You are on page 1of 12

ANCORAGENS

ANCORAGENS

Voltas Redondas (Ponto Bomba)

-OBS:

-Tipo de ancoragem mais simples utilizando-se de um único ponto, chamado de Ponto Bomba.

-Considera-se Ponto Bomba, aquele extremamente confiável. Ex.: pilar de uma estrutura.

-Utilizado em pontos com bitola 6x maior do que a corda, dando sempre o mínimo de quatro voltas.

-Nunca esqueça de proteger cantos vivos, quando houver.

-Pode-se suprimir o mosquetão usando o nó direto na própria corda.

Em Série

P.A.

PA Nó de Alça Mosquetão Corda de Trabalho
PA
Nó de Alça
Mosquetão
Corda de Trabalho
variação B Pode-se usar nós de ancoragem no último backup A C K As lazeiras não
variação
B
Pode-se usar
nós de ancoragem
no último backup
A
C
K
As lazeiras não
devem ser
grandes,
evitando assim
grande fator
de queda.
Fita Tub.
Fita Tub.
U
P
Mosq.
Nó de Alça
Mosq.
Nó de Alça
(Romano)
Fita Tubular
-
OBS:
-
Em ancoragens em série, os pontos
devem estar o mais alinhados possível,
para que em caso de rompimento do 1º
Mosquetão
Ancoragem
ponto, a corda não venha a correr em
cantos vivos.
Nó de Alça (Romano)
Principal
-
Os cordins usados em ancoragens
funcionam como fusíveis e tiram toda
carga do nó evitando desgaste da corda.
Cordins (nó blocante)
-Usa-se 2 cordins para carga de resgate,
e 1 cordim para carga esportiva.
Corda de Trabalho

Auto Equalizável

-OBS.:

  • - Para equalização de ancoragens

devemos respeitar o ângulo máximo de 90º e o mínimo de 15º, para que assim possa haver diminuição da carga total em cada ponto de ancoragem.

BACKUP PA Mosq. Nó de Emenda Mosq. Cordim Corda de Trabalho
BACKUP
PA
Mosq.
Nó de
Emenda
Mosq.
Cordim
Corda de Trabalho

Fita Tub

  • - Em ângulos abaixo de 15º e em 120º graus a carga na ancoragem é igual a carga total, porém acima de 120º começa a aumentar a carga conforme aumenta-se o ângulo.

-O ideal é que os ângulos das ancoragens permaneçam entre 45º e 60º, assim teremos a divisão da carga total.

  • - Os cotes de segurança são dados nas alças centrais.

-Utiliza-se também a corda passando diretamente no ponto de ancoragem, economizando fita e mosquetão.

Corda da Ancoragem

Cotes de Segurança

Nó de Alça (Romano)

PA 2 PA 3 PA 1 PA 4 Mosq.
PA 2
PA 3
PA 1
PA 4
Mosq.

Nó de Emenda

Auto Equalizável -OBS.: - Para equalização de ancoragens devemos respeitar o ângulo máximo de 90º e

Corda da Ancoragem

-OBS.:

-Quando usamos 4 pontos de ancoragem para estabilização, os cotes de segurança deverão ser efetuados

nas alças puxadas entre os pontos 1-2 e 3-4

Exemplos Utilizados para Auto Equalizável

PA mais fracos ou distantes BACKUP

PA PA Nó de Emenda Corda da Ancoragem Mosq. Nó de Emenda Corda da Ancoragem Lazeira
PA
PA
Nó de
Emenda
Corda da
Ancoragem
Mosq.
Nó de
Emenda
Corda da
Ancoragem
Lazeira
Mosq.
Nó de Alça (Romano)
Cordins
Corda de Trabalho
Corda da

Ancoragem 1

Corda da

Ancoragem 2

Mosq

PA

Exemplos Utilizados para Auto Equalizável PA mais fracos ou distantes BACKUP PA PA Nó de Emenda
Cordin
Cordin

Backup

Fita Tub

Mosq.

