You are on page 1of 1

X SIMPSIO INTERNACIONAL DE CARCINICULTURA VII SIMPSIO INTERNACIONAL DE AQICULTURA Apresentao dos trabalhos EFEITO DE GUAS DE DIFERENTES SALINIDADES NOS

PARMETROS DE DESEMPENHO PRODUTIVO DO BIJUPIR, Rachycentron canadum (Linnaeus, 1766) Danyela Soares*; Felipe Ribeiro Universidade Federal Rural do Semi-rido Depto. de Cincias Animais Setor de Aquicultura. Caixa Postal 137, 59625-900. Mossor RN, Brasil. E-mail: dany.ces@hotmail.com; O bijupir, Rachycentron canadum, uma espcie pelgica ocenica capaz de suportar amplas variaes de salinidade, caracterstica que o torna uma espcie promissora para um eventual cultivo em guas interiores. Este trabalho se constituiu de dois experimentos a fim de avaliar o efeito de guas de diferentes salinidades nos parmetros de desempenho produtivo do bijupir cultivados em salinidades de 4, 7, 15, 25, 35, 45 g.L-1. A gua usada como base para o estudo foi proveniente do poo Juazeiro, localizado no setor de aquicultura da UFERSA (4 g.L-1) combinada com gua hipersalina (100 g.L-1), a fim de alcanar as salinidades dos tratamentos. Durante os dois experimentos, os peixes foram alimentados at a saciedade, duas vezes por dia, com uma rao especifica para peixes marinhos carnvoros. As biometrias foram feitas em mdia a cada 15 dias at o final do experimento para acompanhar o desempenho individual dos animais, quanto ao crescimento e sobrevivncia. No primeiro experimento, o melhor crescimento e sobrevivncia foram observados nos peixes dos tratamentos 7 e 15 g.L-1, onde a mdia de sobrevivncia ficou em torno de 80% para os tratamentos. Seguido pelos tratamentos 35 com 45,83%, 25 com 37,50% e 4 g.L-1 com 12,50%. No segundo experimento, a sobrevivncia foi maior no tratamento 7 g.L-1 com 83,33 %, seguido pelo tratamento 4 g.L-1 com 57,78%, o tratamento 15 g.L-1 com 31,11% e tratamento 25 g.L-1 com 17,78%. As informaes obtidas nesse estudo mostram que a salinidade afetou o desenvolvimento e sobrevivncia dos animais, onde os melhores resultados de pesos e sobrevivncia se deram nos tratamentos intermedirios, indicando que a melhor amplitude de salinidade para produo do bijupir com gua de poo est entre 7 e 15 g.L-1. Esses resultados sugerem que juvenis de bijupir podem ser capazes de se desenvolver em baixas salinidades dadas s condies certas, o que pode tornar vivel o cultivo comercial desta espcie em guas interiores, oferecendo novas alternativas de produo para os aquicultores.