com impacto e
Fonte: Portal Brasil (2012)
indicadores.

5 Estratégias vinculadas à Responsabilidade Social III


São duas as estratégias de atuação das ações de Clique na imagem para ampliar.
responsabilidade social. As internas e externas. Quando
a organização decidir pela atuação voltada à
responsabilidade social, ela deve deliberação sobre as
temáticas dinamizadas no quadro.

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 11/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

Entretanto, não é sempre que existe viabilidade da


empresa em atender este novo padrão de referência.

5 Estratégias vinculadas à Responsabilidade Social IV

Independente da identificação das estratégias de atuação interna, externa ou hibrida, a organização deve desenvolver
uma base de gerenciamento tanto para a implantação quanto para a manutenção das ações de reponsabilidade social.
Uma abordagem interessante é a que Melo Neto e Froes (2001) apresentam.

Clique na imagem para ampliar.

6 RESPONSABILIDADE COMPARTILHADA

RESPONSABILIDADE COMPARTILHADA

6 Responsabilidade Compartilhada

RESPONSABILIDADE COMPARTILHADA

Responsabilidade de Todos. Compartilhar, tornar-se parte de algo, ser corresponsável, ter uma visão
http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 12/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

compartilhada e um entendimento comum das prioridades. Como seres


Clique no ícone para acessar. gregários, nós buscamos constantemente compartilhar.

A responsabilidade compartilhada promove a partilha da responsabilidade entre


as partes e esta é necessária para a promoção do bem-estar, da comunidade ou da
sociedade, com objetivo comum.

6 Responsabilidade Compartilhada II

Estamos caminhando para uma sociedade sustentável, com melhor qualidade de


vida e com impactos positivos ao ambiente, porém, até chegarmos a este nível de
excelência, teremos muito que avaliar, tratar e desenvolver. Assuntos
relacionados a meio ambiente e bases sociais estarão sempre em evidência.

Porém, mesmo nas empresas mais engajadas nos conceitos de sustentabilidade,


Responsabilidade de Todos.
não é tão simples lidar com certos problemas que já são inerentes ao nosso dia a
dia.
Clique no ícone para acessar.
Aqui nosso paradigma deve ser na identificação e tratamento destes problemas,
eles devem ser considerados oportunidades de melhoria, pois sempre que
identificado, tratado no sentido de eliminar ou reduzi-lo, estamos conduzindo um
processo de melhoria.

(PHILIPPI JR, 2017)

6 Responsabilidade Compartilhada III

Nossa PNRS (Política Nacional de Resíduos Sólidos) apresenta a


responsabilidade compartilhada à sociedade como uma forma de partilhar as
responsabilidades perante um conjunto de objetivos. Conforme a PNRS, são
Vamos avaliar o vídeo e
objetivos da responsabilidade compartilhada:
identificar a quantidade de
Redução da geração de resíduos sólidos; possibilidades de negócios.
Redução do desperdício de materiais;
Redução da poluição;
Clique no ícone para acessar.
Redução dos danos ambientais;
Estímulo ao desenvolvimento de mercados, produção e consumo de
produtos derivados de materiais reciclados e recicláveis.

FÓRUM DA UNIDADE

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 13/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

FÓRUM DA UNIDADE

Clique no ícone.

Participe do Fórum até o dia 02/04/2018, às 11h59min.

ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM

ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM

Clique no ícone.

Participe da Atividade de Aprendizagem até 02/04/2018, às 11h59min.

REVISANDO...

REVISANDO...

Clique na imagem para ampliar.

LISTA DE REFERÊNCIAS - FIGURAS


http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 14/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

LISTA DE REFERÊNCIAS - FIGURAS

Figura 1 Dinheiro. Disponível em: <http://www.cnecead.com.br/amon/l.php?url=26655> . Acesso em: Jan. de 2017.


Figura 2 Equipe. Disponível em: <http://www.cnecead.com.br/amon/l.php?url=26656> . Acesso em: Jan. de 2017.
Figura 3 Gráfico. Disponível em: <http://www.cnecead.com.br/amon/l.php?url=26657> . Acesso em: Jan. de 2017.