Nó de Alça (Romano)

PA das duas linhas

Exemplos Utilizados para Auto Equalizável PA mais fracos ou distantes BACKUP PA PA Nó de Emenda
Exemplos Utilizados para Auto Equalizável PA mais fracos ou distantes BACKUP PA PA Nó de Emenda
Exemplos Utilizados para Auto Equalizável PA mais fracos ou distantes BACKUP PA PA Nó de Emenda

Linha 1

Exemplos Utilizados para Auto Equalizável PA mais fracos ou distantes BACKUP PA PA Nó de Emenda

Linha 2

Equalizada

PA Nó PA Fiel Meio da Corda c/ Nós de Alça Corda da Ancoragem Nó de
PA
PA
Fiel
Meio da
Corda c/
Nós de
Alça
Corda da Ancoragem
Nó de
Emenda
Chicote da corda
c/ nó de alça
Chicote da corda
Cote Seg.
c/ nó de alça
Mosq.
Mosq.
Linha

-OBS.:

Linha

-As ancoragens equalizadas são fixas, não permitem auto ajuste

Equalizada com Fiel

PA PA PA Emenda PA Nó Fiel Nó Fiel Corda da Ancoragem Corda Dupla Corda Simples
PA
PA
PA
Emenda
PA
Fiel
Fiel
Corda da Ancoragem
Corda
Dupla
Corda
Simples
Chicote da corda
c/ nó de alça
Chicote da corda
c/ nó de alça
Mosq.
Mosq.
PA PA PA Nó Fiel Nó Fiel -OBS.: -As equalizações c/ Fiel permite um ajuste manual
PA
PA
PA
Nó Fiel
Nó Fiel
-OBS.:
-As equalizações c/ Fiel
permite um ajuste manual
posicionando a linha mais
pra direita ou esquerda
Corda da
Ancoragem
-Elas podem ser com cordas
duplas ou simples
60º
60º
Corda
Simples
Nó de Alça
Nó Fiel
Mosq.

Equalizada com Nó Coelho

-OBS.:

-Utiliza-se o nó com alças grandes, para assim respeitar os ângulos para ancoragens equalizadas.

-Quando em pontos fixos utiliza-se o nó coelho pelo follow-me

PA
PA

Nó Coelho

Ancoragem Humana

Socorristas Nó de Emenda Corda para Equalização Mosq. Nó de Alça Corda de Trabalho Socorristas Nó
Socorristas
Nó de Emenda
Corda para
Equalização
Mosq.
Nó de Alça
Corda de
Trabalho
Socorristas
Nó de Emenda
60º
Corda para
Equalização
Mosq.
Nó de Alça

Cote de Segurança

-OBS.:

-Todos socorristas devem estar equipados com cadeiras e sentados;

-Devem respeitar os ângulos de Equalização;

-A corda pra equalização passa por mosquetões fixos às cadeiras dos Socorristas;

-Esse tipo de ancoragem é totalmente confiável, utiliza-se quando não há pontos de ancoragem e necessita-se de agilidade;

-A equalização pode ser feita como logo abaixo com dois socorristas ou até três, um do lado do outro, equalizando em três pontos.

Derivador de Força Estacas Placa c/ Nó de Furos Alça
Derivador de Força
Estacas
Placa c/
Nó de
Furos
Alça

-OBS.:

Mão Francesa

Mão Francesa Vista de Frente Mão Francesa Vista Lateral Mosq Nó de Alça Corda
Mão Francesa
Vista de Frente
Mão Francesa
Vista Lateral
Mosq
Nó de
Alça
Corda

-Esses equipamentos são próprios para ancoragens rápidas e improvisadas

Escada Horizontal ou Deitada

Mão Francesa com Escada

Dois Homens Como Contra Peso Escada Fita Tubular Mosq. Corda Somente dois degraus devem ultrapassar o
Dois Homens
Como Contra Peso
Escada
Fita Tubular
Mosq.
Corda
Somente dois degraus devem
ultrapassar o vão livre

-OBS.:

Corda de Estabilização Pasablock PA

Pode-se usar Fita Tub uma Corda Mosq. com SCP p/ içar uma vitima Corda Corda de
Pode-se usar
Fita Tub
uma Corda
Mosq.
com SCP p/
içar uma vitima
Corda
Corda de
Escada
Estabilização
Base de apoio
Pasablock
PA

-Nas ancoragens em escadas deve-se usar sempre os banzos, nunca os degraus

Homem Morto

Tora ou

Barra Buraco Escavado Corda de Trabalho Nó de Ancoragem
Barra
Buraco
Escavado
Corda de
Trabalho
Nó de Ancoragem

