You are on page 1of 38

ESCOLA EB 2,3 PASSOS JOSÉ – GUIFÕES – MATOSINHOS

Plano de Acção para as TIC

PLANO TIC
2008 e 2009

Coordenador TIC

António Carlos Guimarães Pais Carvalho


Plano TIC 2008 e 2009

Índice
ELEMENTOS IDENTIFICADORES .......................................................................... 2
IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA ............................................................................. 2
IDENTIFICAÇÃO PROFESSORES ITIC............................................................. 2
IDENTIFICAÇÃO DO CENTRO DE FORMAÇÃO............................................. 2
IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR DE TIC ............................................. 2
INTRODUÇÃO E ENQUADRAMENTO.................................................................... 3
CARACTERIZAÇÃO DO CONTEXTO EDUCATIVO ............................................ 4
FINALIDADES............................................................................................................. 12
OBJECTIVOS GERAIS.............................................................................................. 13
Objectivos gerais da Escola / Agrupamento relativamente às TIC .. 13
Objectivos dos alunos......................................................................................... 14
Objectivos dos professores .............................................................................. 15
Objectivos da Comunidade Educativa.......................................................... 16
CARACTERIZAÇÃO DA REALIDADE ESCOLAR............................................... 17
- Equipamentos e Espaços TIC ....................................................................... 17
- Recursos Humanos........................................................................................... 18
COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR NO FINAL DA ESCOLARIDADE BÁSICA 19
CONTEÚDOS PARA A ESCOLARIDADE BÁSICA ............................................ 20
- No final do 1º ciclo ........................................................................................... 20
- No final do 2º ciclo ........................................................................................... 20
- No final do 3º ciclo ........................................................................................... 21
PROJECTOS/ACTIVIDADES................................................................................... 22
- “Iniciativa Escola, Professores e Computadores Portáteis”.............. 22
- Plataforma MOODLE......................................................................................... 24
- Orientação Pedagógica em TIC às Escolas do 1º Ciclo e Jardins-
de-infância .............................................................................................................. 25
- SAPO Challenge/PT Escolas .......................................................................... 26
- Acções TIC alunos 2º Ciclo/CRE.................................................................. 27
- Formação.............................................................................................................. 28
- Páginas Web da Escola ................................................................................... 29
- Serviços de Psicologia e colaboração TIC................................................ 30
- Estudo e desenvolvimento de Bases de Dados digitais ..................... 31
- Workshops lúdico-pedagógicos ................................................................... 32
- Inventário de Hardware e Software .......................................................... 34
- Instalação e Configuração de Hardware e Software........................... 34
- Iniciativa Equipamentos Tecnológicos ...................................................... 36

EB 2, 3 Ciclo Passos José 1


Plano TIC 2008 e 2009

ELEMENTOS IDENTIFICADORES
IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA

Nome: Escola Básica 2, 3 Passos José – Guifões


Distrito: Porto
Concelho: Matosinhos
Código GIASE: 1308641
Endereço: Av. Dr. Salgado Zenha
Tel/Fax: 229520565/229534137
URL: http://www.eb23-guifoes.rcts.pt

IDENTIFICAÇÃO PROFESSORES ITIC

Professores que leccionam ITIC – 3


Nome: António Carlos Guimarães Pais Carvalho – PQND
Isabel Alexandra Teixeira Fernandes – PQZP
Eduardo Moreira – Professor Contratado

IDENTIFICAÇÃO DO CENTRO DE FORMAÇÃO

Centro de Formação da área: Centro de Formação Abel Salazar


Endereço: Escola Básica 2, 3 de Leça do Balio
Endereço: Alameda D. Manuel Martins – Apartado 2065
4466-801 Leça do Balio
Tel.: 22 9545361/2
Fax: 22 9545363
E-Mail: cfas@mail.telepac.pt
URL: www.cfas-formacao.com

IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR DE TIC

Nome: António Carlos Guimarães Pais Carvalho – PQND


Escola: Escola Secundária José Estêvão de Aveiro
Grupo: 550 – Informática
Situação: Destacado na EB23 Passos José

EB 2, 3 Ciclo Passos José 2


Plano TIC 2008 e 2009

INTRODUÇÃO E ENQUADRAMENTO

Em conformidade com o preconizado no número dois do artigo 6º do Decreto-Lei nº


6/2001, de 18 de Janeiro, e de acordo com o previsto no Decreto-Lei 140/2001 de 24
de Abril, que criou o diploma de competências básicas em Tecnologias da Informação,
elabora-se este documento – Plano de TIC 2008/2009.

Compete a cada Direcção de Escola nomear um professor Coordenador TIC, que


deverá conceber um plano de acção anual para as TIC (plano TIC), no quadro do
projecto educativo da escola e do respectivo plano anual de actividades, em conjunto
com os órgãos de administração e gestão, em articulação e com o apoio do centro de
formação da área do agrupamento/escola (CFAE) e de outros parceiros a envolver.

Serve o presente documento como forma de validação formal de competências


básicas em Tecnologias da Informação que contribuam para o exercício pleno da
cidadania.
Serão referidas as competências que a comunidade educativa, do agrupamento de
escolas Irmãos Passos, deve adquirir ao longo da escolaridade básica.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 3


Plano TIC 2008 e 2009

CARACTERIZAÇÃO DO CONTEXTO EDUCATIVO

CARACTERIZAÇÃO DO MEIO LOCAL ENVOLVENTE

Guifões é uma freguesia do Concelho de Matosinhos e pertence ao distrito do Porto. A


sua área é de 343,125 ha. A latitude desta freguesia é, aproximadamente, 41° 13’ N e
a sua longitude 08° 39' W.

Mapa de Matosinhos, onde se pode ver a posição geográfica de Guifões

Localiza-se na margem esquerda do Rio Leça, abrangendo os seguintes lugares:


Azenha Nova, Espinheiro, Estrada, Fulão, Fonte do Cuco, Gatões, Igreja, Lomba,
Mafalto, Monte Castêlo, Monte dos Pipos, Monte da Terra, Pedras, Ponte do Carro,
Ponte de Guifões, Ponte do Manco, Regato, Ribeiro, S. Martinho ou Santo e Tourais.
Além destes, noutras épocas eram usados mais os seguintes topónimos: Agrela,

EB 2, 3 Ciclo Passos José 4


Plano TIC 2008 e 2009

Piornais (Pionnaes), Porto de Mós (Portus Molarum), Sandemir, Senra e um Riacho


com o nome Maiolaes.

O topónimo de Guifões, de origem Latina, com o tempo, sofreu alterações tais como:
Guiffones, Quipion, Quiffiones, Quiffones, Quifìonens, Quipiones, Quisiones, Quifoens,
etc. Esta freguesia ocupa um território extremamente antigo, pois data de um período
anterior à Romanização. 0 lugar de Gatões é uma parcela da Villa Romana de
Gatoões ( Gatonis ou Gatones ) e a freguesia de Guifões é uma subdivisão da Villa
Quiffões.

