You are on page 1of 37

Gestão Responsável em último ano de mandato

O PAPEL DO CONTROLE INTERNO NA


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ROSANA MARIA MORAES FERREIRA DA GAMA


Controladora Interna/TCMPA
e
LUIZA MONTENEGRO DUARTE PEREIRA
Analista de Controle Interno/CCI/TCMPA

MARÇO/2016
Gestão Responsável em último ano de mandato

CONCEITO DE CONTROLE INTERNO

É conjunto de métodos e processos adotados com a


finalidade de comprovar atos e fatos, impedir erros e
fraudes e otimizar a eficiência da Administração.
(Dec. 14.271/2003. P.M. de Porto Alegre )
Gestão Responsável em último ano de mandato

DEFINIÇÃO

O controle interno é aquele executado por órgão,


setor ou agente da própria estrutura administrativa
do órgão controlado. Diferencia-se, pois, do
controle externo, que é de responsabilidade de
órgão externo, não pertencente à estrutura
administrativa do órgão
controlado (Freesz, 2007).
Gestão Responsável em último ano de mandato

FINALIDADE

Assegurar que a Administração atue em


consonância com os princípios que lhe são impostos
pelo ordenamento jurídico, com os da legalidade,
moralidade, finalidade pública, publicidade,
motivação, impessoalidade; em determinadas
circunstâncias, abrange também o controle chamado
de mérito e que diz respeito aos aspectos
discricionários da administração pública. (Di Pietro,
2005, p. 637)
Gestão Responsável em último ano de mandato

SISTEMA INTEGRADO – APOIO AO CONTROLE


EXTERNO NA FISCALIZAÇÃO DO MUNICÍPIO

A fiscalização do Município será exercida pelo


Poder Legislativo Municipal, mediante controle
externo, e pelos sistemas de controle interno do
Poder Executivo Municipal, na forma da lei.
(Art. 31,CF)
Gestão Responsável em último ano de mandato
INDEPENDÊNCIA COMO ESCOPO DO
CONTROLE INTERNO

Um órgão de auditoria, seja externa ou interna,


não pode prescindir de independência funcional em
relação às áreas ou atividades controladas.
O controle interno é vinculado à estrutura
organizacional à unidade de hierarquia máxima da
Administração Pública, contudo, não há relação de
subordinação, sob pena de não gozar da
independência que deve nortear o controle de sua
responsabilidade.
Gestão Responsável em último ano de mandato
PREFEITURA

GABINETE DO PREFEITO CONTROLE INTERNO

ASSESSORIAS

DIRETORIA DE DIRETORIA DE DIRETORIA DIRETORIA DE


ORÇAMENTO E FINANÇAS PESSOAL ADMINISTRATIVA INFORMÁTICA
Gestão Responsável em último ano de mandato

PREVISÃO CONSTITUCIONAL

Cabe ao CONTROLE INTERNO a fiscalização


contábil, financeira, orçamentária, operacional e
patrimonial, quanto à legalidade, legitimidade,
economicidade, aplicação das subvenções e
renúncia de receitas. (art. 70, CF)
Gestão Responsável em último ano de mandato

ABRANGÊNCIA DO CONTROLE INTERNO

Compete ao Controle Interno a fiscalização


contábil, financeira, orçamentária e operacional e,
apoio ao Controle Externo.
Gestão Responsável em último ano de mandato

FISCALIZAÇÃO CONTÁBIL

Dá-se mediante a verificação dos registros dos


atos e fatos contábeis, as autorizações de quem
compete e o lançamento de valores exatos.
Gestão Responsável em último ano de mandato

FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA

É a verificação da conformidade do
gerenciamento e aplicação dos recursos, as
renúncias de receitas e concessões de auxílios e
subvenções, com as normas e princípios da
administração pública.
Gestão Responsável em último ano de mandato

FISCALIZAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

Tem como objetivo verificar se as despesas tem


previsão no orçamento que está sendo
executado, assim como, se estão sendo
cumpridas as metas e programas previstos na Lei
de Diretriz es Orçamentárias e o Plano
Plurianual.
Gestão Responsável em último ano de mandato

FISCALIZAÇÃO OPERACIONAL

Diz respeito ao acompanhamento e avaliação da


gestão dos administradores públicos para
alcançar seus objetivos institucionais,
verificando a legalidade e legitimidade dos atos,
certificando-se da economia, eficiência e eficácia
da gestão orçamentária, financeira, patrimonial,
de pessoal e demais sistemas administrativos e
operacionais.
Gestão Responsável em último ano de mandato

FISCALIZAÇÃO PATRIMONIAL

Tem como objetivo o controle de bens móveis ou


imóveis, de créditos, títulos de renda,
participações e almoxarifados, além das dívidas
e de fatos que, direta ou indiretamente possam
afetar o patrimônio.
Gestão Responsável em último ano de mandato

APOIO AO CONTROLE EXTERNO no exercício de


sua missão institucional. (art. 74, CF)
Gestão Responsável em último ano de mandato

ATRIBUIÇÕES DO CONTROLE INTERNO

1. Determinar a adoção de medidas corretivas


quando verificar irregularidades nos editais de
licitação ( art. 113, § 2o , Lei 8.666/93);
Gestão Responsável em último ano de mandato

ATRIBUIÇÕES DO CONTROLE INTERNO (CONT.)

