You are on page 1of 3

Ajere y e ng na

Disputa Pelo Inn

O ritual do Ajere tem como fundamento principal a disputa entre Ynsn e


ng pelo dom do uso do fogo.
Ajere especificamente o nome da prpria panela na qual se faz o ritual. Ela
repleta de buracos, por toda parte, por onde escapam lnguas de fogo.
ng sempre em busca de novas formas de poder blico para controlar e
dominar seus adversrios, enviou um mensageiro a s solicitando que este
lhe fizesse uma magia para que ng passasse a ter domnio sobre o fogo
(inn). s aceitou a encomenda com duas condies, uma que ele deveria
receber um cabrito como sacrifcio e outra que a esposa de ng, y,
deveria ser a portadora da magia.
Dias depois, j feito o sacrifcio para s , y foi at ele para buscar o poder
produzido. s entregou a y uma pequena cabaa enrolada em folhas
sagradas, ew gb, dizendo-lhe que tivesse cuidado no transporte da poo e
que no a abrisse. y, muito curiosa, abriu o pacote e viu que dentro da
cabaa havia um lquido muito vermelho e dele tomou um pouco. Nada
aconteceu e ela seguiu para o palcio do Alfin de y. Ao chegar e entregar
o pacote ao ba, da boca de ya saram fascas de fogo e ng ento
percebeu que ela havia experimentado um pouco da poo mgica. ng
ficou enfurecido e y fugiu de sua ira.

ng, por sua vez, retirou-se para uma montanha e l tomou todo o lquido
que havia na cabaa e este lquido o fez espirrar. O ba viu sair de sua boca e
de suas narinas imensas labaredas e percebeu que dali em diante seria o dono
do poder sobre o fogo, o que o tronava mais poderoso do que nunca.
nesta perspectiva que se d o ritual do Ajere, numa representao da disputa
do fogo entre esses dois rs.

O ritual:
Uma panela de barro repleta de brasas trazida na cabea por y que em
meio ao toque do lja dana e a entrega a ng que aps danar com ela,
devolve a y novamente sucessivamente. No fim, ng quem termina com
a

panela

de

fogo

simbolizando

que

poder

do

fogo

dele.

ng sai novamente distribuindo entre fieis o ml, comida feita com


quiabos, camaro, azeite de dend, dentre outros ingredientes, ao som do
seguinte cntico.
jk ma b k wo
jk ma b k wo
A e bb jk ma b k wo

Pronncia:
Ajac mab cau
Ajac mab cau
A bab, Ajac mab cau

Traduo:
jk no implora nem mesmo ao poderoso ng

jk no implora nem mesmo ao poderoso ng


Nosso pai jk no implora nem mesmo ao poderoso ng
Mo Jb!