You are on page 1of 7

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO CORREIA DE OLIVEIRA

Escola Básica de Apúlia


Ficha de avaliação sumativa - Ciências Naturais
Nome___________________________________________________________ 7º ano - Turma G
Ano letivo 2014/15 Nº ____

Classificação _________________________ O Encarregado de Educação


Data ___/12/2014
A profª____________ _________________________________

1. O diagrama abaixo mostra um dispositivo experimental usado por um grupo de alunos para determinar a taxa de erosão de um
ribeiro. A tabela mostra o tempo necessário para uma amostra de 10 gramas de areia de quartzo percorrer 100 centímetros pelo
caleiro abaixo em várias condições.

1.1. Na resposta a cada um dos itens de 1 a 3, selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta.

a) Nesta experiência, a velocidade da água pode ser aumentada se…


A. diminuirmos a inclinação do caleiro.
B. aumentarmos a quantidade de água libertada pela torneira.
C. substituirmos o tubo de borracha por um tubo rígido.
D. alargarmos a largura do caleiro.

b) De acordo com os dados da experiência, podemos concluir que a taxa de erosão aumenta…
A. se a velocidade da água diminuir, e as partículas de maiores dimensões são transportadas mais rapidamente.
B. se a velocidade da água diminuir, e as partículas de menores dimensões são transportadas mais lentamente.
C. se a velocidade da água aumentar, e as partículas de maiores dimensões são transportadas mais rapidamente.
D. se a velocidade da água aumentar e as partículas de menores dimensões são transportadas mais lentamente.

c) Se colocarmos mais um livro debaixo do caleiro, vai fazer com que a velocidade da água …
A. diminua e a taxa de erosão diminua.
B. diminua e a taxa de erosão aumente.
C. aumente e a taxa de erosão diminua.
D. aumente e a taxa de erosão aumente.

2. Observe atentamente a figura 1 que pretende representar a ação de agentes geológicos.

Figura 1

1
2.1. Indique os agentes, ilustrados nas figuras A e B, que contribuem para a alteração das rochas.

2.2. Refira em que figura, A ou B, está representado um agente que intervém no transporte dos sedimentos.

3. Observe a figura 2 que ilustra alguns ambientes sedimentares.

3.1. Legende a figura 2.


A D
B E
3.2. Indique dois fatores que condicionam a criação de um
C F ambiente sedimentar.

Figura 2

4. Observe, atentamente, a figura 3 onde se ilustra o processo de formação de algumas rochas sedimentares consolidadas.

4.1. Faça a legenda da figura 3.

Figura 3

4.2. A cada termo da coluna I faça corresponder a afirmação correta da coluna II.

Coluna I Coluna II

A. Transporte 1. Transformações físicas e químicas que os sedimentos sofrem até originarem as


B. Sedimentação rochas sedimentares detríticas consolidadas.
C. Meteorização 2. Alteração das rochas pré-existentes.
D. Erosão 3. Deposição dos sedimentos.
E. Diagénese 4. Movimento dos materiais resultantes da erosão.
5. Remoção dos sedimentos.

4.3. Observe atentamente o esquema da figura 4 que representa os processos que ocorrem durante a etapa E.

Figura 4

a) Identifique os processos 2 e 3 da figura 4.

b) Indique o que representa a letra A da figura 4.

c) Explique o processo referido na figura 4.


2
5. Faça corresponder a cada um dos elementos relativos à formação da maior parte das rochas sedimentares, expressos na
coluna A a respetiva designação, que consta da coluna B.
Coluna A Coluna B
A. Ocorre quando os agentes de transporte e de erosão deixam de 1. Sedimentação
atuar.
2. Meteorização
B. Ocorre quando os sedimentos diminuem de volume, perdendo
água e diminuindo a porosidade entre eles. 3. Erosão

C. Fase de consolidação dos sedimentos. 4. Cimentação

D. Processo em que a rocha é fragmentada em porções mais 5. Compactação


pequenas.
E. Processo em que os sedimentos são removidos da rocha
meteorizada.

6. Os gráficos da figura 5 registam o volume, em percentagem, dos minerais de um granito e de uma areia granítica dele
resultante.

Figura 5

6.1. Indique o mineral do granito mais resistente à alteração.

6.1.1. Justifique a resposta anterior.

6.2. Refira um mineral que tenha sido completamente alterado.

7. Estabeleça a correspondência entre as colunas I e II.

Coluna I Coluna II
1. Detrítica A. Formam-se por precipitação de sais minerais dissolvidos na água.
2. Química B. Formam-se a partir de seres vivos que sofrem transformações.
3. Biogénica C. Formam-se a partir de fragmentos de diferentes tipos de rochas.

8. Considere as seguintes afirmações:


A. A diagénese engloba apenas a compactação.
B. As rochas sedimentares classificam-se em detríticas, quimiogénicas e biogénicas.
C. Só os seres vivos contribuem para o processo de erosão.
D. Há rochas sedimentares formadas por materiais de origem biológica.
E. Os arenitos são rochas sedimentares que não sofrem o processo de diagénese.
F. As rochas sedimentares formam-se nas profundezas da Terra.

