You are on page 1of 3

Declaração de voto

vencido

O vereador do Bloco de Esquerda ao abrigo do artigo das alíneas 1, 2,


3 do artigo 93º da Lei nº 169/99 de 18 de Setembro com a
rectificação dada pela lei 5 A de 2002 de 11 de Janeiro vem fazer a
sua declaração de voto vencido à proposta nº 17 Aprovação das
Grandes Opções do Plano para 2010, com os seguintes fundamentos:

1- As Autarquias no seu funcionamento orgânico regem-se


pelo POCAL (PLANO OFICIAL de CONTABILIDADE das
AUTARQUIAS LOCAIS)

Decreto-Lei nº 54-A/99, de 22 de Fevereiro


(com as alterações introduzidas pela Lei nº 162/99, de
14 de Setembro)

2- No Artigo 3º desse Decreto-Lei diz:

A contabilidade das autarquias locais compreende as


considerações técnicas, os princípios e regras contabilísticos,
os critérios de valorimetria, os documentos previsionais, o
plano de contas, o sistema contabilístico e o de controlo
interno, os documentos de prestação de contas e os critérios
e métodos específicos.

Ora ao vereador do Bloco só foram dados os documentos previsionais


que são as Grandes Opções e o Orçamento.

Os documentos de prestação de contas além de englobarem os


mapas de execução orçamental e do plano plurianual de
investimento, que lhe foram fornecidos, também englobam o mapa
de fluxos de caixa, bem como os anexos às demonstrações
financeiras que são fundamentais para uma análise competente, os
quais não lhe foram fornecidos.
Este regime compreende também os quadros, códigos e notas
explicativas das classificações funcionais, económicas, orçamentais e
patrimoniais e, ainda, o sistema contabilístico, de que se destacam o
inventário, a contabilidade de custos e, finalmente, o relatório de
gestão que também não lhe foram fornecidos.

Ora sem estes documentos é impossível permitir conhecer os


resultados anuais bem como a situação patrimonial da Autarquia
como explicados pelos artigos que a seguir se transcrevem:

Como documentos de prestação de contas das autarquias locais que


remetem as contas ao Tribunal de Contas consideram-se:

Balanço;
Demonstração de resultados;
Mapas de execução orçamental;
Anexos às demonstrações financeiras;
Relatório de gestão.

Demonstração de resultados.

A demonstração de resultados apresenta os custos e os proveitos


classificados por natureza.

Execução orçamental

Os mapas de execução orçamental das despesas e das receitas


articulam-se com o de fluxos de caixa e permitem acompanhar de
forma sintética todo o processo de realização das despesas e de
arrecadação das receitas

Anexos às demonstrações financeiras

Os anexos às demonstrações financeiras visam facultar aos


órgãos autárquicos a informação necessária ao exercício das
suas competências, permitindo uma adequada compreensão
das situações expressas nas demonstrações financeiras ou de
outras situações que, não tendo reflexo nessas
demonstrações, são úteis para uma melhor avaliação do seu
conteúdo.

Outro importante motivo para o chumbo ao orçamento para 2010,


são as rubricas “ outros “ reza assim a lei". - Rubrica de natureza
residual que abrange as aquisições de serviço não Enquadráveis
nas demais rubricas do capítulo.

Como em muitas rubricas os valores ”outros”, atingem valores


quase sempre superiores aos das rubricas, alguns atingindo largos
milhares de euros , não se compadecendo com o que diz a lei, que
deveriam ser incluídos nesta rubrica os meros valores residuais.

Como se pode entender, perfeitamente pela leitura destes exemplos


da lei, de maneira nenhuma o vereador do Bloco pode aprovar estes
orçamentos pelos motivos apresentados. Devendo os orçamentos
serem transparentes, rigorosos, contendo todos os documentos
necessários , não tendo zonas cinzentas para não dizer mesmo
negras.

Olhão, 14 de Dezembro de 2009

O vereador do Bloco de Esquerda

João Pereira