You are on page 1of 79

Bibliografia

 ARAUJO. Regina. Construindo a geografia: o Brasil e os Brasileiro. 6 Série. 2 ed. São


Paulo: Moderna, 2005.
 ARRUDA, José J. A. Atlas Histórico Básico.2 ed. São Paulo: Ática, 1990.
 AZAMBUJA, Darcy. Teoria Geral do Estado. 35.ed. São Paulo: Globo, 1996.
 BOBBIO, Norberto. Dicionario de Politica. Brasília: Editora Universidade de Brasília,
1998.
 Cartilha Eleições 2010 (www.tre-ba.gov.br / Eleições)
 CANDEX - Sistema de Registro de Candidaturas - Módulo Externo - utilização
obrigatória (www.tse.jus.br / Eleições) – totalmente reformulado
 CAND (Sistema de Registro de Candidaturas)
 Constituição Federal de 1988 -
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constitui%C3%A7ao.htm
 CAMPOS, Flavio de; DOLHNIKOFF, Miriam. Atlas História do Brasil. 2 ed. São
Paulo: CHIAVENATO, Júlio José. Bandeirismo: Dominação e Violência. 6 ed. São
Paulo: Moderna. 1991.
 DALLARI, Dalmo de Abreu. Viver em Sociedade. 1985.
 Direitos do homem e do cidadão - http://www.dhnet.org.br/direitos MOREIRA, Igor:
AURICCHIO, Elizabeth. Construindo o Espaço Geográfico: Geografia 6 série. São
Paulo : Àtica, 2006.
Bibliografia
 MOREIRA, J.C. & SENE, Eustaquio. Trilhas da Geografia : a geografia no dia-a-dia - 6 série. São
Paulo: Scipione, 2006.
 PIRES, Valquíria & BELLUCCI, B. Construindo consciênci: Geografia 6 série. São Paulo: Scipione,
2006.
 ROCKENBACH, Denise. Link do Espaço: Geografia. 6 série. São Paulo: Escala. 2006.
 Scipione, 1994.
 SILVA, José Afonso da. Curso de Direito Constitucional Positivo, 18ª edição. São Paulo: Malheiros.
2000.
 Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, Caderno do Professor: geografia, ensino fundamental
- 6ª série, 3ª e 4ª Bimestre. 2009
 VISSENTINI, J. W. & VLACH V. Geografia Crítica: O espaço natural e a ação humana. 6 série.
Mídia Impressa:
 Revista Carta Capital
 Jornal Folha de São Paulo.
 Internet:
 Google Earth
 Governo Federal
 Supremo Tribunal Eleitoral
 Google imagens
 IBGE
Conteúdos
 Democracia
 Breve histórico da democracia;
 Forma de exercitar os ideais
democráticos
 democracia direta
 democracia representativa
 democracia semi-direta (BRASILEIRA)
Habilidades
 Mobilizar os jovens para o exercício consciente da
democracia propiciando situações que atuem como
protagonista na transformação da realidade.
 Problematizar eventos e processos geográficos a
partir da análise de um conjunto de dados produzidos
pela geografia e áreas afins
 Inferir e julgar opiniões e ponto de vista de interesse
geográfico, existentes em diferentes tipos de textos
ou imagens;
 Reconhecer informações geográficas expressas
em charges e poemas;
Formação de Grupos de
Trabalho
 Professor :
 Irei indicar os componentes dos grupos trabalho;
 Irei escolher um grupo com os melhores alunos;
 Os bagunceiros colocarei em outro grupo;
 Os médios em outro;
 Criarei um outros só com os que possuem internet
em casa;
 Quem for melhor ganhará prêmios;
Obs: Esses grupos terão que trabalhar juntos por todo
módulo e não poderão trocar de grupos.
 Os alunos:
 acatam a decisão e iniciam os trabalhos;
Formação de Grupos de
Trabalho