Documentos medievais dão indicação da existência de dólmens e menires em


Guifões, assim como ainda há vestígios de castros, como no Monte Castêlo. A
freguesia de Guifões é uma testemunha da Romanização dos Calaicos e a Ponte
Românica do Carro, um exemplo da arquitectura viária medieval. Numa fase pré-
industrial, o desenvolvimento agrícola era acentuado e os moinhos de água são
característicos dessa época. Algumas marcas deixadas pelo Homem em Guifões
encontram-se classificadas como Património Nacional, sendo disso exemplo o Castro
do Monte Castêlo e a Ponte do Carro (Românico). De momento, estão parados os
trabalhos arqueológicos no Monte Castêlo, assim como as negociações que tinham
como objectivo a compra por parte da Câmara Municipal de terrenos no Monte Castêlo
com o fim de criarem um parque público.

No cimo do Monte Castêlo está situado o Clube de Caçadores de Matosinhos que, por
possuir quatro campos olímpicos de tiro, está classificado como Clube Internacional de
Tiro.

A população residente em Guifões era em 2001, de 9679 habitantes.

Parte da actual população da freguesia de Guifões provém, inicialmente, de antigos


"moços de servir", oriundos de Amarante, Barcelos, Braga..., contratados por
proprietários rurais desta freguesia e, mais tarde, por população migrante, resultante
de um êxodo rural, fortemente provocado pela abertura da então designada Sacor
(actualmente Petrogal) e outras indústrias.

Hoje em dia, pode considerar-se Guifões um "dormitório" do Porto e de Matosinhos. A


actividade agrícola tem vindo a perder a sua importância em detrimento da construção
imobiliária, de vias de circulação, e do aumento significativo no sector dos serviços.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 5


Plano TIC 2008 e 2009

SITUAÇÃO SÓCIO-ECONÓMICA E CULTURAL DO MEIO LOCAL

As condições de habitabilidade em Guifões têm vindo a melhorar já que as "ilhas" e as


"barracas" existentes durante anos foram praticamente erradicadas, dando lugar a
casas de habitação social: a sul, a urbanização social de Espinheiro e a norte as
urbanizações do “Bairro Novo da Ponte do Carro” e do “Bairro Novo de Gatões”. É, no
entanto, ainda notória a presença de algumas casas clandestinas.

Embora a concentração das habitações dos alunos, em relação às Escolas que


compõem o Agrupamento, permita à maioria a sua deslocação a pé, existem outras
mais dispersas, implicando que os alunos se desloquem de transporte público.

Guifões possui as seguintes colectividades desportivas e culturais: Guifões Sport


Clube, Gatões Futebol Clube, Grupo Desportivo e Cultural do Monte Xisto, Juventude
Desportiva Guifonense, Mini-Águas de Gatões, Sport Clube Águias Lombense,
Rancho Regional de Guifões, Rancho Paroquial de Guifões, Centro Cultural de
Solidariedade Social de Guifões (com infantário, creche e jardim, ATL e o Centro de
dia para Idosos), o Centro Social e Recreativo da Associação de Moradores dos Paus,
a Associação Social para o Desenvolvimento de Guifões (Creche/Infantário, ATL, Sala
de convívio para a terceira idade e apoio ao domicílio) e um Centro de Recursos na
Junta de Freguesia.

A nível de equipamentos educativos existem: 3 estabelecimentos de educação Pré-


Escolar, 4 escolas do 1°Ciclo do Ensino Básico, uma escola dos 2° e 3° Ciclos do
Ensino Básico e o Colégio "Novos Rumos" (1°. e 2°ci clos) que apoia alunos com
dificuldades educativas especiais, nomeadamente, em psicomotricidade e terapia da
fala.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 6


Plano TIC 2008 e 2009

CARACTERIZAÇÃO DAS ESCOLAS DO AGRUPAMENTO

Neste agrupamento funcionam 1 escola do 2º e 3º Ciclo do Ensino Básico (EB2/3), 4


escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico (EB1) e 3 Jardins-de-infância (JI). No caso
destes últimos, estão instalados em espaços pertencentes às EB1 adaptados.

Todos estes edifícios encontram-se razoavelmente equipados, oferecendo espaços


quantitativamente adequados às necessidades de cada estabelecimento de ensino.

• EB2/3 Passos José – Esta Escola Pública iniciou a sua actividade no ano
lectivo 1989/1990, num edifício destinado a uma escola do 1º CEB na
Barranha, Senhora da Hora, visto que o edifício definitivo se encontrava em
fase de construção.

A sua inauguração, no actual edifício, ocorreu no ano lectivo 1992/1993,


fazendo parte da rede escolar de Matosinhos, sendo o único a este nível, nesta
freguesia.

• EB1 de Passos Manuel – Esta escola construída no início do séc. XX foi sujeita
a obras de reconstrução e ampliação. Foi reinaugurada no dia 27 de Abril de
2005;

• EB1/JI de Lomba – Edifício de construção moderna mas que sofre de graves


problemas de infiltração de água, apodrecimento do material de revestimento
interior (corticite) e de isolamento e pintura exterior;

• EB1/JI de Sendim – Embora sem a gravidade dos problemas identificados nos


outros estabelecimentos do Agrupamento, a EB1 de Sendim, escola do tipo
Plano Centenário e recentemente reconstruída e alargada, ainda necessita de
obras que impeçam a infiltração de chuva, principalmente em dias de chuva
forte e “batida” a vento.

• EB1 de Ramalhão e Jardim-de-infância de Monte Ramalhão – Escola de tipo


Plano Centenário, necessita de obras no telhado e pintura geral.

E.B. 2, 3 DE PASSOS JOSÉ

O edifício escolar tem uma área coberta de, aproximadamente, 5746 m2 incluindo
espaço desportivo e coberto/recreio.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 7


Plano TIC 2008 e 2009

É constituído por três corpos que comunicam entre si, interior e exteriormente.

Possui 27 salas de aula (incluindo 2 laboratórios de Ciências Naturais e um laboratório


de Ciências Físico Químicas, uma sala TIC um laboratório Informática para uso geral);
6 salas específicas para o departamento de Educação Artística e Tecnológica; 1 para
Educação Musical; o Centro de Recursos Educativos que é constituída pelos
seguintes espaços: recepção, hemeroteca (zona de leitura de publicações diárias e
periódicas) e com uma área de jogos de estratégia, biblioteca, espaço multimédia
(computadores), espaços audio e vídeo e de produção gráfica. Também fazem parte
do Centro de Recursos uma sala de informática, uma sala de montagem de vídeo na
qual se encontra a mapoteca. Há também um laboratório de fotografia. Há ainda 3
salas de convívio (uma de alunos, onde existe uma televisão, computadores e
armários com jogos e CDroms, uma de professores com dois computadores e uma
impressora, e uma de funcionários); uma cantina; um bufete; uma cozinha e despensa;
uma sala de reprografia; uma sala que funciona como gabinete médico; uma sala de
Directores de Turma que funciona simultaneamente como gabinete de recepção aos
encarregados de educação; um gabinete do Conselho Executivo; uma sala para
Secretaria; uma sala de trabalho para os Apoios Educativos e outra para o Grupo de
Intervenção Pedagógica; um gabinete de Apoio ao Aluno; um gabinete de P.B.X.; uma
sala para a Associação de Pais; 17 arrecadações; 18 casas de banho; um campo de
jogos e um pavilhão Gimnodesportivo do tipo G1 e respectivos balneários.

