You are on page 1of 2

A Teoria da Motivao segundo Freud

Ol Visitantes! vamos entender um pouco sobre a


teoria
da
motivao.
Fundamentos da teoria:

Todas as nossas motivaes so pulsionais

A pulso uma fora ou energia que tem como


fonte uma tenso orgnica contnua e como
objetivo a descarga da tenso acumulada.

A libido (desejo sexual) a principal


manifestao da energia pulsional, pelo que
desempenha um papel preponderante nos
nossos comportamentos.

A
no
liberao
das
energias
pulsionais acumuladas (na maior parte das
vezes
pela inveno do
superego)
gera
conflitos intrapsquicos que
conduzem
a
ansiedade e a neurose.

Se a sada normal (para a libertao dessas


energias)
estiver
bloqueada,
a libertao tendera a realizar-se por outras
vias.

Existe um conjunto de mecanismos de defesa


do
ego
que
permite
resolver
os
conflitos intrapsquicos,
garantindo
o equilbrio psquico do individuo.

Agradecimento: Francisco Lopes


Fotos: J. Pedro Martins e Antonio Felix/Olhares.com
Samara Almeida