Vocês concordam com o método que utilizei


para organizar os grupos de trabalho?
Quais as outras formas de nos organizarmos
em grupos de trabalho?
Formação de Grupos de
Trabalho
 Organizar grupos de no máximo 5 alunos. (auto
organização).
 Escolha um orador (apresentará os trabalhos) e um
secretário (fará a redação dos relatórios).
 Os secretários serão responsáveis por organizar (anotar
e arquivar) os planos de governo do partido da sala.
 Os ministros organizarão os planos de governos com os
secretários.
 Todas as políticas públicas discutidas serão votadas.
 As propostas deverão ser votadas pela assembléia de sala - a
maioria absoluta ganha.
 Esse método é chamado de centralismo democrático – consiste no
reconhecimento da derrota e construção da proposta vencedora.
Viver em Sociedade
Sem a vida em sociedade as pessoas não
conseguiriam sobreviver, pois o ser
humano, durante muito tempo, necessita de
outros para conseguir alimentação e abrigo.
E no mundo moderno, com a maioria das
pessoas morando nas cidades com hábitos
que tornam necessário muitos bens
produzidos pela indústria, não há quem
necessite dos outros muitas vezes por dia.

(Dallari, 1985)
Viver em Sociedade
 A sociedade humana é um conjunto de
pessoas ligadas pela necessidade de se
ajudarem umas às outras, a fim de que possam
garantir a continuidade da vida e satisfazer
seus interesses e desejos.
 Sem a vida em sociedade, as pessoas não
conseguiriam sobreviver, pois o ser humano,
durante muito tempo, necessita de outros para
conseguir alimentação e abrigo. E no mundo
moderno, com a grande maioria das pessoas
morando nas cidades, com hábitos que tornam
necessários muitos bens produzidos pela
indústria, não há quem não necessite dos
outros muitas vezes por dia. .
Viver em Sociedade
 Mas as necessidades dos seres humanos não
são apenas de ordem material, como os
alimentos, a roupa, a moradia, os meios de
transporte e os cuidados de saúde. Elas são
também de ordem espiritual e psicológica.
Toda pessoa humana necessita de afeto,
precisa amar e sentir-se amada, quer sempre
que alguém lhe dê atenção e que todos a
respeitem. Além. disso, todo ser humano tem
suas crenças, tem sua fé em alguma coisa,
que é a base de suas esperanças.
Viver em Sociedade
 Os seres humanos não vivem juntos, não
vivem em sociedade, apenas porque escolhem
esse modo de vida, mas porque a vida em
sociedade é uma necessidade da natureza
humana. Assim, por exemplo, se dependesse
apenas da vontade, seria possível uma pessoa
muito rica isolar-se em algum lugar, onde
tivesse armazenado grande quantidade de
alimentos. Mas essa pessoa estaria, em pouco
tempo, sentindo falta de companhia, sofrendo a
tristeza da solidão, precisando de alguém com
quem falar e trocar idéias, necessitada de dar e
receber afeto. E muito provavelmente ficaria
louca se continuasse sozinha por muito tempo.
Viver em Sociedade
 Mas, justamente porque vivendo em sociedade é que
a pessoa humana pode satisfazer suas necessidades,
é preciso que a sociedade seja organizada de tal
modo que sirva, realmente, para esse fim. E não
basta que a vida social permita apenas a satisfação
de algumas necessidades da pessoa humana ou de
todas as necessidades de apenas algumas pessoas.
A sociedade organizada com justiça é aquela em que
se procura fazer com que todas as pessoas possam
satisfazer todas as suas necessidades, é aquela em
que todos, desde o momento em que nascem, têm as
mesmas oportunidades, aquela em que os benefícios
e encargos são repartidos igualmente entre todos.
Viver em Sociedade
 Para que essa repartição se faça com
justiça, é preciso que todos procurem
conhecer seus direitos e exijam que
eles sejam respeitados, como também
devem conhecer e cumprir seus
deveres e suas responsabilidades
sociais.
Nossa sociedade

Como vivemos?
“Metade da humanidade não come...