Há também uma sala designada como "dos grandes grupos", 71, apetrechada com
material audiovisual (televisão, vídeo, retroprojector, projector de slides, episcópio e
ecrãs) que pode ser requisitada por qualquer professor. Nos restantes três pisos
existem, em arrecadação, meios audiovisuais semelhantes (televisor com vídeo
integrado, projector de slides e retroprojector) que podem ser requisitados junto da
funcionária dos respectivos pisos e levados para a sala de aula.

Os espaços de circulação interior são estreitos, o que prejudica a normal circulação


dos alunos nos mesmos.

O espaço descoberto/envolvente da escola é constituído por uma horta pedagógica,


uma estufa, um jardim envolvente do edifício escolar com uma diversidade
considerável de árvores, arbustos, relvados e espaços alcatroados destinados às
zonas de circulação e recreio dos alunos.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 8


Plano TIC 2008 e 2009

E.B.1/JI DE SENDIM

Localizada na rua do Sarilho, na freguesia de Matosinhos, originalmente foi uma


construção do tipo “Plano Centenário”, sofreu obras de ampliação durante o ano
lectivo de 1999/2000.

Todo o edifício foi remodelado, mantendo a fachada. Presentemente conta com 5


salas de aula, 1 sala destinada à Educação-Pré-Escolar, 1 biblioteca, 3 gabinetes de
apoio pedagógico, sala de professores (com WC), sala onde funciona a Coordenação
da Escola (com WC, 1 cozinha (com WC), 1 despensa, 1 refeitório, 1 WC para
deficientes motores, WC e balneários para rapazes e para raparigas, recreio amplo e
uma área com baloiços.

E.B.1 DE GUIFÕES (Passos Manuel)

Situada na Rua Passos Manuel, a escola é constituída por dois blocos térreos, de
construção de tipo indefinido, ligados entre si por um logradouro.

O edifício original (construído no séc. XX) é composto por duas salas de dimensões
consideráveis, um hall e uma sala de professores.

No segundo bloco estão situados o refeitório (completamente equipado), os sanitários


das raparigas, um WC para deficientes motores, os sanitários dos rapazes, um hall de
ligação, duas salas de aula, um WC para homens, um WC para mulheres, uma
arrecadação e um pequeno recreio.

Pode-se considerar que esta escola é nova.

O mobiliário é de boa qualidade e em número suficiente, adaptado aos grupos etários


dos alunos. A iluminação das salas é boa e a escola tem aquecimento central.

Não há uma sala para a funcionária

O acesso à escola é feito por um único portão que dificulta a entrega de material
didáctico, leite, etc., pois não permite a entrada de automóveis.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 9


Plano TIC 2008 e 2009

E.B.1/JI DE MONTE RAMALHÃO

O edifício escolar é uma construção do “Plano Centenário”, constituído por um único


edifício com dois pisos, com 4 salas cada um. Tem duas entradas principais, com um
átrio em cada uma. Possui sanitários suficientes mas antiquados. Tem um pequeno
logradouro coberto na parte de trás de cada uma das entradas e uma pequena
cozinha. O edifício está mal conservado e necessita de obras de reparação e pintura.

A iluminação das salas é boa e o aquecimento satisfatório.

O mobiliário é de boa qualidade, em número suficiente e está em bom estado de


conservação, sendo constituído por mesas e cadeiras individuais.

Nota-se a falta de um refeitório onde as crianças que habitam a maior distância da


escola possam almoçar.

Há um pavilhão pré-fabricado em madeira, onde os professores se reúnem e onde


funciona o apoio educativo.

O recreio é espaçoso e está vedado com rede. A parte da frente da escola foi
ajardinada pelos alunos sob a orientação dos professores, estando bastante
acolhedora.

Há bastantes árvores de sombra espalhadas por todo o recinto escolar,


proporcionando sombra nos dias mais quentes.

O JI de Monte de Ramalhão funciona no mesmo edifício, ocupando uma sala de aula


no rés-do-chão.

E.B.1/JI LOMBA

Nestas instalações funcionam a EB1da Lomba e o Jardim-de-infância da Lomba.

O edifício da escola obedece a um plano chamado “Outro Tipo” por ser diferente das
outras construções tipificadas.

Possui um espaço exterior vedado que rodeia todo o edifício (recreio) e dois espaços
cobertos. O interior é constituído por oito salas de aula amplas mas com pouca luz
natural, um gabinete com W.C., uma sala de professores também com W.C., duas
áreas de W.C. para crianças, uma cozinha e um polivalente.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 10


Plano TIC 2008 e 2009

Uma das salas de aula foi destinada à biblioteca escolar e outra sala encontra-se ao
serviço do apoio educativo.

O Jardim-de-infância da Lomba funciona no mesmo edifício ocupando duas salas de


aula no rés-do-chão.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 11


Plano TIC 2008 e 2009

FINALIDADES

O que se pretende com a aplicação deste plano é desenvolver competências no


domínio das TIC que permitam aos elementos deste agrupamento de escolas o
exercício pleno da sua cidadania.

Para atingir tal meta, tentaremos os seguintes objectivos:

 Estimular o desenvolvimento de estratégias pedagógicas promotoras de


metodologias inovadoras;

 Cruzar informação com as necessidades concretas dos professores;

 Desenvolver momentos de auto-formação e proporcionar formação interpares;

 Promover atitudes de maior abertura ao uso das TIC por parte da Comunidade
Escolar;

 Promover modalidades mistas de formação, com uma componente presencial


e outra à distância;

 Desenvolver uma utilização crítica das TIC como ferramentas transversais ao


currículo;

 Sensibilizar os órgãos de gestão para as valências das Tec2ologias de


Informação e comunicação, quer no aspecto organizacional, quer no aspecto
pedagógico;

 Promover a integração, ao nível do Projecto Educativo, do Projecto Curricular,


do Plano Anual de Actividades, de um Plano TIC, transversal;

 Promover competências nos professores que permitam a geminação de


escolas, em países europeus (etwinning).