LISTA DE REFERÊNCIAS - VÍDEOS

LISTA DE REFERÊNCIAS - VÍDEOS

Vídeo 1 RSA17A06 Responsabilidade Social e Ambiental Unidade 3. Disponível em:


<http://www.cnecead.com.br/amon/l.php?url=26653> . Acesso em: Jan. de 2017. Vídeo 2 LIBRAS RSA17A06
Responsabilidade Social e Ambiental Unidade 3. Disponível em: <http://www.cnecead.com.br/amon/l.php?
url=26654> . Acesso em: Jan. de 2017.

REFERÊNCIAS

REFERÊNCIAS

ALVES, A. P. F.. Virando a Chave! A Mudança da Mercur S.A. para a Sustentabilidade. In: Minelle Enéas da Silva;
Luis Felipe Machado do Nascimento. (Org.). Sustentabilidade em cadeias de suprimento: entre teoria e prática. 1.
ed. Porto Alegre: Ed. do Autor, 2016, v. , p. 183-201.

ALVES, A. P. F.; NASCIMENTO, L. F. M. Proatividade de práticas sustentáveis: uma análise das práticas da empresa
Mercur S.A. Revista de Administração da UFSM, v. 9, p. 25-42, 2016.

ANDRADE, E. M.; FERREIRA, A.C.; SANTOS, F. C. A. Tipologia de sistemas de logística reversa baseada nos
processos de recuperação de valor. In: Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações
Internacionais. Anais... São Paulo, 2009.

CNTL, CENTRO NACIONAL DE TECNOLOGIAS LIMPAS. Produção mais limpa: um diferencial ambiental e
competitivo para a empresa. Porto Alegre, 2010.

FERNANDES, J.; GONÇALVES, E.; ANDRADE, J.C.; KIPERSTOK, A. Introduzindo práticas de produção mais
limpa em sistemas de gestão ambiental certificáveis: uma proposta prática. Revista Engenharia Sanitária e
Ambiental, v.6, n.3, p.157-164, 2001.

REFERÊNCIAS II

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 15/16
12/03/2018 PDF de Unidade de Estudos de Unidade de Estudo 3

Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social. Disponível em: <http://www3.ethos.org.br/>. Acesso em:
28 Mar. 2016.

KIPERSTOK, A., COELHO, A., TORRES, E. A., CAMPOS, C. Prevenção da poluição. Brasília: SENAI, 2002

LEITE, P. R. Logística Reversa: meio ambiente e competitividade. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

PORTER, M. E.; KRAMER, M. Strategy and society: the link between competitive advantage and corporate social
responsibility. Harvard Business Review, December, 2006.

STEINER, G. A.; STEINER, J. F. Business, government and society: A managerial perspective, text and cases.
(11th ed.) Nova York: McGraw-Hill/Irwin, 2006.

URBAN, M. M.; SANTOS, M. S.; DIAS, P. Produção Mais Limpa: Diretriz Para A Inovação? In: Simpósio de
Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais. Anais... São Paulo, 2011.

CRÉDITOS

CRÉDITOS

Designer Educacional: Danielli Leite Garcia, Bela.


Professor(a) Conteudista: Ma. Ana Paula Ferreira Michelle V. Borges, Lic. Juliano Godoy Simch
Alves
Audiovisual: Edson Vinicius da Cunha Rosa
Professor(a) da Disciplina: Juarez Anacleto
Coord. Materiais: Ma. Paula Fogaça Marques
Coordenador(a) da Modalidade: Me. Rodrigo
Revisão Linguística: Ana Paula Rodrigues Bastos
Segabinazzi
Administrador de Sistemas: Paulo Rech Wagner

Para referenciar este material, utilize:

ALEVS, A. P. F. Responsabilidade Social e Ambiental. [Recurso Eletrônico]. Osório: CNEC EAD, 2017.

http://ead.cnec.br/amon/geraPDFHtml.php?course=1602&temid=6205&html=true&semtag=true&titulo=true&brlimite=30&qtosbr2=10&qtosbr=15 16/16