...e a outra metade não dorme com medo


da que não come.”
Josué de Castro – Geografia da Fome
Construímos uma sociedade de poucos RICOS
e muitos trabalhadores (ESCRAVOS),
o que com o passar dos séculos
resultou numa profunda DESIGUALDADE SOCIAL
e econômica.
Hoje há uma desumana concentração de RENDA
que submete milhões de brasileiros
a viver abaixo da linha da POBREZA,
deixando-os vulneráveis
à marginalidade,
à VIOLÊNCIA
e à PRECARIEDADE EDUCACIONAL
e higiênica.
HAITI
Desigualdade social

o Brasil apresenta uma das piores


distribuições de renda do mundo. Essa
desigualdade na distribuição da renda
nacional não é exclusividade da sociedade
brasileira. De um universo de mais de 100
países, apenas seis têm renda mais
concentrada que o Brasil.
Moema – São Paulo

O que é desigualdade
social
Paraisópolis – São Paulo
Moema – São Paulo

O que é desigualdade
social

Paraisópolis
Paraisópolis– –Morumbi
São Paulo
Que futuro queremos?
O SER HUMANO PODE VIVER NESTE
MUNDO
COMO ESCRAVO
(DE SI PRÓPRIO OU DOS OUTROS POR VONTADE
PÓPRIA OU POR TOLHIMENTO DE SUA
LIBERDADE)
OU
COMO LIVRE
(tomando para si a responsabilidade de
reinventar seu futuro)
Escravo ou Livre?
A relação do ser humano com seus semelhantes
pode ser num mundo
Onde uns dominam os outros são dominados

Ditadura
(Civil ou militar em reinado ou república)

Ou onde todos convivem


Com direitos e deveres iguais

Democracia
Por que isso ocorre?
Como “humanizar” a sociedade atual?
O que fazer?
 Exercitar a democracia!
 Mobilização social!
 Organizar nossa classe (classe
trabalhadora)
 Cobrar nossos direitos.
O que fazer?
 Necessidade de organização com
justiça;
 Fazer com que todas as pessoas
possam satisfazer todas as suas
necessidades;
 Construir uma sociedade:
 em que todos desde o momento em que
nascem, têm as mesmas oportunidades;
 em que os benefícios e encargos sejam
repartidos igualmente para todos.
O que fazer?
 A repartição dos benefícios com justiça
exige que:
 Todos procurem conhecer seus direitos e
exijam que eles sejam respeitados;
 Todos procurem conhecer e cumprir seus
deveres e suas responsabilidades sociais.
 Democracia “radical”.
Democracia

DEMO+KRACIA

DEMO = POVO e KRACIA = GOVERNO

“Poder exercido pelo povo”


Regime Democrático:
Democracia
 Pode-se dizer que “a palavra e o
conceito de Democracia vieram da
Grécia, e especialmente de Atenas.
 Significa literalmente ‘poder do povo’,
expressão que era entendida como
‘poder exercido pelo povo’.”
QUEM É O
POVO?
É o conjunto de
pessoas que
detém o poder
político (poder de
decisão) dentro de
uma comunidade.
Essas pessoas
estão divididas em
Classes Sociais;
A maioria do povo
pertence a uma
classe.
Classe
trabalhadora.
 Na Democracia e
na República a
O POVO origem e o
exercício do poder
são COLETIVOS.
 Não existe
Democracia ou
República sem o
coletivo chamado
POVO.

A Classe Trabalhadora
Democracia deveria ser...
 Está baseada nos princípios da liberdade
popular e da distribuição igualitária do
poder.
 Segundo Platão, democracia era
“soberania da massa”, “o governo do
grande número”.
 Na definição de Abraham Lincoln,
democracia é o “governo do povo, pelo
povo e para o povo”.
Democracia deveria ser...
 é um regime de governo onde o poder
de tomar importantes decisões políticas
está com os cidadãos (povo), direta ou
indiretamente, por meio de
representantes eleitos — forma mais
usual.
Democracia como ela é...
 sua forma burguesa vigente em
praticamente todo globo é um discurso
vazio geradora de desigualdades.
 Essa democracia burguesa é uma
ditadura da burguesia sobre os
explorados, uma democracia para os
ricos.
Moema
América Central - Caribe
A Democracia como ela é...
 Cidadania - conceito chave.
 é um engodo, pois a cidadania desde os
tempos da antiguidade é um conceito
excludente (na Grécia antiga - Atenas, o
cidadão era apenas o homem grego:
escravos, mulheres e estrangeiros não eram
cidadãos).
 Para a burguesia - cidadania significa
consumidor. Somente aqueles que têm poder
de consumo serão cidadãos.
 Demais pessoas – Caso de polícia
Vídeo
A democracia que queremos...
 Atualmente, entende-se a democracia
como uma forma encontrada para
representar a vontade do povo, em busca
de uma sociedade justa, livre e
igualitária, onde à todos seja assegurado
seus direitos sociais, culturais e
econômicos correspondentes ao direito à
vida, liberdade, educação, saúde, ao
trabalho, lazer, dentre outros.
Um pouco de história...
DEMOCRACIA CLÁSSICA -
Grécia