EB 2, 3 Ciclo Passos José 12


Plano TIC 2008 e 2009

OBJECTIVOS GERAIS

Objectivos gerais da Escola / Agrupamento relativamente às


TIC

 “Potenciar o uso da informática como ferramenta de trabalho no


processo de ensino-aprendizagem, utilizando-a de forma activa por
parte dos alunos”;

 “Favorecer a sua utilização por parte dos professores nas suas


tarefas gerais da Escola: programações, memórias, planos,
actividades…”;

 “Impulsionar a comunicação entre escolas através da Internet, a fim


de dinamizar o acesso à informação, potenciando também a
transmissão de valores e respeito por outras formas de vida e
costumes”;

 “Facilitar a procura de informação e a selecção crítica da mesma,


como forma de conhecer o mundo da Internet e as suas
possibilidades de acesso à informação útil”;

EB 2, 3 Ciclo Passos José 13


Plano TIC 2008 e 2009

Objectivos dos alunos

 “Utilizar programas e ambientes que facilitem a sua aprendizagem e


favoreçam a aquisição de habilidades, destrezas e conhecimentos”;

 “Potenciar a sua comunicação com outros colegas do seu entorno


ou fora dele”;

 “Despertar o interesse e dar-lhe as pautas para aceder à informação


precisa, potenciando a sua vontade de conhecimento”;

 “Utilizar o computador como meio de criação, de integração, de


potenciação de valores sociais e de expressão das ideias de cada
um”.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 14


Plano TIC 2008 e 2009

Objectivos dos professores

 “Utilizar as TIC como meio de aperfeiçoar a actividade docente


através da sua utilização, da informação que delas possa retirar, e
da abordagem pedagógica que para elas tenha”;

 “Usar os computadores para o trabalho quotidiano e para as


actividades de sala de aula: programações, actividades, controlos,
fichas,…”;

 “Saber consultar informação através do computador, tanto de temas


profissionais: concursos, acções de formação, como de temas
interessantes para a sua actividade docente”;

 “Trocar experiências, conhecimentos, actividades, e/ou participar


em mesas redondas, debates, chats, através da Internet”;

 “Favorecer os fóruns e o intercâmbio, a participação na criação e


evolução da página web, ou páginas de informação e debate da
Escola, da comunidade Educativa, para dar a conhecer as nossas
inquietações, ideias e alternativas”;

EB 2, 3 Ciclo Passos José 15


Plano TIC 2008 e 2009

Objectivos da Comunidade Educativa

 “Potenciar a comunicação com a Comunidade Educativa e o seu


entorno: folhas informativas, páginas web, correio electrónico, no
qual se divulgue a Escola e a sua oferta educativa, diferentes
informações, intercâmbio de informação com as famílias, …”;

 “Manter-se informado de tudo o que concerne a Leis, informação


educativa e normativa, bem como de exames, competências e
demais temas legislativos através do Governo e organismos
competentes”;

 “Potenciar actividades de participação de toda a comunidade


Educativa: Jornal escolar, página Web, Jornadas, Semana cultural,
Fóruns e debates através da Internet, inquéritos, Jornadas de portas
abertas, Carnaval, Feiras, Festivais, …”;

 “Intensificar a utilização das TIC com a finalidade de unificar todos


os documentos da Escola e todas as informações com o mesmo
formato, potenciando o correio electrónico como meio de contactar
com as famílias e a sua comunicação de incidências ou
simplesmente como meio de comunicação vivo e activo”.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 16


Plano TIC 2008 e 2009

CARACTERIZAÇÃO DA REALIDADE ESCOLAR

- Equipamentos e Espaços TIC


A Escola possui quatro grandes espaços equipados para o uso das Tecnologias,
nomeadamente: o Centro de Recursos que está equipado com 8 computadores, uma
impressora, 1 ponto de acesso, 1 Router, 2 Switch; a sala de estudo (s. 91), anexa ao
Centro de Recursos, que possui 5 computadores, uma impressora e 6 portáteis; a sala TIC
(72) com 15 computadores, um dos quais integrado numa mesa Nautilus, 1 servidor, uma
impressora, um ponto de acesso, 1 Switch, 1 Hub, 1 vídeo projector, estando todos estes
equipamentos ligados em rede; a sala (95), inaugurada em Novembro de 2006, com 15
computadores ligados em rede, um dos quais integrado numa mesa Nautilus, 1 servidor, 1
vídeo-projector, 1 Switch; a sala (71) inaugurada em Janeiro de 2007, com um Laboratório
Multimédia de 16 portáteis, 1 quadro interactivo, 1 computador integrado numa mesa
Nautilus e com acesso wireless. Ainda na sala de professores podemos encontrar dois
computadores e uma impressora, ligados também em rede.
Da ”Iniciativa escola, Professores e Computadores Portáteis” existem 24 portáteis, que
se encontram num Laboratório Multimédia móvel, que normalmente se encontra na
sala 71.
Da “Iniciativa Equipamentos Tecnológicos” a escola recebeu recentemente 4
computadores “desktop”. Dois deles foram remetidos para o CRE que se encontra
necessitado de computadores, os outros dois estão ao serviço pedagógico.
De referir que para além destes equipamentos podemos também encontrar na escola
projectores de vídeo, scanner, câmara de videoconferência, entre outros.

Estes equipamentos serão rentabilizados de acordo com o Projecto Curricular e


Escola e Projectos Curriculares de Turma, sendo conveniente na organização e
funcionamento da escola prever a possibilidade de utilização por parte de toda a
comunidade escolar.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 17


Plano TIC 2008 e 2009

- Recursos Humanos

 Professores

No conjunto total dos professores, pudemos apurar que alguns são utilizadores
regulares e com aplicação efectiva no ensino-aprendizagem; outros utilizadores
regulares para a produção de testes, arquivos e outros documentos de apoio à
actividade docente. Há uma pequena percentagem de professores que utiliza o
computador esporadicamente. E uma outra percentagem também muito reduzida que
não utiliza o computador.

 Auxiliares da Acção Educativa:

A escola tem duas auxiliares de acção educativa com formação básica na área da
utilização das TIC, nomeadamente no apoio à utilização dos recursos existentes no
Centro de Recursos Educativos.

 Alunos:

Os alunos de um modo geral são utilizadores regulares e autónomos na vertente


lúdica das TIC. Em termos de trabalho escolar os alunos usam as TIC na procura e
produção de informação, recorrendo ao espaço do CRE para o efeito. Dado o nível
escolar básico dos alunos nota-se, no entanto, alguma falta de destreza no uso do
equipamento. A isso se deve o facto de a disciplina de TIC ser leccionada no final do
ciclo – 9º ano. De referir que os alunos começam a usar o computador, desde o 5º ano
de escolaridade, para realização de pequenos trabalhos de processamento de texto e
pesquisa de informação na Internet.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 18


Plano TIC 2008 e 2009

COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR NO FINAL DA


ESCOLARIDADE BÁSICA

 Fomentar a disponibilidade para uma aprendizagem ao longo da vida como


condição necessária à adaptação a novas situações e à capacidade de
resolver problemas no contexto da sociedade do conhecimento.

 Promover a autonomia, a criatividade, a responsabilidade, bem como a


capacidade para trabalhar em equipa numa perspectiva de abertura à
mudança, à diversidade cultural e ao exercício de um cidadania activa.

 Fomentar o interesse pela pesquisa, pela descoberta e pela inovação, face


aos desafios da sociedade do conhecimento.

 Promover o desenvolvimento de competências na utilização das tecnologias


da informação e comunicação para possibilitar uma literacia digital
generalizada, num quadro de igualdade de oportunidades e de coesão social.

 Fomentar a análise da função e do poder das novas tecnologias da


informação e comunicação.

 Desenvolver a capacidade de pesquisar, tratar, produzir e comunicar


informação em articulação com as aprendizagens e tecnologias específicas
das outras áreas disciplinares.

 Promover as práticas inerentes às normas de segurança dos dados e da


informação.