Ancoragem com Estacas

Tora ou

Barra

Cabo Nó de Ancoragem Vida Estacas Corda de Trabalho
Cabo
Nó de Ancoragem
Vida Estacas
Corda de
Trabalho

Ancoragem com Estacas em “ I “

Estacas Pasablock Cabo-vida Torcido
Estacas
Pasablock Cabo-vida Torcido

Ancoragem Simples Padrão

-OBS.:

-As estacas devem medir cerca de 1,20m

-80cm das estacas devem ser enterradas no solo

-Os cabos-vida que unem as estacas devem estar tesados, por isso o uso de pasablock ou torcido

-Os ângulos formados pelas estacas devem ser respeitados como nas ancoragens equalizadas

Ancoragem com Estacas em “ Y “

Cabo-vida Torcido
Cabo-vida Torcido
Ancoragem com Estacas em “ Y “ Cabo-vida Torcido Estacas Pasablock Ancoragem Simples Padrão Ancoragem com

Estacas

Pasablock Ancoragem Simples Padrão

Ancoragem com Estacas em “ V “

Cabo-vida Torcido Cabo-vida Torcido Pasablock
Cabo-vida Torcido
Cabo-vida Torcido
Pasablock

Estacas

Pasablock

Ancoragem com Estacas em “ Y “ Cabo-vida Torcido Estacas Pasablock Ancoragem Simples Padrão Ancoragem com

Ancoragem Simples Padrão

Ancoragem com Estacas em “ Y “ Cabo-vida Torcido Estacas Pasablock Ancoragem Simples Padrão Ancoragem com

10

Exemplo de uma Ancoragem para Passagem de Prédio pra Prédio (CSalt 2003 – 9º GB)

PA Voltas Redondas Ancoragem de Backup Nó de Alça Mosq PA PA Mesma Corda da Tiroleza
PA
Voltas Redondas
Ancoragem de Backup
Nó de Alça
Mosq
PA
PA
Mesma Corda
da Tiroleza
Corda da
Corda da
Ancoragem 1
Ancoragem 2
Mosq
Nó de
Backup
Alça
Prússico
Um para cada Alça
Nó de Alça
Mosq
Prússico
Um para cada Alça
Nó de Alça
Mosq
Fita Tub fechando mosq backup
Placa de Ancoragem
e mosq do freio Hack
Fita Tub, fechado todo
sistema, passando por
todas as alças dos nós
Mosq
Nó de Alça
Mosq
Prussicos
Dois para cada Corda
Freio Hack
Usa-se também Multiplicação de Força
Corda para Recuperação
ou Freio, conforme o caso
Corda Dupla
da Tiroleza
11

Ancoragem com Prússicagem Dinâmica

PA

Fita Tub. Fita Tub. Mosq. Mosq. Voltas Redondas Cotes UIAA com Cordim Mula Prúss Corda Linha
Fita Tub.
Fita Tub.
Mosq.
Mosq.
Voltas
Redondas
Cotes
UIAA com
Cordim
Mula
Prúss
Corda
Linha Rappel

-OBS.:

-Para esse tipo de ancoragem esportiva, utiliza-se um cordim maior e sem emenda, ou seja, sem formar um anel. Com ele daremos voltas redondas no mosquetão e trava-se com contes ou mula. Como em qualquer ancoragem a carga deve cair no cordim e não no nó dinâmico da corda.

-Em caso de alguma pane, libera-se o cordim e em seguida libera-se o nó dinâmico da corda, debreando assim o sistema.

Ancoragem para 3 linhas independentes com cabo-vida

Cabo-vida

P.A.
P.A.

Utilizando um cabo-vida especificado, de três voltas, pelo chicote da corda, em torno da ancoragem .

Cabo-vida

P.A. Nó de Emenda
P.A.
Nó de Emenda

Depois emende o cabo-vida utilizando um nó seguro, puxe e ajuste a voltas dadas

Cabo-vida

P.A.
P.A.

Formando assim três alças, que podem ser ajustadas

Cabo-vida

P.A. Nó de Emenda Nó de Alça
P.A.
Nó de
Emenda
Nó de
Alça

Em cada alça formada dê um nó, preferencialmente o nó oito duplo, formando assim três linhas de ancoragem num mesmo ponto com um único cabo-vida

13

Related Interests