 Eram excluídos os escravos, as mulheres e os estrangeiros.


Na verdade, os cidadãos formavam um grupo
numericamente reduzido e privilegiado.
Democracia Clássica
 A Democracia
Clássica era direta,
ou seja, a cada
semana e meia, o
povo de Atenas se
reunia e decidia todo
tipo de questão.
DEMOCRACIA CLÁSSICA
 A República Romana da
Idade Antiga e boa parte
das cidades-estado
italianas do Renascimento
eram repúblicas, mas
Repúblicas Aristocráticas.
 O POVO era constituído
pelo conjunto de homens
adultos pertencentes a
uma classe nobre que
detinham o monopólio do
poder por direito de
herança.
A DEMOCRACIA RENASCE

 Houve um quase eclipse da democracia por mais de 2.000 anos, isto


isto é, entre
o fim da democracia ateniense e a recuperaç
recuperação dessa forma de governo com
a REVOLUÇ
REVOLUÇÃO AMERICANA (1776) e a REVOLUÇ
REVOLUÇÃO FRANCESA (1789).
 República Inglesa (1649)
 República Francesa (1789) e
 República Norte-Americana (1776)
 POVO = PROPRIETÁRIOS
 SUFRÁGIO RESTRITO
 Democracia Liberal
O Sufrágio Universal
Direito ao Voto

Um Homem,
Um Voto.
E a Mulher?
Direito ao Voto
 Nova Zelândia - 1893.
 Austrália – 1902, com algumas restrições.
 Finlândia - 1906.
 Inglaterra - 1919 – maiores de 30 anos. 1928
maiores de 21 anos.
 EUA - 1920 - 19ª Emenda - proibiu a
discriminação política com base no sexo.
Equador - 1929.
 No Brasil – em 1932, maior de 21 anos (voto
facultativo).
 França – 1945
 Bélgica – 1946
 Argentina – 1947 - Evita.
 Suiça - 1971
 Portugal – 1911 - 1931 - 1974 (Revolução
dos Cravos)
Democracia

Formas de Exercê-la:
 democracia direta
 democracia representativa
 democracia semidireta (BRASILEIRA)
DEMOCRACIA DIRETA
 democracia direta (algumas vezes
chamada "democracia pura"), onde o
povo expressa a sua vontade por voto
direto em cada assunto particular.
Assembléias Populares
Democracia representativa ou
indireta
 Democracia representativa ou indireta:
Todos expressam suas vontades através
de eleições periódicas, em que escolhem
seus representantes para as chefias dos
poderes constituídos (Presidente da
República, Governadores,Prefeitos,
Deputados, Vereadores), que serão
competentes para fazer as decisões
políticas em nome daqueles que os
confiaram o mandato.
E no Brasil?

Vivemos em uma democracia?