2. Fiscalizar a legalidade dos atos de execução


orçamentária será prévia, concomitante e
subsequente. ( art. 113, §2º, art. 116, § 1º e §3º,
I, Lei 8.666/93, art. 77, Lei 4.320/64);
Gestão Responsável em último ano de mandato

ATRIBUIÇÕES DO CONTROLE INTERNO (CONT.)

3. Receber representação/denúncia contra


irregularidades nas licitações, contratos e
convênios ( art. 113, § 1o , Lei 8.666/93);
Gestão Responsável em último ano de mandato

ATRIBUIÇÕES DO CONTROLE INTERNO (CONT.)

4. Fiscalizar o cumprimento das normas da Lei


de Responsabilidade Fiscal (art. 59 da LRF);
Gestão Responsável em último ano de mandato

ATRIBUIÇÕES DO CONTROLE INTERNO (CONT.)

5. Assinar conjuntamente o Relatório de Gestão


Fiscal (art. 54 da LRF);
Gestão Responsável em último ano de mandato

ATUAÇÃO DO CONTROLE INTERNO

PRÉVIO – é exercido com a finalidade de evitar a


ocorrência de erros, desperdícios ou
irregularidades.
Gestão Responsável em último ano de mandato

ATUAÇÃO DO CONTROLE INTERNO (CONT.)

CONCOMITANTE – deve ocorre durante o fato.


É o controle que adotada medidas projetadas
para detectar erros, desperdícios ou
irregularidades, no momento em que eles
ocorrem, permitindo a adoção de medidas
corretivas tempestivas.
Gestão Responsável em último ano de mandato

ATUAÇÃO DO CONTROLE INTERNO (CONT.)

SUBSEQUENTE - após o fato, que admite


controles corretivos os erros, desperdícios ou
irregularidades depois de ocorridos para que
não mais se repitam.
Gestão Responsável em último ano de mandato

ACESSO AOS DOCUMENTOS

O servidor das Unidades de Controle Interno, no


exercício de suas funções, terá livre acesso a
todas as dependências da unidade examinada,
assim como a documentos, valores e livros
considerados indispensáveis ao cumprimento de
suas atribuições, não lhe podendo ser sonegado,
sob qualquer pretexto, nenhum processo,
documento ou informação, devendo o servidor
guardar o sigilo das informações caso elas
estejam protegidas legalmente.
Gestão Responsável em último ano de mandato

ASPECTOS DO DESEMPENHO DO SERVIDOR


PÚBLICO NAS ATIVIDADES DE CONTROLE INTERNO

a) COMPORTAMENTO ÉTICO – proteger os


interesses da sociedade e respeitar as normas de
conduta, não valer-se da função em benefício
próprio ou de terceiros;
Gestão Responsável em último ano de mandato

ASPECTOS DO DESEMPENHO DO SERVIDOR


PÚBLICO NAS ATIVIDADES DE CONTROLE INTERNO
(CONT.)

b) CAUTELA E ZELO PROFISSIONAL - agir com


prudência, habilidade e atenção de modo a reduzir
ao mínimo a margem de erro nas avaliações,
conclusões e recomendações;
Gestão Responsável em último ano de mandato

ASPECTOS DO DESEMPENHO DO SERVIDOR


PÚBLICO NAS ATIVIDADES DE CONTROLE
INTERNO (CONT.)

c) INDEPENDÊNCIA - manter uma atitude de


independência com relação ao agente
controlado, de modo a assegurar imparcialidade
no seu trabalho;
Gestão Responsável em último ano de mandato

ASPECTOS DO DESEMPENHO DO SERVIDOR


PÚBLICO NAS ATIVIDADES DE CONTROLE
INTERNO (CONT.)

d) IMPARCIALIDADE - abster-se de intervir


em casos onde haja conflito de interesses
que possam influenciar a imparcialidade do
seu trabalho.
Gestão Responsável em último ano de mandato

ASPECTOS DO DESEMPENHO DO SERVIDOR


PÚBLICO NAS ATIVIDADES DE CONTROLE
INTERNO (CONT.)