 Promover práticas que permitam lidar, por antecipação, com os


condicionalismos a que estão sujeitos os profissionais da área da informática,
nomeadamente a ergonomia e a saúde ocular.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 19


Plano TIC 2008 e 2009

CONTEÚDOS PARA A ESCOLARIDADE BÁSICA

- No final do 1º ciclo
1) Saber operar com o sistema Operativo através da sua interface gráfica:

a) Criar uma pasta e dar-lhe um título;

2) Processamento e tratamento simples de texto:

a) Digitar, gravar e imprimir um texto dado;

3) Pesquisa de informação na Internet:

a) Aceder a endereços electrónicos definidos;

b) Entrar e utilizar um motor de busca para pesquisas temáticas;

c) Recorrer a dicionários e tradutores on-line;

4) Utilização do correio electrónico:

a) Criar uma caixa de correio electrónico;

b) Abrir a caixa de correio electrónico e ler uma mensagem recebida;

c) Enviar mensagens.

- No final do 2º ciclo
1) Saber operar com o sistema Operativo através da sua interface gráfica

a) Criar uma pasta e dar-lhe um título;

b) Transferir e gerir a informação entre pastas e diferentes suportes;

2) Processamento e tratamento simples de texto;

a) Digitar, gravar e imprimir um texto dado;

b) Produção de documentos compostos por texto, imagens e/ou tabelas;

EB 2, 3 Ciclo Passos José 20


Plano TIC 2008 e 2009

3) Produzir documentos rudimentares em suporte electrónico (apresentações);

4) Pesquisa orientada de informação na Internet

a) Aceder a endereços electrónicos definidos;

b) Entrar e utilizar um motor de busca para pesquisas temáticas;

c) Pesquisar sobre um tema e transportar os dados para o suporte desejado de


forma a produzir informação;

5) Utilização do correio electrónico como ferramenta de apoio à circulação de


informação:

a) Entrar na caixa de correio electrónico;

b) Ler uma mensagem recebida e imprimi-la;

c) Escrever e enviar uma mensagem.

- No final do 3º ciclo
1) Conhecer basicamente as partes do computador;

2) Saber operar com o Sistema Operativo através da sua interface gráfica;

3) Processamento e tratamento avançado de texto;

4) Utilização de ferramentas básicas de tratamento de imagem;

5) Produção de documentos compostos por texto, imagens e/ou tabelas;

6) Criação de apresentações electrónicas com base em Powerpoint;

7) Utilização de funções básicas de uma folha de cálculo (Excel) e produção de


gráficos;

8) Pesquisa de informação na Internet;

9) Utilização do correio electrónico como ferramenta de apoio à circulação de


informação:

10) Utilização de fóruns e chats como forma de apoio à produção e divulgação de


informação;

EB 2, 3 Ciclo Passos José 21


Plano TIC 2008 e 2009

PROJECTOS/ACTIVIDADES
- “Iniciativa Escola, Professores e Computadores Portáteis”
Este projecto integra duas componentes que nos parecem fundamentais na
evolução da instituição escola: a componente organizacional e a componente
educativa.
Com as actividades previstas pretende-se, por um lado, que a componente
organizacional passe a ter como suporte as TIC, por outro, pretendemos que a
componente educativa valorize cada vez mais as TIC no ensino-aprendizagem.
Será dada continuidade ao desenvolvimento da experiência no âmbito dos
planos curriculares, integrando a turma do 6º C e a do 8º C, em que as TIC serão um
recurso fundamental e prioritário.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Utilizar a Informática como um recurso facilitador no processo de ensino e


aprendizagem.

 Dar um contributo inovador e enriquecedor ao ensino das várias disciplinas


envolvidas.

 Desenvolver nos alunos uma melhor relação afectiva com as várias disciplinas
envolvidas.

 Promover a realização de actividades de investigação e trabalhos de projecto.

 Preparação e produção de materiais para utilização em ambiente de sala aula,


recorrendo ao uso de computadores, redes e Internet.

 Utilização do computador enquanto instrumento de trabalho na gestão escolar


das turmas.

 Partilha de experiências, recursos e saberes no seio da comunidade educativa.

 Envolver professores e alunos em actividades práticas de utilização das TIC,


como forma de promover o ensino/aprendizagem e a interdisciplinaridade.

 Desenvolver projectos/actividades que potenciem a utilização das TIC em


contextos inter e transdisciplinares nos projectos curriculares de turma, nas
actividades educativas de substituição e em actividades extra-curriculares.

 Divulgar o projecto on-line através da página da escola (www.eb23-


guifoes.rcts.pt)

EB 2, 3 Ciclo Passos José 22


Plano TIC 2008 e 2009

 Utilizar a plataforma Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) como


forma de prolongamento dos momentos de aprendizagem no tempo e no
espaço, fomentando a disponibilização on-line de recursos educativos.

 Estimular estratégias pedagógicas promotoras de metodologias inovadoras.

 Mudar práticas, integrar ferramentas de comunicação e interacção à distância,


no processo de ensino-aprendizagem.

 Promover momentos de reflexão decorrentes da prática lectiva com recurso às


TIC.

 Produzir, utilizar e avaliar recursos educativos digitais potenciadores da


construção do conhecimento.

 Colocar ainda estes recursos tecnológicos ao serviço do projecto “Produção de


Conteúdos Educativos”, a que a escola se candidatou e foi uma das
seleccionadas.

As actividades a desenvolver:

 Promover a utilização de recursos disponibilizados pelas TIC no apoio à


concepção de recursos de suporte à actividade dos professores e concepção de
recursos para o apoio à aprendizagem dos alunos (planos de unidades
didácticas, projectos curriculares de turma, recursos educativos digitais, fichas e
testes em formato digital e ferramentas de avaliação dos materiais elaborados).
 Promover e participar em concursos e desafios on-line.
 Promover actividades educativas de substituição que potenciem a utilização das
TIC em contextos inter e transdisciplinares
 Promover experiências de aprendizagem com recurso às TIC no laboratório de
matemática, clube da ciência e tecnologia, clube da floresta, aulas de apoio e
outras actividades de complemento curricular e extracurricular.
 Usar as TIC na abordagem dos conteúdos programáticos das várias áreas
disciplinares envolvidas no projecto.
 Construir recursos digitais sobre os diversos conteúdos dos planos curriculares.
 Potencializar a página web da escola, como recurso de comunicação e
interacção na comunidade educativa.
 Melhorar e dar continuidade ao NetMate (http://www.eb23-
guifoes.rcts.pt/NetMate/sitio/inicio.htm) criando mais um espaço de exploração
da Matemática.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 23


Plano TIC 2008 e 2009

Equipa envolvida: Coordenador de TIC, Professores do 6º C e 8º C, Directores de


Turma, Auxiliares de Acção Educativa, outras turmas e professores.

Responsável do Projecto: Coordenador de TIC.

Calendarização: Ano lectivo de 2007/2008 e 2008/2009.

Avaliação: Número de requisições nas folhas de registo de utilização.