8.1. Assinale as afirmações verdadeiras.

8.2. Corrija as falsas.

3
9. Estabeleça a correspondência entre a coluna I e a coluna II.

Coluna I Coluna II

1. Areias de ambiente vulcânico A. Grãos com algum brilho e angulosos.


2. Areias de ambiente dunar B. Grãos com olivinas.
3. Areias de ambiente fluvial C. Grãos com tamanhos parecidos e muito brilhantes.
4. Areias de ambiente marinho D. Grãos leves e muito rolados com superfície baça.

10. Comemorou-se em 1980, o centenário do nascimento de um grande cientista. Segundo ele, a Terra apresentaria há cerca de
200 milhões de anos, um aspeto muito diferente da atualidade. Observe os esquemas da figura 6.

Figura 6
10.1. Indique o nome dessa teoria.

10.2. Refira o nome do cientista responsável pela formulação dessa teoria.

10.3. Explique por que razão a sua teoria não foi aceite pela comunidade científica.

10.4. Coloque por ordem cronológica os esquemas da figura 6.

11. Estabeleça a correspondência entre a coluna I e a coluna II.

Coluna I Coluna II

1. Argumentos geológicos A. A África e a América do Sul encaixam como peças de um puzzle.


2. Argumentos morfológicos B. Na Índia existem vestígios antigos de gelo em algumas regiões.
3. Argumentos paleoclimáticos C. Foram encontrados fósseis de Mesossaurus na África e na América do Sul.
4. Argumentos paleontológicos D. Algumas rochas encontradas na África do Sul são muito semelhantes a rochas
encontradas na Argentina.

12. Observe a figura 7 e leia o seguinte texto:

A teoria da deriva continental de Wegener foi, em parte, baseada naquilo que


lhe parecia ser o notável encaixe entre os continentes sul-americano e
africano. Wegener também se sentia intrigado pela ocorrência de estruturas
geológicas e pela presença de fósseis de plantas e animais descobertos na
linha costeira de ambos os continentes, que hoje estão bastante afastados
pelo oceano Atlântico. Concluiu que era fisicamente impossível para a maior
parte destes organismos terem nadado ou terem sido transportados pelo vasto
oceano. Para Wegener, a presença de espécies fósseis idênticas ao longo das
margens continentais de África e da América do Sul foi a evidência mais
Figura 7 convincente de que os continentes já estiveram unidos.
Na mente de Wegener, a deriva dos continentes, após a fragmentação da
Pangeia, explicava não apenas as correspondências fósseis mas também as
evidências de mudanças climáticas nos continentes. A descoberta de fósseis
de plantas tropicais (na forma de depósitos de carvão), na Antártida, levou à
conclusão que esta terra gelada teria estado situada, inicialmente, mais perto
do equador, num clima mais temperado, onde uma vegetação exuberante e
pantanosa se pudesse desenvolver. Outras evidências foram a presença de
depósitos glaciários em África, como os do vale de Vaal River, na África do
Sul.
A teoria da deriva continental tornar-se-ia a faísca que iria inflamar uma nova
forma de ver a Terra.
4
12.1. Nas questões 1 a 4, selecione a opção que permite obter uma afirmação correta.

1. O notável encaixe entre os continentes de África e da América do Sul é um exemplo de um argumento…

A. paleontológico B. morfológico C. paleoclimático. D. geológico

2. A presença de fósseis de Mesossaurus em rochas da América do Sul e de África pode ser explicada pelo facto...

A. deste réptil ter nadado ao longo do oceano que separa as duas massas continentais.
B. dos continentes terem no passado estado unidos como uma única massa continental.
C. de o aquecimento global ter provocado uma subida do nível do mar, no oceano Atlântico.
D. de os restos de Mesossaurus terem sido transportados por predadores através do oceano.

3. A presença de depósitos glaciários no vale de Vaal River, na África do Sul, é um argumento ___ que sugere que no passado
África estaria mais próxima ___.

A. … paleontológico … do equador.
B. … paleontológico … do polo Sul.
C. … paleoclimático … do Equador.
D.… paleoclimático … do polo Sul.

4. A evidência que melhor suporta a ideia que as massas continentais na Terra já estiveram na posição representada na figura é…

A. a América do Norte e a Índia têm cadeias montanhosas concordantes.


B. Madagáscar e a Índia têm formas semelhantes.
C. camadas rochosas idênticas podem ser encontradas em África e na América do Sul.
D. as rochas da Austrália e a Gronelândia apresentam vestígios de glaciares.

12.2. Indique como é que se chamava o grande supercontinente e o oceano que existiram na Terra há 240 M.a.

13. O esquema da figura 8 pretende representar parte do fundo do oceano Atlântico.

13.1. Legende a figura 8, escrevendo à frente de cada um dos termos da chave que se segue a letra que no esquema lhe
corresponde.

