You are on page 1of 18

ANALISE CUSTO-BENEFICIO

ECONOMICA E AMBIENTAL

Faz um comparativo sobre os dados coletados tanto


de custos como de receitas de mtodos distintos
para a realizao de um mesmo empreendimento.
Tendo o valor presente e a taxa interna de retorno,
ambos obtidos pela analise dos dados, como
indicadores para a seleo da alternativa mais
eficiente.
Sendo que a taxa de desconto baseada na taxa de
jurus, do perodo em vigor, paga pelos empresrios
aos bancos.

Um das limitaes desse mtodo de analise


a incerteza com relao s projees feitas
para fluxos no futuro. Pois muito difcil
prever com segurana mudanas nos custos
futuros.

ESTUDO DE CASO NA CIDADE DE


MINEIROS, GO. BASEADO NA
ANALISE CUSTO-BENEFICIO
ECONOMICO

No municpio onde foi feito o estudo, os


produtores esto adotando praticas mistas de
plantio, para se aproveitarem das vantagens e
se precaverem das desvantagens de ambos os
mtodos produtivos.

No mtodo direto existem dificuldades para a


preveno de pragas, preo alto de insumos(que
ao longo dos anos vem diminuindo
significativamente ), mas o processo erosivo
mais lento.
No mtodo convencional as movimentaes de
solo ajudam a prevenir pragas e o preo dos
insumos relativamente mais baixo que no modo
direto, mas o solo tende a acelerar seu processo
de eroso.

ANALISE DO CUSTO SOCIAL

No caso da soja, o plantio convencional a um


custo social constante, onde 72% do total
anual destinado a reparos de nutrientes
causados pela alta eroso. J o plantio direto
que tem custo sociais mais altos no inicio, ao
longo dos anos decai e seus gastos com
reparos advindos da baixa eroso soma
apenas 46%.

No caso do cultivo de milho, dos custos sociais


com o cultivo convencional 71% do total so
destinados apenas aos reparos erosivos. J os
custos do cultivo direto so menores do que os
convencionais no primeiro ano e ainda decaem
com o passar do tempo. Tornando o valor
presente liquido do cultivo direto 128,7% maior
do que o convencional.

Concluso
A hiptese de o plantio direto causa uma
elevao nos custos privados e leva a reduo
dos custos sociais aceita no cultivo de soja,
mas no se encaixa no cultivo de milho, pois
os custos privados no cultivo direto so
menores que os convencionais. Os produtores
de soja dependem do poder publico para a
reduo desses custos. J o produtores de
milho tem o problema resolvido pelos
mecanismos econmicos.