- Plataforma MOODLE
Pretende-se com este projecto dinamizar a partilha de recursos on-line numa
plataforma, disponibilizada pela Universidade Católica - Faculdade de Biotecnologia do
Porto, onde os professores podem colocar documentos para apoio às actividades
lectivas e permitir aos alunos o acesso aos mesmos. Esses mesmos recursos poderão
ainda ser partilhados por outros professores das mesmas áreas disciplinares.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Utilizar o Moodle como plataforma de partilha e desenvolvimento de conteúdos,


como documentos, testes, trabalhos, inquéritos e outros.

 Utilizar o Moodle para troca de mensagens escritas entre utilizadores.

 Utilizar o Moodle para desenvolvimento de fóruns de discussão e participação


em salas de conversação on-line (chat rooms).

 Divulgar informações e actividades a desenvolver ou desenvolvidas pelos


diversos órgãos da escola, clubes e projectos.

As actividades a desenvolver:

 Validação de utilizadores.
 Criação de disciplinas para os professores que as requeiram.
 Configuração das disciplinas.
 Adicionar recursos e actividades nas disciplinas.
 Manutenção da plataforma.
 Apoio a professores com eventuais dúvidas de configuração e utilização da
plataforma.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 24


Plano TIC 2008 e 2009

Equipa envolvida: Coordenador de TIC, Responsáveis de órgãos e cargos de


Coordenação, Professores da Escola, Auxiliares de Acção Educativa, alunos da
Escola.

Responsável do Projecto: Coordenador de TIC.

Calendarização: A iniciar desde Setembro de 2007 e sem término previsto


(actividade de longa duração).

Avaliação: Número de acessos à plataforma; número de utilizadores registados;


número de disciplinas criadas; conteúdos colocados nas disciplinas.

- Orientação Pedagógica em TIC às Escolas do 1º Ciclo e


Jardins-de-infância
Uma das vertentes do Plano de TIC constitui-se no apoio continuado às
Escolas do 1º Ciclo e Jardins-de-infância do agrupamento Irmãos Passos.
Pretende-se que estas instituições de ensino atinjam os objectivos propostos no
âmbito das TIC. Nestes dois anos lectivos pretende-se que estas escolas tenham um
apoio mais pedagógico, dado que, o apoio técnico será realizado pela equipa da
Escola Secundária Gonçalves Zarco em colaboração com a Câmara Municipal de
Matosinhos.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Contribuir para o alargamento de competências em TIC de Professores e Alunos


das Escolas EB1 do agrupamento.

 Contribuir para o gosto pelas Novas Tecnologias desenvolvendo um conjunto de


actividades didácticas interactivas.

 Desenvolver o gosto pela leitura dos alunos das EB1 do agrupamento.

 Intercâmbio de Professores e Alunos promovendo o conhecimento de novos


espaços de aprendizagem e novas técnicas de ensino de conteúdos.

As actividades a desenvolver

 Dinamizar e orientar Workshops na área das TIC: Perceber os conceitos de


comunicação à distância; criação, recepção e envio de e-mail; desenvolver a
pesquisa de recursos na internet; utilizar sites pedagógicos de apoio à actividade
lectiva; digitar e guardar texto no computador.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 25


Plano TIC 2008 e 2009

 Apoiar Workshops no âmbito do Plano Nacional de Leitura dinamizadas pelo


Centro de Recursos Educativos.
 Instalação de Recursos Educativos Electrónicos nos computadores das Escolas.
 Apoio aos professores nos manuais electrónicos (e-books) seleccionados.

Equipa envolvida: Coordenador de TIC, Coordenadora do CRE, Responsáveis de


órgãos e cargos de Coordenação, Professores das Escolas EB1, alunos do 4º ano
das Escolas EB1 do agrupamento.

Responsável do Projecto: Coordenador de TIC, Coordenadora CRE.

Calendarização: A iniciar desde Setembro de 2007 e término previsto em Julho de


2009.

Avaliação: Empenhamento dos alunos 1º Ciclo nas actividades proposta; Feedback


do(a) docente do 1º Ciclo.

- SAPO Challenge/PT Escolas


Este projecto é uma parceria entre o Ministério de Educação e a PT, onde
alunos de escolas do ensino básico e secundário concorrem em grupo, passando por
um conjunto de pré-eliminatórias até se elegerem os grupos que participam na final e
que terão acesso ao prémio concedido pela PT, tanto a alunos como à escola
vencedora. Os grupos terão que desenvolver um conjunto de actividades na área das
TIC durante todo o concurso. As edições efectuadas foram duas e esperam-se mais
nos anos que se seguem.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Aprendizagem de técnicas de produção e edição de conteúdos multimédia.

 Criar e publicitar conteúdo multimédia na Internet (blogs).

 Pesquisar informação na Internet.

 Captar e editar vídeo.

 Captar e editar fotografias.

 Dinamizar trabalho de grupo.

 Preparar para o concurso da PTescolas em 2007.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 26


Plano TIC 2008 e 2009

As actividades a desenvolver:

 Formar grupo de 4 alunos.


 Inscrição no portal do SAPO.
 Participação nas pré-eliminatórias no Porto ou outras localizações definidas pelo
SAPO Challenge.
 Participação nas eliminatórias finais com transmissão na RTP.

Equipa envolvida: Coordenador de TIC, Conselho Executivo, Professores da


Escola, Auxiliares de Acção Educativa, alunos da Escola.

Responsável do Projecto: Eduardo Moreira; Isabel Ferreira; António Carvalho

Calendarização: Ano de 2008 e 2009.

Avaliação: Número de alunos participantes; número de actividades realizadas; nível


de satisfação dos alunos pelas actividades realizadas.

- Acções TIC alunos 2º Ciclo/CRE


Pretende-se levar a cabo um conjunto de acções, com alunos do 2º ciclo, para
incrementar competências na área das TIC. O primeiro encontro formal com as
Tecnologias de Informação e Comunicação é feito mais tarde, ao nível dos 8º e 9º
anos de escolaridade. Pelo que se verifica através da actividade decorrente no CRE,
os alunos de anos anteriores sentem dificuldades na realização de trabalhos em
computador. Este é um projecto dinamizado pelo CRE e pela equipa de TIC, onde
será utilizado o espaço da sala 95 para desenvolvimento das actividades TIC. Serão
usadas, para esse efeito, as horas de apoio dos docentes de TIC. Na impossibilidade
destes, outros docentes com disponibilidade horária, poderão realizar as actividades
TIC.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Contribuir para o alargamento de competências em TIC dos alunos do 2º Ciclo.

 Contribuir para o interesse dos alunos pelas Novas Tecnologias e pela


Comunicação.

 Desenvolver espírito de grupo e partilha de informação.

 Despertar nos alunos o respeito por professores que não os das suas disciplinas
curriculares.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 27


Plano TIC 2008 e 2009

As actividades a desenvolver:

 Verificar disponibilidade da sala e dos dinamizadores das acções.


 Calendarizar acções para todas as turmas do 5º e 6º anos.
 Definição de conteúdos de acordo com os objectivos esperados para os alunos
do 2º ciclo na área das TIC.
 Definir mapa de acções.

Equipa envolvida: Coordenador de TIC, Coordenador CRE, Auxiliares de Acção


Educativa, Professores da Escola, alunos da Escola.