Democracia é só Votar
em um representante?
Democracia ou Privilégio
 No Brasil existe a visão de uma minoria
privilegiada (classe rica) que acredita que as
classes populares (classe trabalhadora) são
consideradas incompetentes e indolentes
natos, inábeis intelectualmente, que seus
representantes não devem ser chamados para
o diálogo, mas devem apenas ouvir e acatar
ordens e instruções dos técnicos e cientistas
competentes.
Democracia semidireta
 assume um caráter miscigenado, envolve
um misto de representatividade pelo
processo eleitoral, em que são eleitos
representantes indiretamente, e atuação
direta do povo no governo por meio de
institutos como referendo, iniciativa
popular e plebiscito, assim descritos no
artigo 14 da norma constitucional
brasileira.
Democracia semidireta
 O Brasil escolheu o princípio da democracia
representativa, mas também acolheu alguns
institutos de participação direta.
 A Constituição brasileira assume um caráter
miscigenado, envolve um misto de
representatividade pelo processo eleitoral, em
que são eleitos representantes indiretamente, e
atuação direta do povo no governo por meio de
institutos como referendo, iniciativa popular e
plebiscito, assim descritos no artigo 14 da norma
constitucional brasileira.
Plebiscito
 É a consulta popular realizada para
manifestação acerca de assunto político
ou social, em período anterior à
formação da lei que o regulamentaria,
por meio de voto direto e secreto.
Plebiscito Popular Nascional
Referendo
 Apresenta-se como um instituto que
submete ao poder popular a aprovação
ou não de espécies normativas
elaboradas pelas Casas Legislativas a
fim de produzirem efeitos.
Desarmamento
Iniciativa Popular
 Possibilita a participação do eleitorado
no processo legislativo, à medida que
propõe leis a serem apresentadas a
Câmara dos Deputados para que seja
discutida e votada.
Outras formas...
 Júri;
 Audiência pública;
 Conselhos (saúde, educação);
 Representação assegurada da sociedade
individual e coletiva em colegiados de
órgãos e entidades da administração
pública.
Outras formas...

“É assegurada a participação dos trabalhadores e


empregadores nos colegiados de órgãos públicos
em que seus interesses profissionais ou
previdenciários sejam objeto de discussão e
deliberação” cf 10
Documentário: Ilha das Flores
1. O que mais te incomodou no filme?
2. Quais os problemas sociais que o filme
denuncia?
3. Será que isso ocorre mesmo no Brasil?
Justifique.
4. O que deveria ser feito para resolver
essas problemas?
5. O que nosso partido vai propor para
melhorar essa situação?
Exercícios - Casa

1. Respostas Individuais
2. Debate em grupos na próxima aula
Exercício 1 - Texto sobre
Democracia
 Vivendo em sociedade, temos de seguir
normas, como as regras da boa Convivência
(solidariedade, ética, respeito ao ambiente e
ao ser humano) e as leis estabelecidas pelas
autoridades. Com isso, é comum as pessoas
se questionarem: "Será que estou tendo uma
atitude democrática? Será que essa lei atende
aos princípios da democracia? O governo é
democrático?". Nem todos, porém, sabem de
fato o que significa a palavra democracia.
Para esclarecer essa questão, transcrevemos
um trecho de um livro do sociólogo Herbert de
Souza (1935-1997).
O que é democracia?
 A democracia é uma das mais antigas idéias da humanidade.
Jamais realizada plenamente. Em seu nome já se fez muito bem e
se praticou muito mal. Tem servido ao longo desse período tanto
para inspirar movimentos libertadores como para justificar golpes
militares e regimes de opressão. Para alguns é apenas uma forma
de governo; derivada de eleições diretas e que só existe nos
países capitalistas. Para outros é algo mais profundo que afeta a
todas as relações da sociedade (econômicas, sociais, políticas,
culturais) em busca da igualdade e que, portanto, não existe nas
sociedades capitalistas. [...] A democracia é o igual e o diverso. O
encontro de liberdades. A convergência da pessoa e da
comunidade. Da sociedade civil e do Estado (administração
dobem público). [...] A democracia se constrói em tomo de alguns
princípios fundamentais, simples em seu enunciado, complexos e
radicais em sua realização histórica: igualdade, liberdade,
diversidade, solidariedade, participação. Separados eles se
negam, juntos eles constroem o processo que leva à democracia.
(SOUZA. Herbert de. Escritos indignados: democracia x
neoliberalismo no Brasil)
Texto sobre Democracia
 1. Algumas pessoas consideram que a
democracia se resume ao direito de
votar para eleger seus representantes
(prefeitos, governadores,presidente,
vereadores, deputados e senadores).
Que outras práticas democráticas você
poderia citar?
Democracia Brasileira
 2. O Brasil é considerado
um país democrático. Mas
nossa democracia não é
real. A figura ao lado
ilustra muito bem nossa
situação.
 Explique com suas
palavras qual é a crítica
social que está explicita
nessa charge?