e) OBJETIVIDADE – fundar-se em documentos


e evidências que permitam convicção da
realidade ou a veracidade dos fatos ou
situações examinadas.
Gestão Responsável em último ano de mandato
ASPECTOS DO DESEMPENHO DO SERVIDOR
PÚBLICO NAS ATIVIDADES DE CONTROLE
INTERNO (CONT.)

f) CONHECIMENTO TÉCNICO E CAPACIDADE


PROFISSIONAL - em função de sua atuação
multidisciplinar, deve possuir um conjunto de
conhecimentos técnicos ou equipe, com
experiência e capacidade para as tarefas que
executa, conhecimentos contábeis, econômicos,
financeiros e de outras disciplinas para o adequado
cumprimento do objetivo do trabalho, mantendo-
se atualizado.
Gestão Responsável em último ano de mandato

SUPERVISÃO DAS ATIVIDADES

O titular das Unidades de Controle Interno deve


supervisionar todas as atividades que envolvem a
execução do trabalho, podendo delegar parte das
tarefas a supervisores, devendo para isso,
estabelecer mecanismos e procedimentos
adequados para avaliar a atuação destes
supervisores, assegurando-se de que esses
possuam conhecimentos técnicos e capacidade
profissional suficientes ao adequado cumprimento
das atribuições que lhes são conferidas.
Gestão Responsável em último ano de mandato

RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA


Responderá solidariamente o responsável pelo
CONTROLE INTERNO, quando ao tomar
conhecimento de qualquer irregularidade ou
ilegalidade, deixar de dar ciência do fato ao
órgão de controle Externo. (Art. 74, §1º, CF).

 
Gestão Responsável em último ano de mandato

RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA (CONT.)


Quando tomar conhecimento em autos ou
documentos da existência dos crimes definidos na
Lei de Licitações e Contratos Administrativos, o
responsável pelo Controle Interno deverá remeter
ao Ministério Público as cópias e os documentos
necessários ao oferecimento da denúncia.
(Art. 102, Lei 8.666/93). 

 
Gestão Responsável em último ano de mandato
CONTROLE INTERNO COMO SISTEMA EFICAZ
Para o êxito do controle interno no setor
governamental é necessário, ainda, superar as
dificuldades apontadas e promover os ajustes
necessários na estrutura, de modo a favorecer a
conscientização e o comprometimento de todos os
integrantes da administração pública, para que
também naturalmente exerçam a necessária função
de controle nas suas áreas de competência.
É imprescindível que todos se conscientizem que o
êxito da administração pública e de
responsabilidade de todos e que ao Controle Interno
cabe ajudá-los a atingir com eficiência, eficácia e
efetividade os fim a que se destinam.
Gestão Responsável em último ano de mandato
CONCLUSÃO:

“Como função administrativa, o controle precisa


de um sistema de informação e avaliação, com a
finalidade de assegurar o cumprimento do planejado,
sob pena de a condução dos negócios públicos se
transformarem em uma mera improvisação. (...)
Na administração pública, o Controle Interno deve
estar presente, atuando de forma preventiva, em
todas as suas funções, administrativa, jurídica,
orçamentária, contábil, financeira, patrimonial, de
recursos humanos, dentre outras, na busca da
realização dos objetivos a que se propõe. “ (Antônio
José Filho)
Gestão Responsável em último ano de mandato

“A vida pública requer ser gerenciada com o


máximo de cautela: por mais que a justiça do
homens se revele complacente e a clemência de
Deus ofereça o perdão, a história, nem mesmo
com o passar dos séculos, nos brindará com a
mesma generosidade.”
(Luiz Roberto Bodstein)
Gestão Responsável em último ano de mandato

Referências Bibliográficas:
BRASILEIRA. Constituição Federal. Disponível em
http://www.planalto.gov.br. /Acesso em 18.02.2016.
FISCAL. Lei de Responsabilidade. Lei nº. 101/2000. Disponível em
http://www.planalto.gov.br. /Acesso em 18.02.2016.
FINANCEIRO. Lei de Direito. Lei nº. 4.320/64. Disponível em
http://www.planalto.gov.br. /Acesso em 18.02.2016.
ADMINISTRATIVO. Lei de Licitações e Contratos. Lei nº. 8.666/93. Disponível
em http://www.planalto.gov.br. /Acesso em 18.02.2016.
FREESZ, Luiz Alberto Sanábio. Controle Governamental. Notas de Aula para
Curso de Especialização em Auditoria. Belo Horizonte, 2007.
DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 18.ª Ed. São Paulo:
Editora Atlas, 2005.
UNIÃO. Controladoria Geral da. Manual de Controle Interno,2007.
FILHO, Antonio José.www.tre-rs.gov.br/arquivos/JOSEcontrole_interno.
Acesso em 18.02.2016.