Responsável do Projecto: Eduardo Moreira

Calendarização: A iniciar desde Setembro de 2007 e com término em Maio de 2008.

Avaliação: Número de alunos participantes; grau de satisfação dos alunos pelas


actividades realizadas; empenho dos alunos nas actividades realizadas.

- Formação
Pretende-se fazer o levantamento continuado das necessidades de formação,
dos professores, funcionários das escolas do agrupamento, na área das TIC conforme
foi feito o ano lectivo anterior.
As propostas de acções de formação serão enviadas pela escola ao Centro de
Formação Abel Salazar.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Identificar as necessidades de formação dos professores, funcionários da escola


em TIC

 Colaborar com a equipa responsável pela elaboração do plano geral de


formação ajudando-os na elaboração do mesmo.

 Colaborar com o Centro de Formação Abel Salazar na produção de Planos de


Formação, na área das TIC, caso sejamos solicitados para o efeito.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 28


Plano TIC 2008 e 2009

As actividades a desenvolver:

 Elaboração de inquéritos
 Tratamento de inquéritos
 Detecção de áreas específicas formação
 Participação na criação do plano geral de formação da escola com as
necessidades de formação da área das TIC
 Elaboração de Planos de Formação na área das TIC

Equipa envolvida: Coordenador de TIC, Conselho Executivo, Auxiliares de Acção


Educativa, Professores da Escola, alunos da Escola.

Responsável do Projecto: Coordenador TIC; Secção de avaliação da formação

Calendarização: A iniciar em Setembro de 2007 e com término em Agosto de 2009.

Avaliação: Número de conteúdos propostos, pelos docentes da escola, na área das


TIC; número de acções propostas na área das TIC, pela escola, ao centro de
formação; número de acções de formação aprovadas pelo centro de formação na área
das TIC.

- Páginas Web da Escola


Esta será uma actividade a desenvolver com base no trabalho já elaborado em
anos anteriores. As páginas serão actualizadas por uma equipa multidisciplinar,
fornecendo conteúdos diversificados.
Espera-se conseguir o contributo do maior número de professores possíveis, pois esta
é uma actividade que não deve ser desenvolvida por um professor da área de
Informática desta escola. A participação de professores do quadro será prioritária, por
serem exactamente estes que poderão no futuro continuarem ligados ao projecto.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Apresentar a Escola ao exterior.

 Apresentar a oferta formativa.

 Revelar os projectos à comunidade escolar e restantes interessados.

 Dar acesso aos alunos e professores aos serviços do Kiosk.

 Dar acesso aos alunos aos serviços de pautas on-line.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 29


Plano TIC 2008 e 2009

 Estabelecer links para web sites de elevado interesse como a plataforma Moodle
da Escola.

 Transmitir informação pertinente a toda a comunidade escolar.

As actividades a desenvolver:

 Actualização de conteúdos.

 Actualização de dados no programa Kiosk para serem acedidos a partir do site da


Escola.

Equipa envolvida: Gestora de Conteúdos, Conselho Executivo, Assembleia de


Escola, Coordenador de TIC, Coordenador CRE, Professores da Escola, alunos da
Escola.

Responsável do Projecto: Ângela Ramos

Calendarização: A iniciar desde Setembro de 2007 e sem término previsto (actividade


de longa duração).

Avaliação: Actualização dos conteúdos do “site”; diversificação e pertinência da


informação existente no “site”.

- Serviços de Psicologia e colaboração TIC


Pretende-se desenvolver uma parceria estratégica entre estas duas áreas
importantes da cadeia de valor desta instituição, promovendo-se a colaboração em
projectos inovadores.
Este ano lectivo está a decorrer um projecto designado “Bullying nas Escolas”,
onde se procuram detectar casos de bullying ou violência escolar continuada. Todo o
processo de entrega, recolha e tratamento dos inquéritos ficará à responsabilidade do
grupo de Informática. A análise estatística será entregue à Psicóloga, que dá apoio
externo à escola, para análise da mesma.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Sistematizar o processo de elaboração e tratamento de inquéritos.

 Facilitar a análise de detecção de casos problemáticos.

 Conhecer o ambiente psicossocial estudantil.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 30


Plano TIC 2008 e 2009

 Revelar casos problemáticos de alunos agressivos.

 Promover a interdisciplinaridade entre áreas complementares.

As actividades a desenvolver:

 Disponibilização de inquéritos para os Directores de Turma.

 Tratamento dos inquéritos usando aplicações informáticas.

 Análise de inquéritos para detecção de turmas com casos de violência continuada.

 Divulgação dos resultados.

 Estudo das medidas a tomar com base nos resultados alcançados.

Equipa envolvida: Docentes de Informática, Directores de Turma, Psicóloga, outros


docentes da Escola, alunos da Escola.

Responsável do Projecto: Lúcia Oliveira.

Calendarização: A iniciar em Novembro de 2007 e com término previsto em Maio de


2008.

Avaliação: Palestra com exibição dos resultados dos inquéritos realizados.

- Estudo e desenvolvimento de Bases de Dados digitais


Este projecto consiste no estudo dos Sistemas de Informação da escola e
detecção de áreas de potencial desenvolvimento na área de armazenamento e
tratamento de dados.
Pretendem-se melhorar os processos de armazenamento de dados, de forma a
automatizar processos manuais, nas áreas administrativas e apoio pedagógico.
Neste projecto serão envolvidos alunos das áreas de informática (Curso CEF –
Operador de Sistemas Informáticos), com competências desenvolvidas na
componente curricular de Gestão de Base de Dados, e todos os elementos da escola
com funções pertinentes na dinamização deste projecto.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Automatizar processos de armazenamento de dados.

 Dinamizar grupos de trabalho e colaboração de elementos dos diversos


departamentos ou estruturas escolares.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 31


Plano TIC 2008 e 2009

 Consciencializar os alunos com ligações a disciplinas da área disciplinar de


informática para as vantagens da automatização de dados.

 Valorizar o equipamento informático escolar existente.

As actividades a desenvolver:

 Identificação dos Sistemas de Informação existentes.


 Identificação das potenciais áreas a melhorar.
 Constituição de grupos de trabalho (alunos e professores).
 Criação de propostas de melhoramento de Sistemas de Informação.
 Análise dos Sistemas de Informação existentes.
 Desenvolvimento de Bases de Dados automáticas.
 Testes das Bases de Dados.
 Formação de pessoal da escola.

Equipa envolvida: Docentes de Informática, outros docentes da Escola, auxiliares de


acção educativa, alunos do Curso CEF – Operador de Sistemas Informáticos.

Responsável do Projecto: António Carlos Carvalho

Calendarização: A iniciar em Março de 2008 e com término previsto em Junho de


2009.

Avaliação: Número de Bases de Dados criadas; utilização das Bases de Dados


criadas; eficiência das Bases de Dados; Número de erros detectados.