Chave:

Dorsal oceânica Talude continental


Planície abissal Fossa oceânica
Rifte Plataforma continental

Figura 8

14. Estabeleça a correspondência correta entre a coluna I e a coluna II.


Coluna I Coluna II
A. Zona muito profunda de destruição da crosta antiga. 1. Planície abissal
B. Continuação do continente com um declive suave. 2. Plataforma continental
C. Cordilheira montanhosa de um e outro lado do rifte. 3. Talude continental
D. Zona de formação da crosta nova. 4. Rifte
E. Superfície mais ou menos plana. 5. Dorsal médio-oceânica
F. Zona de declive bastante acentuado, desde a plataforma continental até cerca de 6. Fossa abissal
3 km de profundidade.

5
15. Observe a figura 9.

15.1. Legende os números da figura 9 com


os nomes de placas tectónicas.
Africana – Pacífica – Euroasiática
6 Antártica - Norte Americana –
Sul Americana
1
3 1

15.2. Refira o que representam as linhas


entre as diferentes placas.
2
5

Figura 9
4

16. A superfície do fundo do oceânico tem um relevo muito acidentado. A figura 10 representa uma parte do fundo oceânico.

B A B

2 1

C C
Figura 10
Magma

16.1. Qual das letras (A ou B) corresponde à zona onde ocorre:


a) Expansão do fundo oceânico b) Destruição de placa oceânica
c) Afastamento das placas litosféricas em sentidos opostos d) Colisão das placas litosféricas

16.2. O processo representado pela letra C é o motor do mecanismo apresentado. Indique o nome desse processo.

16.3. Coloque por ordem as afirmações seguintes que se referem ao processo anterior.
A. O material derretido volta a subir.
B. O magma do manto, situado sob a litosfera, sobe à superfície através do rifte.
C. À medida que novo fundo oceânico se forma, o que está mais próximo dos continentes mergulha e funde-se na zona de
encontro entre a crusta oceânica e a crusta continental.
D. Ao atingir a superfície oceânica, o magma arrefece e empurra as placas em sentidos opostos, em direção aos continentes.

16.4. Em qual dos locais, 1 ou 2, contém rochas mais antigas? Justifique.

6
17. O esquema da figura 11 representa o movimento relativo de quatro placas tectónicas, A, B, C e D.

Figura 11

17.1. A zona 3 distingue-se da zona 6 porque:


a) a zona 3 corresponde ao local onde se forma litosfera e a 6 é o local onde a litosfera é destruída;
b) a zona 6 é uma grande extensão de litosfera e a 3 uma pequena porção de astenosfera;
c) a zona 3 é mais recente e densa que a zona 6;
d) a zona 3 corresponde ao local onde a litosfera é destruída e a 6 é o local onde se forma litosfera;

17.2. Para cada uma das letras, X, Y ou Z, faz corresponder o nome do respetivo movimento de placas que ela traduz e que a
seguir se refere.

Movimento divergente Movimento convergente

17.3. Indique qual:


a) o número (1, 2 ou 3) da figura 11 associado à zona de subducção.
b) das letras X, Y, Z ou W corresponde às correntes de convecção que promovem o movimento das placas litosféricas.

17.4. Faça corresponder a cada uma das afirmações que se seguem a letras X, Y ou Z da figura 11 que ela traduz.
a. Ocorre o afastamento das placas litosféricas B e C em sentidos opostos a partir do rifte por constante formação de crosta
oceânica.
b. As placas litosféricas C e D deslocam-se para a zona de fossa e ocorre com o mergulho da placa mais densa por baixo da
menos densa.
c. As placas litosféricas A e B deslocam-se no mesmo sentido ocorrendo destruição de crosta oceânica.

18. Selecione a alternativa que permite obter uma afirmação correta em cada uma das alíneas:

a) O comportamento magnético das rochas da crusta oceânica revelou que a partir…

A. das zonas de subducção se constrói novo fundo oceânico.


B. das dorsais se formam vastas cadeias de montanhas submarinas.
C. dos riftes, ocorre a expansão do fundo do oceano.
D. dos riftes, ocorre a destruição do fundo do oceano.

b) Num limite divergente ocorre:

A. destruição de litosfera oceânica.


B. formação de litosfera continental.
C. formação de litosfera oceânica.
D. destruição de litosfera continental.
COTAÇÃO

1.1 6 2.1 1 2.2 1 3.1 3 3.2 2 4.1 2,5 4.2 2,5 4.3 7 5 2,5 6.1 2
6.1.1 4 6.2 2 73 8.1 1 8.2 4 92 10.1 1 10.2 1 10.3 4 10.4 2
11 4 12.1 8 12.2 3 13.1 4,5 14 4,5 15.1 4,5 15.2 1 16.1 2 16.2 1 16.3 4
16.4 2 17.1 1 17.2 1 17.3 1 17.4 3 18 2

Bom trabalho!
Profª Adelaide Vilas Boas