You are on page 1of 1

Anais do XIII Congresso Brasileiro de Limnologia, 2011.

Natal/RN

ANLISE DA PRECIPITAO PLUVIOMTRICA E DO NMERO DE DIAS DE CHUVA NO MUNICPIO DE MOSSOR, RN Soares1, D. C. E. ; Dias1, L. K. P. ; Dantas1, G. T. ; Pereira, V. Da. C. ; Espnola Sobrinho, J.
1 Graduando em Engenharia de Pesca Universidade Federal Rural do Semi-rido / Depto. Cincias Animais 2 Graduando em Agronomia Universidade Federal Rural do Semi-rido / Depto. de Cincias Ambientais e Tecnolgicas 3 Eng. Agrnomo, Professor(a). Doutor (a) Universidade Federal Rural do Semi-rido / Depto. De Cincias Ambientais e Tecnolgicas

Em regies semi-ridas como o Nordeste brasileiro monitorar a precipitao, sobretudo, no perodo chuvoso imprescindvel. O objetivo deste trabalho foi analisar a variabilidade pluviomtrica em Mossor/RN, no perodo de 2001 a 2010, relacionando-a com os nveis de gua do Rio Mossor. Os dados utilizados foram registrados pela estao meteorolgica da UFERSA (lat.: 5 12 48 S; long.: 37 18 44W). Os resultados mostraram que a mdia anual da precipitao pluviomtrica nos 10 anos estudados, foi 502,58 mm, com extremos nos anos de 2001 e 2009, 177,55 mm e 988,33 mm, respectivamente, apresentando nos valores mximos picos de transbordamento do rio. O nmero de dias chuvosos (NDC) durante o perodo apresentou valor mximo em 2004, sendo observados 140 NDC, enquanto que o valor mnimo ocorreu em 2005, onde foram registrados apenas 51 NDC. Para o trimestre (JAN-FEV-MAR), a mdia mensal foi 94,92 mm com mximo de 137,42 mm, apresentando 390 NDC durante todo o perodo estudado, caracterizando-se como o trimestre mais chuvoso da regio, apresentando grandes elevaes no nvel do rio. No trimestre (ABR-MAI-JUN), embora o NDC observado tendo sido 397, a mdia pluviomtrica mensal diminuiu em relao ao trimestre anterior, alcanando 92,41 mm, e mximo de 152,86 mm. No trimestre (JUL-AGO-SET), verificou-se que a precipitao mdia caiu para 9,90 mm, registrando um NDC de apenas 81, com valor mximo de 20,93 mm. Para o trimestre (OUT-NOV-DEZ), a precipitao mdia caiu ainda mais, 1,93 mm com um total de 20 NDC e valor mximo de 4,57 mm, onde o rio apresentou nveis crticos em seu volume. Este estudo permite concluir, que 94% da precipitao pluviomtrica anual na regio, concentram-se nos dois primeiros trimestres do ano, e responsvel pela elevao do nvel do rio nesse perodo, ameaando o bem estar da populao. Do total de 888 dias com chuva registrados ao longo dos 10 anos estudados, 88,6% ocorreram nos meses de janeiro a junho.