- Workshops lúdico-pedagógicos
Pretende-se levar a cabo um conjunto de iniciativas, designadas de workshops,
onde professores, alunos, encarregados de educação e funcionários poderão realizar
actividades que os ajudem no desenvolvimento de práticas correntes de organização,
armazenamento e tratamento de informação.
Estas worshops não serão cursos de formação, mas sim sessões de 1h ou
1h30m com programa pré-estabelecido, afixado em lugar público, onde toda a
comunidade poderá participar.
O projecto vai revestir-se de um carácter lúdico-pedagógico, promovendo o
envolvimento dos diversos agentes da comunidade escolar. Ao contrário do tradicional
sistema de ensino, onde professores habilitados ministram os seus conhecimentos, a

EB 2, 3 Ciclo Passos José 32


Plano TIC 2008 e 2009

equipa de TIC vai propor aos alunos a tarefa de investigar e ministrar o(s) conteúdo(s)
das workshops. Desta forma, no quadro a traçar, alunos serão os professores de seus
encarregados de educação e mesmo de seus professores e auxiliares de acção
educativa.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Promover o intercâmbio de conhecimentos e pessoas.

 Enriquecer a auto-estima dos alunos participantes.

 Desenvolver competências sociais e organizacionais nos alunos.

 Promover a imagem do papel do professor como agente de mudança.

 Reduzir a inoperacionalidade de algumas tarefas importantes, na área das TIC,


por falta de conhecimentos adquiridos.

 Promover o carácter lúdico da aprendizagem através da alteração de papéis


nesse mesmo processo.

 Enriquecer a participação dos encarregados de educação na escola a um nível


mais profundo, interagindo em contexto de sala de aula com alunos, professores
e auxiliares de acção educativa.

As actividades a desenvolver:

 Identificação dos conteúdos a ministrar.


 Divulgação das workshops a realizar.
 Identificação dos participantes interessados nas iniciativas.
 Selecção dos participantes.
 Selecção dos monitores para desenvolver as iniciativas.
 Realização das iniciativas.
 Medição do nível de satisfação dos participantes e monitores.
 Identificação de potenciais áreas de interesse para novas workshops.

Equipa envolvida: Equipa de TIC, Docentes da Escola, Auxiliares de acção


educativa, alunos do Curso CEF – Operador de Sistemas Informáticos, alunos com
competências em TIC, Encarregados de Educação, Directores de Turma,
Coordenadora do CRE, Assembleia de Escola, Conselho Executivo.

Responsável do Projecto: Coordenador de TIC

EB 2, 3 Ciclo Passos José 33


Plano TIC 2008 e 2009

Calendarização: A iniciar em Outubro de 2008 e com término previsto em Junho de


2009.

Avaliação: Número de pessoas inscritas; grau de satisfação dos participantes;


dinamismos dos monitores/alunos.

- Inventário de Hardware e Software


Pretende-se fazer um inventário exaustivo, para além do que está feito, onde
se contemple o material informático guardado e que não consta do inventário anual.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Identificar o software existente na escola.


 Identificar o hardware em uso na escola.
 Identificar o hardware guardado e que não tem utilização.
 Controlar o software e hardware existente.

As actividades a desenvolver:

 Identificação do hardware e software existente.


 Registo do hardware e software existente.
 Relatório de inventariação.

Equipa envolvida: Equipa de TIC, Auxiliares de acção educativa, alunos do Curso


CEF – Operador de Sistemas Informáticos, Coordenadora do CRE, Conselho
Executivo.

Responsável do Projecto: Isabel Fernandes

Calendarização: A iniciar em Janeiro de 2008 e com término previsto em Junho de


2008.

Avaliação: Inventário em suporte papel e digital

- Instalação e Configuração de Hardware e Software


O projecto a desenvolver pretende dotar os alunos de competências na
montagem e configuração de hardware de um computador pessoal. Com base em
componentes adquiridos pela escola, deverão os alunos proceder à assemblagem dos
mesmos, estudando as respectivas configurações e compatibilidades associadas.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 34


Plano TIC 2008 e 2009

Os objectivos do projecto são os seguintes:

 Identificar os componentes de hardware necessários.

 Identificar as compatibilidades entre componentes.

 Compreender as especificações técnicas dos fabricantes de componentes de


hardware.

 Identificar diferentes sons de erro na assemblagem de componentes de


hardware.

 Identificar compatibilidade entre software e hardware.

As actividades a desenvolver:

 Estudo de compatibilidades de hardware.


 Pesquisa na Internet de especificações técnicas e identificação de compatibilidades
entre hardware e software.

 Assemblagem de componentes.
 Identificação dos erros efectuados na assemblagem de computadores através dos
sons de erro emitidos pela “motherboard”.

Equipa envolvida: Equipa de TIC, alunos do Curso CEF – Operador de Sistemas


Informáticos, Coordenadora do CRE, Conselho Executivo, Auxiliar de Acção Educativa
do CRE.

Responsável do Projecto: António Carlos Carvalho

Calendarização: A iniciar em Abril de 2008 e com término previsto em Junho de 2008.

Avaliação: Número de erros resolvidos, pelos alunos, no processo de assemblagem;


total funcionalidade dos computadores após assemblagem.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 35


Plano TIC 2008 e 2009

- Iniciativa Equipamentos Tecnológicos


O Ministério da Educação decidiu complementar os investimentos já
efectuados no âmbito de diversas iniciativas, com a aquisição de mais algum
equipamento específico que possa permitir uma melhor prossecução dos objectivos
dos projectos em curso nas escolas.
Colaborar-se-á assim, para a criação de situações de maior potencial educativo,
enriquecendo o seu uso efectivo nas actividades de ensino e aprendizagem.
Às escolas cabe a candidatura fundamentada para a aquisição do equipamento a
disponibilizar pelo M.E. A equipa de TIC, após análise dos menus, decidiu juntamente
com os diversos órgãos da escola proceder à candidatura do menu I – “4
computadores Desktop”.

Os objectivos do projecto são os seguintes:

É lançada a iniciativa Atribuição de Equipamentos Tecnológicos para o


Enriquecimento do Ensino e da Aprendizagem, visando genericamente promover a
melhoria das condições de trabalho nas escolas dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico e
com Ensino Secundário e, especificamente, apoiar o enriquecimento das actividades
em curso na escola respeitantes a uma ou mais das iniciativas do ME, no quadro do
seu projecto educativo e tendo como finalidade o:

 Apoio ao desenvolvimento curricular e à inovação.

 Apoio à elaboração de materiais pedagógicos.

 Apoio ao enriquecimento do trabalho em situação de sala de aula.

 Apoio ao enriquecimento do trabalho em situação de sala de aula.

 Apoio a projectos educativos.

As actividades a desenvolver:

 Candidatura da escola.
 Recepção do equipamento.
 Montagem do equipamento e configuração do software.
 Ligação do equipamento à rede local e internet nos locais possíveis.
 Manutenção do hardware e software.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 36


Plano TIC 2008 e 2009

Equipa envolvida: Equipa de TIC, Coordenadora do CRE, Conselho Executivo,


Docentes da Escola, Auxiliar de Acção Educativa do CRE.

Calendarização: Concurso em Junho de 2007. Sem término previsto (actividade de


longa duração).

Avaliação: Vencer concurso; frequência de utilização dos computadores recebidos.

EB 2, 3 Ciclo Passos José 37